História Aprendendo a Amar - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Suga, V
Tags Amor, Esquizofrenia, Park Jimin, Romantico
Exibições 79
Palavras 902
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá biscoitas! Voltei e a criatividade também... Desculpe se vocês ficaram muito irritadas com o aviso, é que eu estava meio cansadinha mesmo… mas

🌈Boa Leitura🌈

Capítulo 7 - Colors


Fanfic / Fanfiction Aprendendo a Amar - Capítulo 7 - Colors

PV (S/n)

Eu estava desenhando Jimin com o lápis, ele tinha traços tão bonitos… eu estava quase chorando só de desenhar.

-o que você está fazendo aí? - diz Jimin pegando o caderninho e eu corei. Tentei esconder mas não funcionou.

-e-eu... - não sabia o que falar, eu estava muito envergonhada.

-você me desenhou? Ficou bonito… queria desenhar assim. - ele diz sorrindo e me entregando o caderno. Eu abaixei a cabeça e ele segurou meu rosto pelo queixo levantando minha cabeça.

-Jimin… - eu digo tentando desviar o olhar, o que seria impossível já que ele estava segurando minha cabeça. Estávamos muito próximos, o clima estava pesando, até eu lembrar de um detalhe.

-quer mais pipoca? - digo pegando duas pipocas e colocando na boca de Jimin e logo em seguida rindo.

-(s/n)… - ele diz terminando de comer as pipocas e rindo. 

-quer ficar com o desenho? - eu pergunto.

-assine ele com seu nome, assim todos saberão quem foi o artista. - ele diz e eu assino o desenho.

-já assinei… - digo.

-são 17:04… quer que eu pegue alguma roupa sua… sei lá. - ele diz tímido.

-eu vou com você. - digo e ele cora.

-v-vestida assim? - ele diz corado.

-ah, ninguém nem vai reparar, vamos. 

Fomos para minha casa e ela estava vazia. Me vieram lembranças de mais cedo e eu vejo que as manchas de sangue ainda estavam lá no tapete bordô que cobria o chão da cozinha. Ouço Jimin me chamar do quarto, subo as escadas e o encontro virado para meu guarda-roupas.

-que foi? - digo e ele pega um vestido branco que minha mãe tinha comprado pra mim no ano novo.

-escolha umas roupas, amanhã a gente pega as outras. - ele diz e eu pego minhas roupas preferidas e minha maleta de materiais artísticos.

-vamos? - digo e ele vem comigo. Tranco o portão e vamos para a casa dele.

-vem comigo, você pode ficar no quarto de hóspedes, decore como quiser ele é seu agora. - Jimin diz com um sorriso no rosto.

-eu posso ficar um pouco… sozinha? - eu digo e ele sai fechando a porta. Dou um suspiro e pego o vestido que Jimin havia escolhido para mim. Ele tinha mesmo bom gosto…

Tiro a camiseta de Jimin e pego um sutiã. Visto a camiseta novamente e fico descalça mesmo.

Olho em volta e o quarto é branco, sem detalhes. Abro minha maleta e pego uma tela e tintas. Desenho com o pincel fino e tinta bege um rascunho de flor. Começo a detalhar as pétalas com iluminação e sombra, eu estava desenhando uma rosa Laranja. 

»Quebra de Tempo«

A rosa estava pronta. Peguei com cuidado a tela e a preguei numa parede onde a cama estava encostada, pra esse quarto ficar com a minha cara eu vou ter que fazer mais com certeza!

Pego outra tela, só tinha mais essa na maleta, amanhã eu compro outras…

Pego minha caixa de lápis grafite e faço um auto retrato meu. 

Quando estava na metade do desenho vejo Jin abrir a porta.

-(s/a) você vai querer jantar? - ele pergunta.

-vou sim… depois eu termino. - digo indo em direção a porta e ele observa meus quadros. O que tem de tão especial neles? Eu não vejo nada de tão surpreendente…

-você faz desenhos muito bonitos… minha mãe gostaria de vê-los… - ele disse cabisbaixo.

-Eeeei! Venham comer! Eu vou pegar todos os nuggets! - ouço Jimin gritar da cozinha.

-eu não vou perder meus nuggets! - digo sorrindo.

-nem eu! - Jin diz e vamos correndo para a cozinha. Conversamos bastante.

-uma coisa temos em comum… todo mundo aqui perdeu os pais! - Jin disse.

-eu perdi minha mãe, meu pai eu matei mesmo. - digo rindo mesmo que a situação não fosse nem um pouco engraçada.

Depois de jantar fomos dormir. Fomos vírgula! Eu não consegui dormir, senti falta dos remédios para insônia… ou de dormir com minha mãe… 

Levantei do escuro e liguei a luz do abajur no "meu" quarto. Será que Jimin se incomodaria de eu dormir com ele? Que pergunta! É óbvio que ele se incomodaria! Eu estaria sendo muito folgada… pego meu comprimido e tomo. Agora sou normal por 16 horas… 

Pego o desenho que não tinha terminado e continuo a detalhar.

»Quebra de Tempo«

Já eram 00:57 e eu já tinha acabado meu desenho. Eu continuava sem sono… eu queria ir até o quarto de Jimin mas eu já sei a resposta dele, ele só diria sim para não se sentir culpado com a doida… eu queria dormir mas não podia… meu remédinho pra insônia, nunca senti tanta falta dele na minha vida…

Olho o quarto, reparo em tudo, leio um livro, dois, três, já são 01:22 e nada de sono… é impossível ir até a sala sem rezar o pai nosso umas 80 vezes e ficar assistindo os filmes legendados para não acordar ninguém. Tenho medo de me olhar no escuro depois da meia noite, por que? Porque eu sou besta mesmo…

Aah que ódio, vou ter que tentar… o não eu já tenho, só basta tentar receber um sim…

Meu orgulho diz pra não ir, minha insônia diz para ir… confusão idiota… vou escolher no unidunitê mesmo.

"Esse é o vou, esse é o não vou" digo olhando minhas duas mãos.

"Unidunite salame mingue o sorvete colorido o escolhido foi vo-cê…"

Parou no "vou"… será que eu realmente devo acreditar numa brincadeira que eu fazia com 8 anos? Dane-se isso agora… vou indo então. Tchau tchau dignidade, manda um beijo pro juízo que eu perdi faz 3 anos…


Notas Finais


Oie biscoitas…
Espero que tenham gostado.
Obrigada pelos 30 favoritos ❤❤

🌈Continua🌈


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...