História Aquatic - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias 50 Tons de Cinza, Justin Bieber
Personagens Justin Bieber
Exibições 51
Palavras 1.217
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


*Relações homossexuais*

Capítulo 12 - ONZE - Brasil


''Eu achei que tinha sido machucado antes
                 Mas ninguém nunca me deixou tão dolorido
            Suas palavras fizeram um corte mais profundo que uma faca
      Agora, preciso que alguém me sopre a vida.''

Brasil, 1° dia, 07:13 A.M

Capitão Bieber POV's

Estamos no Brasil, na cidade maravilhosa, Rio de Janeiro é mesmo incrível, é a primeira vez que visito o País. Como de costume eu espero todos os tripulantes descerem na cidade para que eu possa descer também. Vesti uma camiseta simples, e uma bermuda, quero vistar a praia. Não tive uma boa noite de sono, pensei em Faith durante toda a noite, ela naquele vestido, eu com aquela garota que eu nem sequer lembro o nome e que insistiu para que eu fodesse ele mas eu não quis. Eu não sou um homem romântico, não faço amor, eu meto com força, mas por que fui diferente com ela? Nós até saímos juntos. As vezes sinto que ela me tem nas mãos mas então volto ao meu eu, volto a ser o homem que sou, bruto, sem remorsos. 

''Você me tem nas mãos
Não sabe o tamanho do seu poder
Eu me posto como um gigante
Mas caio perto de você

Você me mostra uma porta aberta
Pra depois bate-lá na minha cara
Eu não aguento mais isso 
Eu estou pedindo querida
Tenha misericórdia de mim.''

Eu imaginei que quando chegasse a praia encontraria Faith com Mason, e foi o esperado. ela estava com um biquíni minúsculo, Mason sem camisa, ela brincava com ele mas olhava pra mim, eu sei que ela me provoca e eu gosto, mas posso fazer pior. Vi Alysha outra vez, a garota do jantar, ela se insinua pra mim como uma vadia mas eu vou usá-la para afetar Faith. Eu me sentei com ela na areia e tirei minha camiseta, mostrando todas as minhas tatuagens, ela me beijou, e eu não neguei mas olhava pra Faith o tempo todo e via todo o ódio em seus olhos.

''Vá com calma com meu coração
Mesmo que não seja sua intenção me machucar
Você está sempre acabando comigo

Por favor, tenha misericórdia.''

Faith se levantou para ir ao mar, Mason olhava pra bunda dela como se nunca tivesse visto uma antes, eu acho que está na hora de dar um sustinho nele. Enquanto planejo o que fazer Alysha não para de passar a mão em mim, me irritei e fui embora, não sei o que vou fazer com Mason mas espero que depois disso ele jamais toque nela outra vez.

''Eu dirigiria a noite toda
Só pra estar ao seu lado
Meu coração já está acostumado
Me diga que não estou louco
Não estou pedindo muito,
Apenas que você seja honesta comigo
Meu orgulho é tudo que tenho.''

Minha ida a praia não foi agradável, e Faith não estava com os outros passageiros em nenhum dos pontos turísticos. Imaginei que ela poderia estar na cabine e decidi ir com ela, preciso dela comigo. 

O navio estava quieto, desci até a cabine dela e ouvi barulhos, imaginei que ela estaria lá, mas quando abri a porta a cena não foi umas das mais agradáveis, Faith estava chupando outra garota.

''Consumindo todo o ar dos meus pulmões
Arrancando a pele dos meus ossos
Estou preparado para sacrificar minha vida

Faria isso duas vezes sem pensar.''

Faith Spilberg POV's

Depois que sai do mar, Justin tinha ido embora, eu disse pra Mason que eu não me sentia bem e precisava ir, coloquei um shorts jeans e uma blusa larga por cimado biquíni, mas na verdade eu queria achar uma garota, queria saber como era com uma garota, pra não pensar tanto nele.

''Nós ficamos atrás de portas fechadas
Toda vez que te vejo morro um pouco mais
Momentos roubados que roubamos de volta
Assim que as cortinas caem
Nunca será o bastante.''

Eu andei pela cidade, mas ninguém me interessava, mas tinha uma garota, ela estava sentada em um ponto de ônibus lendo um livro que eu não saberia dizer qual, quando eu disse oi, ela respondeu na minha língua, então conversamos muito, sobre tantos assuntos, ela me contou de sua ex namorada, era ela, Gabriela. Ela topou ir comigo ao navio.

Eu não sabia o que fazer quando e ela percebeu, então ela me beijou, começou tão devagar e foi ficando mais rápido e quando me dei conta estávamos na cama, ela tirou a minha blusa e a dela, depois tiramos os shorts, ela continuou me beijando mas desceu suas mãos pelo meu corpo e em frações de segundos eu senti seus dedos escorregando pra dentro de mim, e foi incrível, ela parou o beijo e parou de mexer os dedos, começou a descer a boca pelo meu corpo e me fez gemer quando me chupou, eu fiz o mesmo mas ouvi a porta abrir, Justin olhou boquiaberto, ela ficou envergonhada e se cobriu.

Capitão Bieber POV's

Eu não sei como reagir a não ser olhar, não sabia  o que dizer ou pensar, e fiquei assim por um minuto, Faith cochichou algo no ouvido da garota que não pude ouvir, então ela me chamou, e disse que o nome da menina era Gabriela. todo homem já sonhou em transar com duas garotas. 

Foi a tarde mais incrível que já tive, Gabriela já tinha indo embora mas Faith estava comigo na minha cabine, ela me contou como conheceu Gabriela, e como foram parar na cabine, ela parecia feliz, satisfeita, e eu também. Mas mesmo assim eu via que o olhar dela estava diferente, ela está triste e eu não sei o que fazer para melhorar.

''É obvio que você foi feito pra mim
Cada pedaço seu se encaixa perfeitamente em mim
Cada segundo, cada pesamento
Estou entregue profundamente
Mas nunca demonstrarei

Nós sabemos disso
Temos um amor sem esperança

Porque você não pode me abraçar na rua?
Porque não posso te beijar na pista de dança?
Eu queria que pudesse ser assim
Por que não podemos ser assim?
Já que eu sou sua.''

Eu a puxei pra um beijo, mas não um daqueles que temos, foi lento, minhas mãos ficaram na cintura dela o tempo todo, eu pensei em Mason e em o que fazer com ele mas desisti, eu estou entregue neste momento, e espero que quando o beijo acabar, essa rendição acabe também. 

''Eu achei que tinha sido machucado antes
Mas ninguém nunca me deixou tão dolorido
Suas palavras fizeram um corte mais fundo que uma faca

Agora, preciso que alguém me sopre a vida
Sinto que estou afundando

Mas sairei desta vivo
Se eu parar de te chamar de amor

E superar
Você observa enquanto em sangro até parar de respirar
Estou tremendo, caindo de joelhos
E agora que estou sem seus beijos
Eu vou precisar de pontos
Estou tropeçando pelos cantos
Estou dolorido, preciso de ajuda.''

Não falei com Faith durante o resto da viagem ao Brasil, ela não visitou toda a cidade, sequer saiu da cabine, tem algo errado com ela e tem algo errado comigo, eu não posso cair outra vez, o amor é estúpido, idiota, machuca e mata. E eu não amo, trouxe Alysha pra cabine e fiz com ela tudo que eu sempre fiz, fodi, bati e descartei. Está na hora de me resgatar.

por favor, tenha misericórdia de mim
 




 


 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...