História Aprendendo a Amar - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, V
Tags Amor, Esquizofrenia, Park Jimin, Romantico
Exibições 64
Palavras 752
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá amiguinhas… desculpem a demora e talvez demore mesmo para postar capítulos já que eu estou em semana de provas da escola…

🌈Boa Leitura🌈

Capítulo 9 - Coisa de Amigos


Fanfic / Fanfiction Aprendendo a Amar - Capítulo 9 - Coisa de Amigos

-eu não sei… - digo olhando para o nada.

PV (S/N)

Eu fico meio que "brisando" em meus pensamentos sujinhos com o meu vizinho gost… simpático, é, meu vizinho simpático! Se ele tivesse a capacidade de ler mentes ele com certeza estaria me olhando com cara de indignação agora.

-Nem uma ideiazinha? - ele pergunta.

Eu com minha mente mais limpa que o rio Tietê logo pensei: "Claro que tenho uma ideia, faz assim, eu por baixo e você por cima, e aí topa?" essas palavras se passaram na minha cabeça louca e eu com certeza corei.

O que eu iria fazer? Minha idéia podia parecer boa pra mim, mas a triste realidade mostrava o contrário, era muito constrangedor. O que está acontecendo comigo? Eu nunca fui assim! Estou pensando de me trancar naquele quarto de hóspedes pra sempre enquanto ele arrumava outra coisa pra fazer mas eu não conseguia falar nada.

Resultado: Altas Brisas e muita falta de atenção, eu reparei que ainda vestia a blusa de Jimin.

Eu entrei rapidamente pra dentro da casa e vi Jimin com cara de "WTF" e subi para "meu" quarto.

Troquei de roupa, afinal, eu não poderia ficar com aquela blusa dele pro resto da vida né?

Coloco uma sapatilha Rosinha, um vestido regata branco. Saio do quarto e avisto Jimin sentado no sofá da sala lendo alguma coisa. Sabe o que eu queria fazer? Pular naquele pescocinho, mas não podia…

Fico pensando em vários nadas e em pé sem ter ideia do que fazer. Olha! Surgiu uma!

-que horas são Jimin? - pergunto e ele olha na TV.

-12:40, por que? - ele diz. Nossa, já eram 12:40? Hum... Isso significa que Yuri e Tae já saíram da escola… 

-vamos ligar para o Tae e para a Yuri. - digo.

-ligar pra que? - ele diz e eu Bato a mão na testa tipo "really?".

-pra eles virem aqui… se a gente não sabe o que fazer, com certeza esses dois seres falantes saberão. - digo como se fosse óbvio.

-ah tá, então eu ligo. - diz ele pegando o telefone.

PV Jimin

(S/N) estava meio diferente desde ontem a noite, será que eu a intimidei? Espero que não… eu vi que ela parecia distraída e apenas ignorei esse fato.

Pego o telefone e ligo para Taehyung.

**Ligação on**

-Oi Tae… 

-JI-MIN! POR QUE O SENHOR FALTOU HOJE?

-c-calma Tae, eu tive meus motivos.

-aham, até porque você é suuuuuper ocupado não é "Boss"? 

-ah esquece, eu liguei pra te convidar pra vir aqui em casa, vou chamar a Yuri também.

-Já to aí!

**Ligação off**

Okay, hora de ligar para a Yuri… elame dava um pouco de medo mas eu não achei problemas em chamar ela.

**Ligação On**

-Fala desgraça!

-calma Yuri, sou eu o Jimin…

-aaah tá, fala desgraça!

-eu liguei pra te chamar pra vir aqui em casa, a (s/n) está aqui, o Tae já está vindo.

-ah de boas… mãããeee posso ir na casa de um amigo? - ouço ela chamar alguém.

-só vai logo! - a provável mãe de Yuri diz para ela.

-Já já to aí…

**Ligação off**

Ouço a campainha tocar e vou atender a porta.

-JIMINIE!!! - ouço Taehyung gritar e eu deixo ele entrar. Logo logo Yuri chega também, é só esperar…

-oi Tae. - (S/n) diz indo abraçar ele. Não gostei muito desse "abraço". Espera, o que? Eu não acredito que fiquei com ciúmes! Ah esquece.

-por que vocês faltaram? - Taehyung pergunta.

-(s/n) perdeu os pais ontem mesmo, agora ela mora aqui… - digo e Taehyung faz uma cara maliciosa.

-DING DONG! - ouço a voz de Yuri apertando a campainha umas 50 vezes seguidas.

(S/N) vai até a porta e abre. Logo Yuri pula em cima dela fazendo as duas caírem.

-ANNYEONG!!!!! - Yuri diz levantando e ajudando (S/n) a levantar.

-quanta empolgação! - diz Taehyung.

-é que é a primeira vez que minha mãe deixa eu sair sem discurso! - ela diz sentando no sofá e arrastando (S/N) junto.

-o que a gente faz? Que tal brincar de Verdade ou Desafio? - Taehyung diz.

-muito clichê! Sempre tem alguém que engravida dois dias depois! - Yuri diz rindo.

-ah vamos por favor, eu gosto desse tipo de brincadeira! - Taehyung diz malicioso.

-não TaeTae! Seu pervertido! - Yuri diz dando um tapa em Taehyung.

-eu sei que vocês querem! - ele diz.

Depois de altas Tretas:

-ah tá bom criatura chata! Mas eu não quero nada muito pesado! - eu digo para Tae.

-okay, nada pesado… mas também nada muito leve, ouviram? - ele diz e nos concordamos.

-Ave Maria cheia de graça! - diz Yuri e nós rimos.

-Garrafa por favor! - (S/N) diz e eu saio pra pegar o instrumento principal da cena do crime. 

Espero que as pessoas escolham bastante verdades!



Notas Finais


Desculpe se ficou muito curto… mas eu precisei fazer um meio pequeno mesmo…

🌈Continua🌈


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...