História Aquela noite.... - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Happy, Jellal Fernandes, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Lector, Levy McGarden, Loki, Lucy Heartfilia, Mavis Vermilion, Michelle Lobster, Minerva Orland, Natsu Dragneel, Rogue Cheney, Sting Eucliffe, Yukino Aguria, Zeref
Exibições 215
Palavras 1.204
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Hentai, Mistério, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Self Inserction, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá pessoal! Em primeiro lugar, eu quero pedir desculpas pela demora, é que minhas provas terminaram hoje, e minha professora fez o imenso favor de passar uma atividade bosta para a próxima aula, que no caso é quinta, eu ainda nem terminei, mas resolvi escrever primeiro e depois fazer, mas Não se preocupem, eu não tenho aula amanhã... (tem horas que me arrependo de estar no nono ano com 13 anos).
Bom, sem mais delongas, eu espero que gostem do capítulo, se não gostarem de alguma coisa podem me falar, eu estarei à disposição para consertar, Ok?

Capítulo 11 - Jantar... -Parte 2


Fanfic / Fanfiction Aquela noite.... - Capítulo 11 - Jantar... -Parte 2

- Zeref! -virei-me para obersevar meu irmão, ele não tinha mudado nada, continuava com aquela cara de 16 anos, aqueles cabelos negros e olhos escuros, ele era como a figura masculina da Myuuki. Eles sempre foram muito parecidos, em tudo. 

- Que saudades cabeça de fósforo! -ele veio em minha direção pra me abraçar, mas eu o impedi colocando minha mão na sua cara. Odeio melações. Mas acabei me rendendo...

- Também senti sua falta jovenzinho! -devolvi o insulto, Zeref odiava ser chamado de jovenzinho, afinal ele era dois anos mais velho que eu.

- Como é bom ver meus moleques juntos de novo! -falou meu pai, fingindo limpar uma lágrima, e se juntando ao abraço. 

- Essa é sua namorada maninho? -perguntou-me com um olhar malicioso apontando para a loira do meu lado, Zeref era irritante pra caralho quando queria. Sorte que a Lucy não escutou, pois conversava animadamente com meu pai sobre algum assunto que eu não tinha interesse, e logo saíram para a cozinha nos deixando à sós. 

- Não. Por acaso não se lembra daquela loira que examinou aquele dia? 

- Lembro. E pelo que me lembro também, você salvou ela, e deu-lhe sua casa.

- Eu Não dei minha casa pra ela!

- Mas vocês moram juntos Natsu... e isso não é uma coisa normal.

- Enfim, isso não interessa, ela trabalha na Dragon 's comigo. Mas, cadê a SUA namorada? 

- Ah, ela deve estar no meu quarto, vamos lá, quero que conheça ela. -disse indo em direção ao andar de cima, eu apenas o segui.

- Eu tenho dó da sua namorada, porque sério, tem que ser muito foda pra te suportar! -falei rindo, e recebendo um tapa na cabeça, mas logicamente eu revidei, e ele sabe que eu sou mais forte que ele.

- Natsu, essa é a Mavis. Mavis, esse é o Natsu! -disse me mostrando uma... criança? Ela era bem menor que a Lucy, talvez menor que a Levy! Seu cabelo era enorme e loiro, chegava à passar suas coxas.

- Prazer Natsu! O Zeref falou muito de você! -disse me estendendo a mão com um sorriso gentil.

- Prazer! Espero que ele tenha falado bem... -falei vendo os dois sorrirem.

- VENHAM JANTAR PIRRALHOS! -escutamos meu pai berrar lá de baixo e descemos.

Eu estava logo atrás do meu irmão, então perguntei: 

- Maninho, pedofilia é crime sabia? Namorar uma criança? É sério? -logo ele me olhou com uma cara reprovadora e respondeu: 

- Natsu, ela tem 22 anos.

- Como é que é?? Essa, essa ameba loirinha ai, é mais velha que eu? Sem querer ofender! 

- Não me chame de ameba, gelatina rosa! -dessa vez a própria se manifestou em sua defesa. E pelo jeito essa ai só é pequena de tamanho mesmo. 

- Sim Natsu, ela tem 22 anos, e trabalha como minha secretária no hospital. -completou meu irmão. 

- Vejo que já se conheceram não é mesmo? -disse meu pai se referindo à mim e à ameba. -ela não é uma graça Natsu? 

- Uhum! -disse com uma gota na cabeça com medo de ser agredido pela baixinha que me encarava com um sorriso, mas no fundo, eu sei que ela estava planejando várias formas de me esquartejar!

- Lucy, essa é a Mavis, namorada do Zeref, e Mavis essa é a Lucy, namorada do Natsu! -apresentou as duas soltando uma gargalhada ao ver que eu e a Lucy estávamos corados.


    ~~~~~~~~~~~《》~~~~~~~~~~~

Depois de comermos a comida maravilhosa do meu pai, que nem sempre cozinha já que não tem tempo, só quando estavamos com ele, resolvemos rever a casa e mostrar para as meninas. Aquele lugar era maior que eu pensava... o jardim continuará muito bem cuidado, os cômodos e objetos muito bem conservados, as roupas da mamãe que não haviam sido doadas continuavam em perfeito estado...

- Vejo que o senhor continua zelando muito por essa casa pai. -disse meu irmão algo que eu queria perguntar, mas acabei me perdendo em pensamentos. 

- Essa casa é muito importante pra mim, e sei que pra vocês também, assim como era pra sua mãe. Não poderia simplesmente largar de qualquer jeito. -disse enquanto olhava para o imenso jardim à sua frente.

- Ai não acredito! Aqui tem tulipas, turquesas, rosas, girassóis! Isso é um sonho! -escutei a Lucy falando e quando olho em direção à sua voz, lá estava ela, admirando todas as espécies de plantas presentes naquele espaço.

- Ela parece a mamãe, quando ia cuidar das flores. -a frase que eu disse sem perceber acabou chamando a atenção de todos ali, inclusive da loira, que me olhou espantada, assim como os outros.

- Realmente! -disse meu irmão sorrindo, quebrando aquele silêncio e aquela atenção que havia se voltado pra mim, oque me fez agradecer imensamente por isso.

- Vejo que entende muito de flores srta. Heartfilia. -Falou o meu pai se girigindo até a mesma. 

- A minha mãe era apaixonada por flores, então ela me falava muito sobre todas elas. Acebi pegando gosto. -soltou aquele sorriso que só ela tem. - E pode me chamar só de Lucy, Sr. Igneel.

- Ok. E sem o Sr. Por favor, me sinto velho assim. -pediu divertidamente.

- Mas você é! -disse o encarando com cara de deboche.

- Olha aqui moleque, você me respeita! 

- Nee, Igneel-san... -disse a baixinha loira chamando atenção de todos, menos do meu irmão que já estava com ela.

- Sim querida? -respondeu carinhosamente.

- Essas plantas todas aqui são curandeiras, certo? -continuou.

- Sério? Não sabia.

- Bom, são ótimas plantas que podem ser usadas para o preparo de chás ou remédios caseiros, e muitas vezes são bem melhores que aqueles que compramos em farmácias. 

- Isso mesmo minha baixinha! -disse meio bob- irmão dando um beijo em sua namorada.

- Vocês realmente combinam... dois nerds jovenzinhos! -dessa vez foi minha vez de falar soltando uma gargalhada em seguida e recebendo um tapa da ameba loira.


      ~~~~~~~~~~~《》~~~~~~~~~~

Agora estávamos no andar de cima mostrando os quartos para as garotas, estavam exatamente como antes. Quando fomos no meu quarto, as duas se surpreenderam, afinal era totalmente diferente do que aparentava. Tinham mangás para todo lado, gibis, action figures, posters de bandas, e era bem organizado. Eu havia me mudado pro meu apartamento não tem tanto tempo, e quando fiz isso já estava trabalhando, então nunca tive tempo de organizar meu quarto do jeito que eu gosto de novo, mas pretendo. 

Já estávamos preparando pra ir embora, então eu decidi que iria levar algumas coisas pra minha casa.

- Lucy, espere só uns vinte minutos que eu já volto, Ok? -disse subindo as escadas enquanto ela esperava no sofá.

- Ok.

  LUCY ON

A casa dos Dragneel's era simplesmente incrível! Era bem organizada, decorada, muito bem cuidada.

Eles se davam muito bem, a namorada do Zeref é incrível, ela parece uma bonequinha, ele também nem de longe parece ser mais velho que o Natsu.

E eu nem preciso falar que a cada dia amo mais ainda meu sog- chefe!! 

Fui interrompida dos meus pensamentos (Graças à Deus) ao ouvir que alguém se aproximava, ao me virar me deparei com aqueles olhos negros me observando seriamente. 

- Lucy... posso falar com você? 


Notas Finais


Então pessoal, oque acharam do capítulo? No próximo haverá revelações fortes! Se preparem.
Gente, sobre a voz do Zeref se parecer com a da mãe dele, não estranhem, é que quer dizer que é uma voz mais suave, mais calma.
Lucy! Já pensando no futuro!
Natsu debochado!
Espero que tenham gostado, agora vou fazer meus deveres, até a próxima! 😊😘☺


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...