História Aprendendo a Lição - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope
Tags Bts
Exibições 49
Palavras 1.066
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Lírica, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que gostem, eu me emocionei muito fazendo essa fic, bjão

Capítulo 1 - Você vai pagar pelo o que fez!


Estou com pressa para chegar no prédio da BigHit, fazer uma surpresa para meu namorado Hoseok, mais conhecido com J-Hope; Estou ansiosa, pois hoje é um dia muito importante para nós, afinal, hoje se completa um ano e meio do nosso namoro. "Estou tão feliz, será que ele também está ansioso para me ver?" seguro firme no anel em que ele havia me dado à dois meses, minhas mãos estão tremendo por causa do nervosismo, meu coração está batendo mais rápido do que nunca, minha respiração inquieta, tudo isso será por ele?. Entro na BigHit e pego o elevador, a essa hora ele e os outros devem estar na sala de ensaio.

As portas do elevador se abrem, e no final do corredor avisto a porta da sala onde eles provavelmente estão. Respiro profundo e ando em direção a sala, mas paro no meio do corredor ao perceber que meu cabelo está uma bagunça, tento arrumar com as mãos, mas não adiantou muito porque no meio do caminho eu peguei uma garoa, portanto eu estava com minhas roupas e cabelos úmidos...

Me aproximo da porta e respiro mais uma vez, será que Hoseok preparou alguma surpresa para mim?... Bato na porta e espero alguém abrir.

 

-Pode entrar! Está aberta!

 

Ouço a voz similar à do Jin, então com muitas esperanças abri a porta com os olhos fechados.

 

-Hoseok? Oppa?

 

Abro os olhos e vejo Jin, Jungkook, e Jimin ensaiando RUN, Namjoon e Yoongji estavam sentados no canto da sala mexendo nos celulares, Taehyung e Hoseok estavam deitados no outro lado da sala, Tae acorda ao ouvir minha voz e chama J-Hope com cutucadas no ombro.

 

-Yah! Yaah! (s/n) está aqui!

 

Hoseok não reage, apenas abre um olho e me vê, logo em seguida vira para o lado voltando à dormir... Duas decepções em dois minutos? Hoseok não deu atenção para mim e ainda deve ter se esquecido do nosso aniversário... Aish.

 

-O que ele tem?

 

Pergunto inocente...

 

-Acho que ele está com raiva!

 

Jimin me responde enquanto pausa a música .

 

-Raiva? Do quê?

 

-Deve ser pelo o que você fez ontem...

 

-O que eu fiz?

 

-YAHH!Aish...

 

Diz J-Hope se levantando do chão com uma cara de irritado...

 

-Vamos conversar em outro lugar!

 

Diz ele me puxando pelo braço em direção à porta. Ele nunca me segurou desse jeito, ele estava usando a força, meu braço já estava doendo até que ele abriu uma porta de outra sala vazia e me jogou para dentro.

 

-Por quê está me tratando desse jeito?

 

Digo com os olhos cheios de lágrimas...

Ele bate a porta com raiva e se vira para mim.

 

-Por quê está me traindo?

 

Pergunta ele cruzando os braços e me encarando.

 

-Te traindo? VOCÊ ESTÁ LOUCO HOSEOK? DE NOVO ESSA HISTÓRIA? TODA VEZ VOCÊ INVENTA ALGO PARA DIZER QUE EU ESTOU TE TRAINDO!

 

-Então quem era aquele cara que estava conversando com você na sua casa ontem? Vocês pareciam muito íntimos!

 

-Que cara? pirou de vez? Eu te amo Hoseok! você é o único "cara" da minha vida! E aliás, quem estava na minha casa era meu irmão que eu não vejo à quatro anos!

 

-Mentirosa! Não consigo acreditar em você!

 

-NÃO ME JULGUE ASSIM!!

 

-Vai embora! Depois a gente resolve isso na minha casa!

 

-NÃO! Isso já é o limite! Estou cansada Hoseok! Se você não mudar seu jeito, vai me perder de vez!... Quer saber? ACABOU!

 

Digo chorando, tiro o anel com raiva e jogo nele, saindo da sala com pressa, enquanto andava sinto uma lágrima escorrer pelo meu rosto até cair no chão. Ouço um grito da sala...

 

-AAAAIIIISSSHHHH!!!!

 

Era J-Hope Furioso.

 

No meio do corredor ouço ele me chamar, mas não dou atenção, minhas lágrimas caiam cada vez mais, até que alguém puxa o meu braço recém dolorido.

 

- (s/n)... Espere!

-Me solta!

 

- Por favor me escuta! Eu te amo!

 

-Se amasse mesmo, você não me trataria assim!

 

-(s/n)... não faz isso!

 

Digo entrando no elevador

 

-Já era o tempo em que eu caia em suas conversas HoSeok! Estou começando a achar que você não me merece!

 

Disse minha última palavra enquanto as portas do elevador se fechavam. Pude ver a cara de tristeza de J-Hope pairando sobre meu anel em sua mão.

Chegando no térreo, minhas pernas estava, exaustas decido pedir um táxi, entro no carro e olho para a janela, vejo HoSeok tentando me alcançar...

 

-Onde deseja ir moça?

 

-Apenas saia daqui depressa!

 

Digo ao motorista limpando o rosto com as mãos. Minutos depois, cheguei em casa, fui tomara um bom banho para relaxar a cabeça, mas tudo me lembrava HoSeok... Eu amava demais aquele homem, como ele pode ser assim comigo? Eu odeio ele e ao mesmo tempo amo ele, meu coração está em pedaços, me sinto fraca, vazia, isso é uma dor terrível e cruel.

Mas eu não vou voltar para ele, não enquanto ele não mudar...

Após o banho vou até a cozinha preparar algo para comer, pego o meu celular e vejo 23 chamadas perdidas de J-Hope, ignoro e começo a fazer um sanduíche.

O telefone toca, é ele, mas eu não atendo, minha raiva é tanta que minha vontade é de quebrar o celular, mas apenas me viro para a pia colocando a faca dentro dela, mais uma vez o telefone toca...

 

-Aiisshhh!!!

Decido atender...

 

“- O que você quer?”

 

“-Me escuta por favor!”

 

“-HoSeok, eu já disse! Se você não mudar seu jeito, eu não volto para você!”

 

“-(s/n)... não faça isso comigo!”

 

“-Eu te odeio! Estou disposta a te fazer sofrer! Viva com isso!”

 

Desligo o telefone e me sento no sofá terminando de comer meu sanduíche, uma mensagem chega, é dele...

 

“ Eu te prometo que vou mudar! Você é só minha! Eu te amo!”

 

Duvido! Pago pra ver!

Ligo o rádio, para colocar uma música para me esquecer dele, começou a tocar Just One Day, aquela música perfeita que ele sempre cantava para mim,... desligo o rádio com raiva e me ponho a chorar mais uma vez no sofá...

Horas depois, lavo o rosto e vou pentear o meu cabelo.

Vou para a minha cama pois já era mais de 10:00 da noite, e eu teria que levantar cedo para ir para o aeroporto encontrar com meu irmão que iria voltar para o Brasil para se casar.

 

Já estava pegando no sono, quando escuto um barulho em minha janela....


Notas Finais


o que acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...