História Aquela garota diferente - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 18
Palavras 377
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Esse capítulo vai falar um pouco do escritor da história da Ruth...

Capítulo 5 - Capítulo 5


Bom, como ainda não me apresentei, aqui vou eu;

Sou o irmão da Ruth e quem escreveu as 7 cartas, embora que vocês não sabiam que iria ter essa quantidade, mas vai... Apenas aguardem .

Eu tenho 15 anos, sou um ano mais velho que ela, quando eu completei 1 ano e 20 dias minha mãe deu a luz a Ruth. Minha mãe me abandonou, e a Ruth não sabe da minha existência... Embora eu saiba a da dela, ela tem a coragem de fazer o que eu sempre quis fazer, mas me controlo.

O Satan era meu gato, na verdade dos nossos pais, mas Satan foi expulso de casa comigo, fomos morar com a nossa tia.

Aposto que você não esperava que eu fosse o irmão dela, talvez um namorado, ex, amigo, mas nunca imaginaria que eu fosse irmão dela não é mesmo?!

Ruth nasceu com muitos problemas mentais, e eu desenvolvi depressão... 

Eu não tinha coragem de ir falar com a minha maninha. Então escrevi as cartas, achava incrível o que ela fazia, assassinatos e torturas são divertidos de se observar, por isso a sigo. 

Ruth trabalha num emprego meio merda, mas dá para sustenta-la. 

Eu sempre pensei no momento em que nos encontrássemos, ela era minha ídola... até que... até que... Bom, eu te prometo que irei cobrar o que ela fez, mas não aguarde em pé, você pode cansar.

Sobre o poema, como ela me entregou? Ela deveria ter descoberto depois da última carta, com os meus enigmas.

Eu vivi apenas uma semana com a minha irmã, e ela sempre apresentou um comportamento diferente... Meus pais não aceitavam ter uma filha "desgraçada" como a Ruth. 

Mas eu prometi que iria falar sobre m não é mesmo?!

Ok, voltando...

Onde eu parei? 

Ahhh certo.

Nossa tia era um pouco maluca sabe? Outra esquizofrênica na minha vida ...

Ela via espíritos e essas coisas, tive que ajudá-la a tentar sair dessa... Então fui procurar sobre isso na internet e acabei achando uma notícia, 13 desaparecidos em uma semana.

Acabei descobrindo que meus pais também haviam desaparecido, então fui até minha irmã, mas não tive coragem de falar com ela, decidi mandar o Satan para ficar com ela, para cuidar dela.

Ela precisava de alguém, e eu sou mto tímido sabe?! Apesar dela ser minha irmã, tenho medo dela.


Notas Finais


Tentei fazer maior...
Deu? Não
Porque? Porque tem que escrever a 3° carta...
Mas enfim...
Espero que tenham gostado. Bjsss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...