História Aprendendo a dar valor LUTTEO - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Karol Sevilla, Ruggero Pasquarelli
Personagens Karol Sevilla, Personagens Originais, Ruggero Pasquarelli
Exibições 268
Palavras 462
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura!!!

Capítulo 33 - _capitulo 33_mini maratona 5/5


Fanfic / Fanfiction Aprendendo a dar valor LUTTEO - Capítulo 33 - _capitulo 33_mini maratona 5/5

...

...

Luna estava jogada no sofá. Até a campainha começar a tocar. A pessoa do outro lado da porta parecia insistente, pois não parava de tocar.

Luna: CIDA...ANA...GLÓRIA (chamou algumas das empregadas. Mas nenhuma apareceu) droga (bufou) pagamos os empregados e ainda damos morada á alguns e o que acontece? Temos que atender a porta (reclamou. Enquanto se levantava da sua "zona de conforto") a mas elas vão ouvir eu dar um bom Sermã... (Se auto interrompeu ao abrir a porta e dar de cara com nada mais nada menos que...) Matteo? (Sussurrou)

O mesmo tinha os olhos vermelhos sinal de que havia chorado. Sua expressão era de raiva, mágoa, dor e sofrimento.

Matteo: olá Luna Valente (disse frio)

Luna continuava estática. Nossa ele continuava lindo. Um pouco magro e com a aparência cansada mas mesmo assim lindo. Os músculos eram visíveis e estavam desenhados na camisa que ele vestia, os cabelos bagunçados dando-lhe um ar sexy. Difícil de acreditar mais ela já estava ficando excitada. Nossa como o amava.

Luna: quem te contou que eu estava aqui? (fez a primeira pergunta que veio-lhe a cabeça. Assim que recuperou os sentidos)

Com Matteo não foi muito diferente. Não podia acreditar que estava frente á frente com a mulher que ele mais amava e odiava ao mesmo tempo... Mesmo com o tempo ela continuava linda. Os cabelos mais castanhos, o corpo com mais curvas, os olhos continuavam tão penetrantes ou até mais, os lábios carnudos e convidativos, já estavam o deixando hipnotizado. Mesmo com a aparência assustada ela continuava perfeita.

Mas rapidamente ele lembrou que estava ali pra tirar satisfações... E a mágoa era maior, afinal ela lhe escondeu uma filha. Mesmo sabendo que o sonho dele sempre foi ser pai.

Matteo: eu faço as perguntas aqui (disse autoritário) será que posso entrar?

Luna: cla...claro (gaguejou por tamanho nervosismo. Agradeceu aos céus por não ter tido tempo de por as fotos de Valentina na sala.

Para Luna Matteo só sabia do seu retorno ao país. Porém, não fazia ideia sobre a paternidade.

Luna: e então o que quer? (perguntou receosa. Claro pretendia procurá-lo para contar-lhe sobre a filha. Mas ainda não estava preparada para encará-lo)

Matteo: o que está fazendo Luna? (Perguntou sem mira-lá nos olhos sentia-se vacilante)

Luna: nesse momento dando graças a deus por Valentina está na escola (murmurou pra si mesma) co...como assim? (Se perguntou um tanto confusa e com certo receio)

Matteo: a mim você não engana Luna. Não mais. Eu Já sei de tudo.

Luna: eu sinto muito, mas não sei. do que você ta falando? (Insistiu)

Matteo: a não? (Aproximou-se da mesma. A pegou pelos braços, com certa força) uma filha Luna ( a mesma arregalou os olhos) uma menininha. Por que fez isso? O QUE EU TE FIZ? (Gritou e a sacudiu pelos braços com força)

Luna estava com medo e então chorou.


Notas Finais


Xiii, estou sentindo uma treta muito foda chegando... Aguardem!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...