História Aquela garota diferente - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 29
Palavras 301
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Vou continuar escrevendo... Até não ter mais idéias.

Capítulo 3 - Capítulo 3


Ruth começou a faltar na escola, o que deixou as pessoas desconfiadas...

Um dia ela chegou em casa, e recebeu uma carta anônima, nela dizia; "eu sei que foi você que matou a Sara, a Lívia, o João, o Victor, a Vitória e o Paulo... Fique calma, não vou te dedurar"

Ruth ficou intrigada com aquela carta, mas guardou ela em um lugar onde ninguém acharia.

Ela tinha 14 e tinha que trabalhar, pelo menos era em uma cafeteria, e recebia uma quantia de dinheiro aceitável. 

Pena que em seu emprego existia uma garota pela qual Ruth era apaixonada(seu nome era Katherine), e um garoto que gostava de Katherine... 

"Talvez eu esteja um pouco drogada hoje, não fiz nenhum plano, porque já quero ver seus sangues saindo?" 

Ruth estava realmente drogada, mas isso não mudou seu instinto assassino era apenas sangue adicionado a maconha que ela havia roubado de João.

Como ela mataria Katherine e seu amor secreto num lugar tão movimentado?

Ela simplesmente não havia me dito.

Fazia um mês que ela tinha matado seus pais, e nessa data tão especial, decidiu ir a um pequeno restaurante. 

Em um mês 13 mortes, algumas se pessoas aleatória que só servirá para matar a porra da sede por sangue de Ruth, outras eram pessoas amadas.

Ruth se sentia realmente sozinha, então encontrou um gato, preto, como carvão. Colocou seu nome de Satan, apenas por diversão.

Ela sabia que esse gato seria uma ótima companhia.

Uma semana passou, e os assassinatos continuaram, a tortura. Mas de uma forma diferente... Aquele gato, toda vez acompanhava a Ruth, para todos os lados, presenciava cenas de ossos quebrados, cortes extensos que jorravam sangue, dedos sendo jantados, enfim, ele sempre estava com ela, porém, uma coisa me intrigava, aquele gato lembia o sangue que ficava na pele da Ruth... Ou seja, eles eram amantes da morte.


Notas Finais


Pequeno? Tá!
Mas fazê uq?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...