História Aprendendo a Amar - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Suga, V
Tags Amor, Esquizofrenia, Park Jimin, Romantico
Exibições 117
Palavras 972
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mais um capitulo para vocês...

(N/m) = nome da sua mãe.
(S/n) = seu nome (s/a) = seu apelido.

🌈Boa Leitura🌈

Capítulo 2 - Elas não são Reais


Fanfic / Fanfiction Aprendendo a Amar - Capítulo 2 - Elas não são Reais

PV Jimin

Voltei os olhos para meu regador e a tesoura. Eu gosto de fazer formatos nas árvores, minha mãe havia me ensinado.
Sobre a (S/a)... Eu consegui a amizade dela, e isso já é um bom começo. Amanhã seria meu primeiro dia de aula, será que ela vai na mesma escola que eu? Espero que sim...
-Jimin! Venha aqui agora! - Jin me chamou.
-o que houve? - perguntei  chegando na sala sem saber o que estava acontecendo.
-vá comprar essas coisas lá no mercadinho... Está faltando fruta nessa casa! - ele diz me entregando o dinheiro e um papel... A lista de compras.
-já estou indo! - digo e vou saindo pela porta da sala e abrindo o portão.

Quebra de Tempo

Chego em casa e coloco as compras em cima da mesa. Vou sair um pouco pela praça em frente minha casa e vejo (S/n) num banco da praça com uma caderneta e um lápis 6B.
Vou chegando mais perto dela.
-olá... - ela diz e eu me assusto, como ela sabia que eu estava atrás dela?
-oi... - respondo meio tímido e percebo que ela está fazendo um desenho. Era muito caprichoso, porém triste e feio, nem se comparava as belas artes penduradas em seu quarto.
-pensei que estivesse com raiva de mim... - ela diz terminando um traço bagunçado do desenho.
-eu não estou... Esse desenho é muito assustador não acha? É um monstro? - pergunto.
-é mais ou menos... É o 47APK... - ela diz.
-o que é 47APK? - pergunto observando a besta fera que a garota acabara de desenhar.
-uma das vozes que escuto... Ele estava me perseguindo na sua casa... Era dele que eu fugia... - ela diz aflita.
-mas... Ele não existe... Você sabe disso né (s/n)? - pergunto.
-ele me persegue assim como os outros... Ele é mau, sempre diz que se eu não obedecer ele, ele iria me esfolar viva... - ela diz deixando uma lágrima pingar no papel.
-mas ele não pode fazer isso. - digo.
-pode sim... Por que você acha que ele é incapaz? - ela pergunta olhando em meus olhos. O que eu responderia? "Ah porque você é uma louca doente mental que enxerga esses diachos feios!". Isso não me pareceu reconfortante...
-é porque eu sempre estarei disposto a te proteger deles... - digo finalmente pensando direito.
-obrigada Jimin... Você é legal comigo, a maioria tem medo de chegar até mim... - ela diz olhando para o céu.
-você é legal também, deixe eu ver esse caderninho? - pergunto percebendo que há outras obras nele.
-não fique muito chocado... Eu costumo desenhar tudo o que vejo... É uma maneira de se expressar... - ela diz me entregando o caderninho.
Me surpreendo com as coisas que se passam em sua mente. Poemas e canções... Haviam cifras e partituras também, mas os desenhos... Alguns eram perturbadores! Eu fecho a caderneta e a entrego.
-como consegue dormir? - pergunto.
-pílulas... Para comer, dormir, me acalmar... Remédios e mais remédios... Eu não gosto muito, mas tenho que tomar... - ela diz aflita.
-entendo... - digo brincando com as mãos.
-não... Você infelizmente não entende... - ela diz.
-mas eu posso ter uma pequena noção... - digo e vejo ela sorrir.
Do nada ela começa a olhar para os lados. Eu acho que ela tomou poucas pílulas pois era para durar mais o efeito...
Vejo um carro passando e ela corre em direção a rua.
-saia daí (s/n)! - digo a puxando ela pelo braço com tempo de salvar ela de um acidente.
-por que fez isso? Ele vai me machucar agora! Ele vai correr atrás de mim! - ela diz quase chorando.
-ele não vai! Eu posso te ajudar! Não faça mais isso (s/n), não obedeça as vozes. Elas não são reais! - digo tentando consolar ela e ela me dá um abraço forte. - o que ela disse dessa vez? - pergunto.
-ela mandou eu me atirar no carro ou então você iria sofrer as consequências... - ela diz chorando.
-calma, calma, vamos na farmácia tomar um comprimido... Você vai ficar melhor... - eu digo e ela segura em minha mão como se alguém fosse me sequestrar. Deve ser horrível ser "perseguido"...

Fomos a farmácia e o farmacêutico recomendou um remédio um pouco mais forte. Compro e dou um dos comprimidos a ela.
-se sente melhor? - pergunto.
-sim... Eu não o ouço agora... - ela diz sorrindo.
-quer ir para casa? Eu te levo até lá! - eu digo.
-pode ser... - ela diz e eu a levo até a casa dela.
-tchau senhorita (n/m), tchau (s/n) - digo e saio indo para casa e ajudando meu irmão com o almoço.

PV (S/n)

Voltei para casa com os comprimidos que Jimin comprou e mostrei eles para minha mãe.
Ela disse que tinha algo importante para dizer.
-então...? - digo incentivando ela a continuar falando.
-eu consegui uma vaga para você na escola alí na frente! Você vai finalmente para a escolha filha! - ela diz toda animada.
-até que enfim!!! - digo com um sorriso enorme no rosto. Depois dessa notícia fomos para a cozinha almoçar. Eu espero arrumar alguma amiga por lá...

PV Jimin

Eu estava acabando de comer quando Jin me vem com uma notícia... Assuntos escolares... Ele me disse que eu estudaria na escola (escolham um nome para a escola :p) que fica mais perto de casa. Tomara que eu consiga me enturmar, na outra escola eu sofria bullying por ser educado e gostar de jardinagem... Tomara que isso mude aqui.
Jin estava cansado então eu limpei a casa e organizei as coisas para ajudar no serviço de casa, ele trabalhava em uma cafeteria, era um pouco longe mas ele sempre chegava adiantado.
Mal posso esperar para ver como vai ser essa minha nova escola...


Notas Finais


Espero que tenham gostado ❤❤



🌈continua🌈


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...