História Aprisionada: Temp. 1 - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Ação, Camila Cabello, Camren, Corrida, Corrupção, Drama, Drift, Fifth Harmony, Gangues, Lauren Jauregui, Lésbico, Orange, Policial, Yuri
Exibições 65
Palavras 1.283
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Orange, Policial, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Vamos de aquecimento, vamos. Vamos cantando já que o capítulo vai ser empolgante procura aí nos youtubes da vida t.A.T.u. - All the thins she said, assiste as duas sebejano e depois vem pra cá. Eu estou ouvindo essa música agora, e gosto muito dela. É o sapabonde dos anos 2001, 2002

Ó DE DINGS CHE SÉ
Ó DE DINGS CHE SÉ
RANI TU MA RÉ
RANI TU MA RÉ
RANI TU MA RÉ

Capítulo 21 - Capítulo 20 - All the Things She Said


No instante que Lauren permitira o beijo, duas de suas melhores amigas, Vero e a tentente Lucy do FBI se aproximaram empolgadas. Ela se lembrou de Camila e quase fez a burrice de traí-la com um simples beijo.

Agradeceu aos céus mentalmente e foi ao abraço das amigas, as três, empolgadas foram para a pista dançar e se divertir, deixando o rapaz com cara de idiota.

Lolo percebeu que Lucy e Vero estavam coladas demais, e se sentindo deslocada, deu alguns passos para trás.  Olhou para o bar, e JT sussurrava algo no ouvido de uma garota qualquer, deixando Lolo ligeiramente “incomodada”

Continuou dançando como não tivesse ninguém ao seu lado e se surpreendeu por estar se divertindo. Não sabia quanto tempo estava ali, mas sentiu o clima entre as duas esquentar.

Vero beijava o pescoço de Lucy e com a outra mão tinha uma garrafa de vodka Beluga, Lauren pegou a garrafa de Vero e tomou longos goles.

Neste momento uma famosa música começou a tocar em uma versão remix e as três vibraram

All the things she said (Tudo o que ela disse)

All the things she said

Running through my head (Passando pela minha cabeça)

Running through my head

Running through my head

 

Gritaram como loucas, e cada uma segurando seu copo, fingiram microfones, assim como faziam quando crianças iam a casa de Lucy e cantavam pulando sob o colchão.

Na parte do beijo, Vero agarrou Lucy, mesmo que estivesse um pouco contra sua vontade, a tentente correspondeu. E por um momento, Lauren se lembrou que gostaria de Camila estar lá, cantando também e repetindo a cena do beijo com ela. Seria saudades?

Lucy deu um sinal de que iria com Vero para os fundos, e então, Lauren devolveu a garrafa de bebida à elas.

Se encerrando a música, Britney entrou com a antiga The Hook UP, e Jauregui se empolgou a dançá-la, mesmo que sozinha. Nem Lauren sabia que dançava tão bem assim, até chegar JT, que se mostrou um excelente dançarino também.

Jt ficou por trás, afastando seu cabelo, roçando sua cintura na dela, e o engraçado é que Lauren ou não sentiu, ou não se incomodou. Lauren descia e subia, e se movimentava de acordo com a música, começando a suar.

Algo nele mexia com ela, e a irritava, mas no fundo, em algum lugar, ela sabia que estava gostando de dançar com ele.

O detetive se aproximou da nuca dela e disse algo. Ela não ouviu direito, e se virou de frene, estendendo a orelha. Ele passou a mão pela cintura dela, a trazendo para mais perto.

- O que você disse? – ela perguntou

- A cor dos seus olhos, combina com o meu cabelo.

- É? – Lauren fez uma expressão de quem não entendia

- É. Eles vão ser lindos. Quantos você quer ter?

Lauren começou a entender um pouco.

- Eu não me incomodo com quantas crianças teremos, desde que todos tenham seus olhos.

- JT. Eu namoro.

- Não lembro de você ter me pedido em namoro, Lauren.

- Tô falando sério. Eu tenho alguém.

- Então por que está dançando nos meus braços agora?

Lauren se afastou, a bebida a afetara um pouco, mas não o suficiente para se despedir de Ally com dificuldade e ir para a saída chamar um táxi.

Mas já era tarde e não tinha táxi. Ligou para Taylor, sua irmã e melhor amiga. Mas em vão, então ligou para Chris, sua última esperança.

- Chris. A Tay não está atendendo!

- Oi, Lolo! Você está bem?

- Na verdade, tem um cara chato querendo me levar para casa.

- Você está bêbada. Adivinhei?

- Ah. Eu precisava. Ir. Pra. Casa. Pra Camila.

- Onde você está?

- O nome do bar é SHOTS. Eu não sei o endereço.

- Tá. Eu acho e vou te buscar, tá?

- Er. . .sim. A Camila vai me bater.

- Tá. A Camila não vai te bater, okay? Quer que eu fale com essa tal Camila?

- Ah, sim. Não. Chris, só vem logo, tá? – e desligou

- Quer que eu te leve? Você está bem? – JT surgiu atrás dela, a ajudando a se equilibrar

- Não, JT, me deixa!

- Cadê o trouxa do seu namorado agora, hein?

- Está em casa, onde eu deveria estar.

- Você estava se divertindo, não diz que se arrependeu.

- JT. Me deixe em paz, okay? – ela fechou os olhos com dor de cabeça.

JT tomou o celular dela, e discou para o próprio número.

- Pronto. Você tem o meu número, agora. Me ligue para avisar que chegou bem.

Lauren não havia se dado conta de como ele era alto e seu peito era definido, por baixo da camisa branca. Por um instante pensou naquele peitoral nu contra o seu. Mas se lembrou de focar em Camila. Camila!

 Um carro freou gentilmente e buzinou.

- Chris! – Lauren comemorou – Meu irmão chegou, tchau, JT.

Ele tentou beijá-la, mas, ela virou o rosto de lado.

- Acho bom tirar a mão dela, parceiro. Entra no carro, Lolo.

- Calma. – JT levantou as mãos,

Chris Jauregui estava no banco do carona, enquanto uma menina dirigia. Ele saiu do carro e ajudou a irmã ir até o banco de trás.

- Ah, meu irmão.  Que bom que você veio.

- Ah, Natalie, desculpe pelo estado da minha irmã.

- Está tudo bem, querido.

- Ah, vocês namoram?

- Lauren, essa é a Naty que eu te falei.

- Aaaaah, sim a Natalie! Você levou ela pra passear no carro do papai e minha mãe achou uma camisinha amarrada no banco de trás.

O constrangimento dentro do carro foi total.

- Não ligue para Lauren, ela está bêbada. É desse jeito mesmo.

- Bêbada ou não, eu ainda sou detetive, e você me respeite.

- Tá tudo bem. – Natalie sorriu – Quem era aquele cara tentando te agarrar, Lauren?

- É um gostosão metido.

- Não quis dizer um metido à gostosão?

- Ah, mas ele era bem um gost- Lauren fechou os olhos – Céus, Camila vai me matar.

- Quem é Camila, Lauren?

- Ela é o meu sol. – Lauren começou a rir – Ela é o meu solzinho! Ela é baixinha e latina, e sabe, ela veste os meus pijamas e sorri quando eu faço café na cama.

- Lolo, você é gay?

- Não. Sou gay pela Camila. A irmã dela disse que ela é GirlCrush.

Natalie se segurava para não rir. Chris estava todo sem graça.

- Você está namorando com ela?

- Se ela me ver assim, eu acho que não mais. 

- Bem. Estamos chegando. – Chris diminiu a velocidade e entraram numa rua arborizada

Natalie e Lauren trocaram um beijo no rosto e Chris a abraçou apertado e lhe deu um beijo na testa. Lauren estava um pouco mais centrada, tirou os saltos e foi em direção à porta de entrada.

_________

- Lauren! – Camila tira uma cara odiosa quando abriu a maçaneta

- Desculpe.

Lauren tinha um leve odor de alcool e estava toda desarrumada.

- Eu saí com a Ally para disfarçar. Tem duas semanas que eu não saio e não apresento provas novas. E teve o Chris, o JT, muita coisa.

- Tá. E apresentaram provas até agora?

- Não. É que tem tempo que eu não saio com eles, e estão tentando me afastar do seu caso, Camila. E me disseram um papo sobre eu estar diferente, que eu não me envolvo mais com os policiais.

- Então você saiu para disfarçar que não mudou. – Camila continuava com os braços cruzados

- Por que parece que não está acreditando em mim, Camz?

- Porque seu batom está borrado. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...