História Aprisionada: Temp. 1 - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Ação, Camila Cabello, Camren, Corrida, Corrupção, Drama, Drift, Fifth Harmony, Gangues, Lauren Jauregui, Lésbico, Orange, Policial, Yuri
Exibições 33
Palavras 1.188
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Orange, Policial, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 25 - Capítulo 24 - Traidora?


- É assim que você trabalha, Lolo? Mentindo? Acobertando criminosos e atrapalhando as investigações? – Ally mantinha a arma aponada para as duas.

- Ally, é mais complicado do que você imagina. E se tiver que me dedurar, eu entendo. - Lauren colocou Camila para trás, tomando sua frente

- É isso que seu pai esperava de você, Lauren? É essa polícial que você se tornou?

- Eu sinto muito, Ally, eu posso explicar. – Camila tentou se explicar – É minha culpa.

- Não dê nenhum passo à frente, Karla Cabello. – ela destravou a arma e mirou para Camila.

- Ally, se acalma. Não foi ela quem matou, e nós já conseguimos provar isso.

- Foda-se! Eu não acreditava que minha parceira era uma traidora!

Graças a Deus DJ se manifestou para salvar ambas.

- Você quer uma bebida? - Dinah interrompeu totalmente a conversa

- Eu não bebo.

- Não tem cara não, querida. - e Dinah colocou a cabeça para dentro da porta - Feliishaaaaaaaaa! Trás um mojito geladiiiiiiinho aquiiiiii!

Em pouco menos de dez segundos, uma outra morena de cabelos cacheados voltou com uma bandeja com uma bebida refrescante e saborosa.

Dinah sorriu quando Ally guardou a arma para aceitar a bebida.

- Então querida. Eu não quero saber se você é tira, Camila é o meu bebê, e se tiver que fazer algo com ela, vai ter que fazer comigo primeiro.

Ally fechou e abriu os olhos com a bebida que desceu perfeitamente gelada em sua gargante. Quando tempo não bebia algo tão bom?!

- Ou até mesmo se fizer com a Lauren, porque a Lauren é o bebê do meu bebê. Então o bebê do meu bebê também é meu bebê. Ou então, você pode guardar toda essa pose, me falar o seu nome e sermos amigas.

Ally quase gargalhou e deu um sorriso amigável.

- Meu nome é Allyson, sou parceira dessa louca aí

Lauren riu aliviada, e Camila a abraçou por trás.

- Então, Ally, eu sou a Dinah, conheço a Camila a vida toda, e se até a Lolo acredita que ela é inocente, você não tem ninguém para prender aqui. Mas se quiser ficar fora de expediente e conhecer minha casa. - Dinah deu uma piscadinha

- É, Dinah, eu até que gostei de você.

As quatro riram e entraram na casa.

 

 

__________________________

Dinah e Normani estavam de um lado da pequena hidromassagem, Ally no lado esquerdo, sentada na borda e Camila e Lauren abraçadas.

- E o passeio foi bom?

- Sim. Eu amo meu bebê, mas eu dividi o volante com a Lolo.

- Dividiu o volante? – Normani continuou – Você jamais deixaria alguém dirigir aquele carro.

- Eu precisava descansar. E além do mais-

- Descansar por quê? – Ally

Lauren ficou avermelhada, e escondeu o rosto no cabelo de Camila.

- Aaaaaah. – Normani era a mais discreta e se silenciou. – Entendo.

Ally, a mais lenta não entendeu, e Dinah quando entendeu começou a rir.

- Eu já sabia. Já estava na hora da Camz desencalhar e

- Manchar o banco. . . – Lauren fez a piada e as quatro gargalharam, menos camila

- Lolo! – Camz lhe deu uma bofetada

- Camila mancha tudo, o colchão, o braço do sofá, o banco do carro.

- Que nojo! – Ally fez uma cara estranha

Dinah fez um High five com Lauren, batendo as mãos.

- E vocês estão morando juntas?

- Ela é minha aprisionada. – Lauren mordeu a orelha de Camila

- E ela é o meu lobo mau. – Camila falou de um jeito fofo

- Awwwn – as três fizeram um coro

- Que fofas. – Ally entrou na água de vez – E ela gostou do. . – Lauren fez uma cara feia para Ally calar a boca.

- Gostou do que, Lauren?

- Ah, querida, nada demais, Ally está perguntando do vídeo que eu fiz com a Sofia e sua mãe. –e deu uma piscada para a parceira, disfarçando

- Ah, sim, eu assisto até hoje.

- Awwn, que linda. -  Lauren deu um selinho

- Onde vocês foram passear? – Normani   

- Na montanha.

- Aquela montanha é mágica. – continuou Dinah

- É?! - Lauren perguntou

- Sim. Dizem que as pessoas que atravessam a montanham juntas costumam se apaixonar.

Camila concordou com a cabeça e ficou na frente de Lauren, de modo que a outra a abraçou por trás.

 

____________________

 

Lauren e Camila entraram pela sala de estar de mãos dadas. Somente a sala de Dinah eram maior que toda a casa de Lauren. A casa de DJ era colossal, e o quarto onde entraram não era diferente. C

Camz girou as chaves com um sorriso, empurrando a porta. E por trás da porta, um enorme aposento de tons pasteis com dourado e detalhes em branco. Cortinas douradas, mobília, bichinhos de pelúcia e um piano.

Na frente, tinha uma cama de casal gigante, com os pés para a esquerda, duas mesinhas de cabeceira com abajur e algumas fotos. Do outro lado, contrário, sob uma cortina magnífica, uma porta, dando para uma sacada com vista de filme.

Em um quadro, Camila estavam em sua formatura do colegial, ela usava um bom vestido, saltos altos e uma tiara. Em outra foto ela estava com sua mãe e seu pai, em outro com Sofi no colo.

Para a esquerda, uma pequena entrada para uma suíte. A suíte era branca, uma banheira com regulador térmico, e uma grande bancada com uma infinidade de perfumes e cremes e um espelho com luzes.

- Lolo! Vem logo.

Lauren constatou que estava paralisada, olhando a decoração, e Camila já estava dentro da suíte hà muito tempo.

Tinham duas taças vazias na bancada de mármore do espelho. Camila trouxe uma garrafa de champanhe sabe se lá de onde e serviu às duas.

Entraram na banheira com champanhe, e começaram a se acariciar, uma olhando nos olhos da outra. Se lavaram, entre um beijo e outro, tudo submergido à carinhos e,

- Gosta dessa casa?

- Gosto sim, acho que deve ter custado uma fortuna.

- Nem tudo se resume à dinheiro, Lolo. Eu só perguntei se você gostou da casa.

- Gosto muito.

- Eu moro aqui quando preciso me esconder. Jamais me encontraram.

- Oh. – Lauren se espantou – Eu te prendendo no conforto da minha humilde casa e o seu quarto é maior que minha sala e cozinha juntas.

- Não importa. – Camila lhe deu um selinho.

- Estou me sentindo tão mal de ter te prendido no porão. E você mora num palácio desses.

Camila se limitou a sorrir.

- Antes que você humilhe mais a minha situação financeira, eu tenho que fazer uma coisa. – Lauren alcançou seu casaco e saiu da banheira

Camila correu arás dela, e acabaram dando travesseiradas uma na outra, Camz escorregou e caiu de bunda no chão. (Isso nem acontece né, Camrenzinhas?)

 

Terminaram as duas sob a cama, debaixo de risos. Camila nua e ofegante com um sorriso nos lábios sob aqueles lençóis dourados. Nada poderia estar mais bonito e mais perfeito. Lolo sorriu para a latina, dando um beijo carinhoso em sua testa

- Está faltando algo. – e voltou para o banheiro 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...