História Aprova de balas - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, VIXX
Personagens BamBam, Hongbin, Hyuk, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, JR, Jungkook, Ken, Leo, Mark, N, Personagens Originais, Rap Monster, Ravi, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Bambam, Bts, Drama, Got7, Jaehwan, Jimin, Jungkook, Ken, Romance, Taehyung, Triângulo Amoroso, Vixx
Exibições 7
Palavras 915
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá jovenzinhas (e se tiver, jovenzinhos também). Desculpem a demora, eu não tenho explicação nenhuma para meu atraso. Foi apenas a falta de criatividade se unindo a preguiça, por isso talvez o capítulo não esteja bom, mas bora lá!

Capítulo 7 - O Parque


Fanfic / Fanfiction Aprova de balas - Capítulo 7 - O Parque

A visão era absurda, mas era até engraçada.

- Que raios ta acontecendo aqui????!! - questionei me aproximando do grupo.

Liliane discutia com Jungkook por algum motivo, Ana estava conversando alegremente com Jimin, Hoseok estava arrastando Yu que tentava resistir se agarrando a um poste, e o restante dos membros estava apostando corrida no carrinho de bate-bate atropelando tudo e todos.

- Oh my God - Taehyung tenta segurar o riso ao meu lado.

Bom, eu não tinha nada haver com o restante então fui até Yu e Hoseok. Parei na frente dos dois e cruzei os braços pedindo uma explicação. Hoseok larga o jovem de imediato.

- Eu queria ir na casa de horrores com ele - disse quase como se confesasse um crime.

- Uhum e com isso você ta obrigando o menino? - levanto a sobrancelha séria.

Hoseok apenas vira o rosto um pouco em pânico. Suspiro.

- Okay, Yu você tem medo de lá? - aponto para a atração de terror.

- Não, mas não quero ir com ele - o jovem olha feio Hoseok.

- E com o seu irmãozão? - Taehyung pergunta com um sorriso.

- Muito menos! - Yu revira os olhos e rio com isso.

- Okay, okay - percebo os outros se aproximando de nós - Vamos fazer uma programação então? - proponho e todos aceitam.

Discutimos brevemente sobre em quais brinquedos iriamos e o primeiro escolhido foi a Barca.

Sempre gostei de adrenalina então me sentei na ponta da barca. Os acentos eram de três então na esquerda estava Taehyung e na direita (por algum motivo) Yu.

- Oh - olhei os dois - Parece que tenho dois aventureiros para me acompanhar - brinquei.

- Eu rio na cara do perigo! HAHAHA - declarou Taehyung.

- Ata, você quem sabe - ri - E você Yu?

- Não queria sentar com eles - aponta Yu sem expressão.

Estranhamente Yu tinha uma grande aversão ao grupo e sempre é muito frio com todos, isso me preocupava um pouco.

De repente a barca começa a balançar.

- Vai começar!!! - ouvi o grito de Suga vindo lá da outra ponta da barca.

A atração começou calmamente e depois foi almentando a altitude gradativamente. Todos gritavam e levantavam os braços conforme ela descia.

- Nossa ta até fraquinho - comento.

- Ainda não subiu o suficiente - responde V.

De repente a barca da uma volta inteira e tive a impressão que ia cair do brinquedo. Na mesma hora agarrei o braço dos dois por reflexo e gritei. Os dois começaram a rir das minhas reações quando a barca dava a volta inteira.

- Vamo de novo! - levantei a mão animada depois que tinhamos saido do brinquedo.

- Que? - Yu me olha surpreso.

- Você tava quase morrendo lá - afirma Taehyung segurando o riso.

- Tava nada! Foi legal - minhas bochechas avermelharam.

Depois disso fomos na montanha-russa, e percebo alguem muito nervoso na fila.

- Ora, ora se não é o Hoseok com medo de uma montanha-russa? - levanto as sombracelhas em deboxe.

- Quem? E-eu? Lógico que não. Que absurdo - ele ri sem graça.

- Hmm... Sei - rio.

Finalmente chega a nossa vez, estavamos escolhendo os lugares quando de repente alguém agarra a minha mão e me puxa para a primeira fileira dos carros, era Yu. Eu meio confusa não contestei, o segui e sentamos juntos. Olhei em volta para confirmar os lugares dos outros e abri um sorriso. Mesmo havendo pouco tempo que tinhamos nos conhecido eu já havia criado vários shippings na minha cabeça. O cérebro de uma retardada poderia ser assustador as vezes...

- Então... - ouço Yu iniciar uma conversa e me viro pra ele - A quanto tempo você conhece o meu irmão? - ele pergunta de forma que parecia não estar interessado.

- Não muito. Uma semana e alguns dias - digo tentando calcular.

- Eh? Só isso? - ele pareceu surpreso.

- Er... Sim - respondi confusa - Por que?

- Ah, nada não... O que você acha desse dorama? - ele muda de assunto.

Começamos uma conversa animada e nem percebemos os carrinhos andarem. Já estavamos no topo da montanha de trilhos quando agarrei o braço de Yu.

- An? O que foi?

- Vai descer! - gritei quando senti o carrinho tremendo.

De repente descemos com tudo a grande montanha. Todos nós gritamos e rimos uns dos outros a montanha era inclusa com vários loops, subidas e decidas. Foi realmente emocionante.

- Ai meu Deus sinto que vou morrer - Liliane se senta num banco exausta.

- Vamo de novo? - Lorena pergunta.

- Não! - responderam todos em unissono.

- Gente eu quero ir na casa de horrores! - Ana sugere e por impulso olho pra Yu.

- Desde que eu não vá com eles, eu vou - disse ele.

Okay, ele queria ir comigo. Tudo bem eu sobrevivo.

Entramos em duplas, senti uma leve vibração negativa de Taehyung, mas ignorei. Eu prometi que ia ajudar o Yu então vou cumprir.

Mas acho que realmente odeio lugares como esses, eu sempre tento parecer durona e corajosa, mas esse tipo de coisa esponha toda essa minha fraquesa.

- Você ta bem? - ele me pergunta.

- O que? To - tento responder o mais normal possivel para parecer corajosa.

- Humm - ele pareceu desconfiado.

Menino esperto... Sinto que esse menino um dia vai arrancar cada um dos meus segredos sem dó.

A cada segundo eu tomava um susto, amas abafava meus gritos deixando escapar apenas alguns gemidos tremedeiras, nada muito chamativo, não quero me passar como fraca, mas...

De repente sinto uma mão no meu ombro e sinto um arrepio sinistro percorrer minha espinha. Aquilo não era normal e sinto que dessa vez eu ia me ferrar muito.


Notas Finais


Yui: Hey, hey, hey, hey!

Elena: Me ferrei...

Liliane: O que eu to fazendo aqui? Odeio parques!

Yui: Calma Liliane, sua vez vai chegar!

Liliane: Vez de que?

Yui: Ah num sei....

Liliane: VEZ DE QUE? O que você ta tramando??!

Yui: Ahauhauahahau! Nada...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...