História Aprendi a te amar... - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Inuyasha
Personagens Rin, Sesshoumaru
Tags Drama, Morte, Rin, Romance, Sesshoumaru
Exibições 96
Palavras 1.344
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Super Power, Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


OLA GENTE!
Me desculpem pela demora, eu tinha perdido o foco da fic, mas eu acho estou de volta... ^^

Me desculpem algum erro!
e muito obrigado polos favoritos e comentários...

Capítulo 3 - Partida...


Fanfic / Fanfiction Aprendi a te amar... - Capítulo 3 - Partida...

...

_Eu não, sei não Rin...

_ agora pouco eu vi um youkai. -Sango se assustou e correu ate Rin analisando se estava machucada...

_ele te fez alguma coisa Rin?

_não sango! para por favor... - sango volto a se sentar olhando seu filhos conversarem. _ ele me pareceu diferente sabe, não sei explicar, foi estranho conversar com ele. - sango estranhou a conversa da moça perguntando.

_como ele era Rin?

_era bem alto, muito sabe... -sango brincou .

_qualquer pessoa perto de você é mais alta Rin. - riu fazendo Rin ficar emburrada.

_ha,ha engraçadinha... mas ele tinha os longos cabelos praticados olhos dourados queixo  e nariz fino, - sango ergueu uma das sobrancelhas e Rin finalizou. _e havia algumas marcas nas bochechas e uma meia lua na testa dele.

_nossa nesse meio tempo você memorizou tudo isso? -Rin ficou vermelha de vergonha fazendo sango sorri. _ mas ele era bonito?

_muito... - suspirou ela sem perceber..

_ho ou...

_ o que foi? -perguntou preocupada.

_nada... - Sango ficou sem graça. _ por que decidiu mesmo viajar de uma hora pra outra?

_eu preciso ficar mais forte depois de hoje e necessário, e também preciso pegar algumas ervas que não tem aqui... - ela se levantou indo ate a porta e parando. _ partirei a manha cedo, tchau... - e saiu deixando sango sem reação...

...

  SES:on

_já encontro Kaguia? Jakem?

_ não senhor Sesshoumaru! ela se escondeu muito bem... - hum... aquela bruxa, eu preciso encontrá-la rápido. _ ela deve ter se escondido em algum vilarejo senhor... 

_mande alguém atras dela, preciso que a encontre rápido.

_sim senhor Sesshoumaro. - fico olhando Jakem sair correndo entre a floresta quando uma certa humana aparece em meus pensamentos.

_ultimamente ela esta muito absorva em meus pensamentos... - olhando para o céu, lembro dela tocando aquela flauta tristemente o que tanto ela pensava na quele momento? tenho que para de vela... comecei a caminha indo embora...         

....

... dia seguinte...

  Na manha seguinte Rin, tinha terminado de arrumar suas coisas, pra viagem e já estava de saída, quando sango aparece na sua frente.

_você vai mesmo Rin?

_sim sango, eu exitei ontem com aquele youkai e você sabe muito bem que não sou assim...

_compreendo Rin, mas, por favor, sempre volte pra dar noticias. - ela terminou de amarrar seu quimono e colocar sua bolsa de lado indo abraçar a mulher.

_ não se preocupe sango sempre quando der virei te ver. - elas se soltaram fazendo Sango alizar os cabelos da menina.

_ se cuida Rin.

_ farei isso... e onde estão as gêmeas? -assim que ela perguntou as meninas apareceram enfrente a Rin pulando em cima dela as derrubando no chão.

_ai, Rin você vai ter ir embora de novo? você mal chegou. _ falou Mayu que estava de vermelho.

_isso verdade, ate parece que você não gosta de gente. _ disse Mey que não gostou muito de saber que Rin iria ter que viaja novamente.

_me desculpe meninas mas aqui no vilarejo não tem nada de interessante pra mim treinar então eu tenho que fazer isso longe.

_pede pro papai fazer isso. - falou Mey. _ ou então pede pra ele trazer alguém pra te treinar.

_ eu acho que o Miroku já esta muito preou culpado com outras coisas, não acho que iria fazer isso.

_então fala com a senhora kaede? - disse Mayu. 

_mas Mayu a senhora Kaede esta fora, e eu não quero incomoda-la. - falou Rin ficando triste.

_então já chega meninas, é uma decisão da Rin sair então, assim que ela estiver pronta pra voltar logo estará de volta pra vocês a tormenta-la.

_aaaahhh - falaram juntas.

_ então leva agente Rin...

_er... bem eu...

_não! você não sairão, Rin já sabe pra onde vai e la não pode crianças. - falou sango piscando pra Rin que assentiu.

_e o tiú Korraku? ele já sabe que você vai embora Rin? - perguntou Mey.

_mas por que seu tiú tem que saber? - perguntou Rin se levantando do chão com as meninas.

_ por que vocês são namorados... - afirmou as duas juntos deixando Rin vermelha.

_ meninas eu e Korraku não temos nada, então parem de dizer que temos alguma coisa. - Rin as vezes era bruta com as palavras e acabou falando friamente com as meninas sem perceber as deixando tristes.

_ nos desculpe Rin... - elas se desculparam abaixando suas cabeças deixando Rin sem graça.

_tudo bem meninas, só não digam mais isso sobre nos.

_tudo bem! - falaram juntas e Rin as abraçou. 

_ logo estarei de volta e poderemos colher flores juntas, esta bem? - elas sorriram e concordaram com ela, e Rin partiu na esperança de encontra alguém para trena-la.

...

RIN:ON

  Nossa já fazem duas horas que estou caminhando e o sol esta muito quente e ainda falta um pouco pra mim chegar ao próximo vilarejo, vou para um pouco aqui na beira do riu pra me alimentar e beber uma água... assim que me sentei ouvi uma mulher gritar por a ajuda e desesperada.

_por favor me ajude. - ela era muito bonita tinha os longos cabelos compridos e negros com uma leve coloração azulada nas madeixa negras, seus olhos eram um azul negros com uma bela maquiagem envolta e um leve batom nos lábios...

_ o que foi que aconteceu?

_ha vários youkai me perseguindo e atacando meu vilarejo, preciso de alguém que os derrote. - Eu analisei a moça a minha frente e decide ajuda-la.

_onde você mora?

_aqui próximo...

_ vamos eu irei com você.

_ mais você ira assim sozinha? - Eu sorri pra moça e apenas acena pra ela confirmando.

...

SES:on

_ senhor Sesshoumaru, finalmente a encontramos.

_ e onde ela esta? - perguntou ele friamente.

_ ela havia se escondido em um vilarejo de youkais mas já estamos prontos a pega-la.

_hum... - sera que destruirão o vilarejo. _ Jakem, eu só quero Kaguia, não ataque o vilarejo.

_mas senhor Sesshoumaru...

_ faça o que estou mandando. - me transformei em uma esfera de luz e desapareci da frente do Jakem, sabia que ele conseguiria sozinho, afinal Kaguia esta sem seu espelho então ela estaria vulnerável sem poderes...

...

  ... Rin chegava ao vilarejo a vistando o caus, com vários yokais voando mais adiante destruindo tudo, a mulher se escondia atras da pequena Rin que não demostrava nenhum medo naquele momento, ela estendeu sua mãos a frente movimentando seus braços saindo uma bola de luz se transformando em um arco e flecha e os atingiu destruindo os youkai um por um, fazendo a mulher se surpreender com a menina.

_ você é uma sacerdotisa? - Rin não a respondia estava muito concentrada no que estava fazendo. Mais a frente havia um youkai escondido observando Rin, ele levantou sua mão esquerda saído uma bola de energia e a soltando atingindo Rin rapidamente. - você esta bem? - perguntou a mulher, Rin tentou se levantar com alguns arranhões olhando em direção do monstro que corria na direção delas.

_cuidado! - Rin empurrou a mulher para longe, fazendo o youkai apenas a tingi-la, ele havia amachucado muito seus braços estavam cheios de sangue. _ desgraçado! - ela o xingou de dor. Sorrindo de lado e fala. _ realmente estou perdendo o jeito. - o youkai a soltou a fazendo gemer de dor e cair no chão, olhou em volta e estava sozinha e o youkai a atingiu novamente a lançando longe... _ droga! esse desgraçado vai acabar me mantando _ olhou atentamente para o youkai e depois para o céu que estava todo alaranjado demostrando o fim de tarde e logo falando consigo mesma.  _ não posso morre aqui. - ela fitou o youkai a sua frente estendendo suas mãos e logo saiu uma luz esverdeada, esperou ate o youkai se aproximar mais dela e o tingiu em cheio o fazendo desaparecer se formando uma nuvem negra na sua frente, Rin deu um passo pra frente sentindo sua visão turva e desmaio ali mesmo...

                                                        ... continua...


Notas Finais


Se não ficou bom por favor me digam pra mim melhorar depois >.<...
e me desculpem se algo estiver errado...

muito obrigada por lerem e ate o próximo, tentarei postar mais rápido.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...