História Aquela noite.... - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Happy, Igneel, Jellal Fernandes, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Layla Heartfilia, Lector, Levy McGarden, Loki, Lucy Heartfilia, Mavis Vermilion, Michelle Lobster, Mikuni Shin, Minerva Orland, Nashi Dragneel, Natsu Dragneel, Rogue Cheney, Sting Eucliffe, Virgo, Yukino Aguria, Zeref
Exibições 418
Palavras 1.457
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Hentai, Mistério, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Self Inserction, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Pessoal!! Eu espero muito que gostem desse capítulo, pq eu escrevi com muito carinho, e eu estava muito ansiosa pra escrever ele, então eu espero que gostem! 🤗😘❤

Capítulo 12 - Passado... -Parte 1


Fanfic / Fanfiction Aquela noite.... - Capítulo 12 - Passado... -Parte 1

- Lucy... posso falar com você?

- Ah, claro Zeref. Sobre oque quer falar? 

- Sobre o Natsu. 

- Natsu? -eu já estava começando a ficar apreensiva.

- Sim. É que já que você se tornou uma pessoa tão próxima à ele, eu acho que você deveria saber mais sobre ele. -Ok, eu estava muito apreensiva. Por que o Zeref quer falar sobre o Natsu? Oque ele quer falar? 

- Saber oque?

- Ele não te contou sobre isso. E se depender dele ele não vai contar tão cedo. Ele não gosta de falar sobre isso.

 FLASHBACK ON

- Natsu! -chamou o Moreno chamando atenção do rosado que olhava as fotos de sua mãe espalhadas pelo quarto de seu pai

- Hum? -resmungou o rosado sem tirar os olhos dos objetos.

- Você não contou pra ela né? -ao soltar essa pergunta, ele provavelmente entendeu e pela primeira vez ali encarou seu irmão, os dois permaneciam com olhares sérios. 

- Ela não precisa saber disso Zeref. Já passou não passou?

- Você confia nela, não confia?

- Confio. Mas isso não quer dizer que eu tenha que dizer pra ela oque eu passei. -o moreno nada mais disse, apenas se retirou deixando um rosado pensativo ali. Ele deveria contar pra ela?

Zeref se lembrava da conversa que tivera com seu irmão. Ele provavelmente ficaria bravo com ele por contar isso, mas ela tinha que saber.

FLASHBACK OFF 

- Lucy...

- Sim? -eu esperava ansiosamente pra que ele continuasse, oque eu tanto tinha que saber sobre o Natsu? 

- À oito anos atrás, quando a Myuuki morreu, o Natsu entrou em depressão. Eu fiquei triste também, mas eu sempre consegui aceitar as coisas mais rápido que o Natsu. Eu nunca superei a morte da nossa mãe, afinal ela é a coisa que eu mais amei e mais vou amar desse mundo. O Natsu não quis ir no velório, nem no enterro, ele dizia que ela iria voltar, e que se fizéssemos isso ela não voltaria. Passou-se uma semana e ele ainda permanecia trancado no quarto, não saia pra nada. O Gray e a Erza tentavam anima-lo, mas não adiantava. Isso aconteceu no final do ano, por isso o Natsu nunca gostou muito de festas de ano novo, pra ele perdeu o sentido. Quando o ano começou, ele foi pra escola, nunca tirava notas ruins, mas não se aproximava de ninguém, sempre que ele podia estava sozinho. Mas, a Erza e o Gray, nunca desistiram dele, tentavam sempre trazê-lo de volta. Antes disso tudo acontecer, ele era super animado, se preocupava com todo mundo, era extrovertido e gostava de estar no meio de várias pessoas. -esse não era ele! Não agora! -ele nunca nos decepcionou na escola, sempre tirava ótimas notas como eu disse. Afinal, a Myuuki sempre nos cobrava isso, acho que ele pensava nisso como uma forma de agrada-lá, seja lá onde ela estivesse. Depois de três anos, ele conheceu a Sarah, sua ex-namorada, ela era perfeita, aos olhos dele, eu e o Igneel nunca gostamos dela, nem os amigos dele, nessa época ele já conhecia o Jellal e os outros. Mas, a Sarah fez ele melhorar da depressão. Ele saia, se divertia, via pessoas, de importava com elas. Até que um dia, quando eles foram numa festa, ela se afastou dele, e quando ele foi procurá- la, ele encontrou ela se agarrando com outro. De acordo com ele, ela traía ele durante os dois anos que eles namoraram, depois disso ele entrou em depressão de novo, só que dessa vez, ele não ficou trancado nem nada, apenas parou de se importar com tudo e com todos, nada deixava ele triste, nada abalava ele. De acordo com o psicólogo, isso é um distúrbio que o cérebro pode desenvolver como consequência da depressão, é como se a pessoa não se importasse com o sentimento dos outros. Depois de tudo isso, a primeira e única pessoa que ele ajudou, e se importou de verdade foi você. Você está ajudando muito meu irmão Lucy, por isso eu achei que deveria saber a diferença que fez na vida dele. Eu e meu pai concordamos em te contar, e em te agradecer. Somos muito gratos também aos amigos dele, tenho certeza que se não fosse por eles o Natsu estaria bem pior, afinal quando ele teve a segunda crise, foi graças à eles que ele seguiu em frente.

Enquanto ele me contava tudo aquilo, eu apenas ouvia atenciosamente, eu nunca imaginei que ele tivesse passado por tudo isso.

 - Lucy? Tudo bem? -me despertei dos meus pensamentos ao ouvir Zeref me chamando, e quando eu percebi já havia uma lágrima escorrendo pelo meu rosto. Limpei rapidamente e me levante.

- Sim, eu estou bem. Muito Obrigado por me contar isso Zeref. -disse, e quando percebi ele já estava me abraçando, provavelmente porque viu que eu estava prestes à chorar, ou porque pra ele também não era fácil falar sobre isso. -eu vou ao banheiro, já volto. -falei me retirando enquanto ele ia em direção à Mavis, que em todo momento esteve ali na porta. 

Assim que cheguei no banheiro eu não aguentei, eu desabei. Eu já tinha passado por muitas coisas também, mas eu sempre tentei ser forte, e quando minha mãe morreu, graças à minha empregada eu superei, e logo eu pude me ver livre daquela casa, e daquele sofrimento. Mas e ele? Qual a sensação de se sentir preso dentro se si mesmo? Qual a sensação de não sentir mais nada por outras pessoas? Qual a sensação de esperar por uma coisa que nunca mais voltará? Quando Layla morreu, eu fiquei muito mal por meses, mas eu aceitei que ela nunca mais voltaria. E porque justo eu, o fiz mudar? Ele ainda é um mistério, mas eu vou desvenda-lo!

Lavei meu rosto, passei um gloos e um pouco de pó para disfarçar a vermelhidão no meu rosto, afinal, não queria que ninguém percebesse que eu havia chorado. O Natsu já deve estar esperando. Hoje eu irei descobrir tudo!

     ~~~~~~~~~~~《》~~~~~~~~~~~
  AUTORA ON 

Já estavam em casa à uns cinco minutos, ela já havia subido para o seu quarto, ele permanecia no sofá assistindo algum desenho aleatório. Sua atenção foi tomada quando ela desceu e ficou parada em frente à escada o encarando.

- Oque foi Luce? Tem algo te incomodando? -perguntou o rosado.

- Natsu... -chamou o mesmo fazendo-a encarar com um olhar curioso -você sempre foi assim? Fechado? 

Ele suspirou, e deu espaço para que a mesma se sentasse ao seu lado no sofá. - Ele te contou não foi? -ao perguntar isso, ela arregalou os olhos e depois abaixou a cabeça assistindo. 

- Mas não fica bravo com ele. Eu entendo o por que dele ter me contado, e vou me sentir culpada de vocês gritarem -pediu, agora o encarando.

- Não vou brigar com ele... Isso só significa que ele confia em você.

- Como assim? 

- O Zeref odeia mais do que eu falar sobre isso. Ele se sente culpado pelo oque aconteceu. De acordo com ele, ele poderia ter me dado mais apoio, ou ter me avisado sobre a Sarah. Por isso, é muito dolorido pra ele falar isso pra alguém. E se ele te contou, mesmo eu pedindo que ele não fizesse isso, é porque ele confia em você. Ele sempre foi muito cauteloso em relação às pessoas. -explicou com seu olhar baixo. 

- Se não quiser falar sobre isso, tudo bem eu vou entender. 

- Não. Tudo bem. Eu quero falar. -disse suspirando. Com esse ato, a loira apenas agarrou a mão do rosado, como se passasse confiança pra ele. - Bom, tudo que ele disse realmente aconteceu, eu entrei em depressão aos 12 anos, quando completei 15 eu conheci a Sarah, depois descobri que era corno, ela disse que eu nunca mais seria amado, e que a culpa da morte da Myuuki era minha. Também disse, que ninguém nunca se importaria comigo de verdade, e que eu era fraco por fazer isso pelas pessoas. Eu sabia que tuso aquilo era mentira. A Myuuki morreu por causa do câncer, meus amigos e minha família se importam comigo, e eu não me torno fraco por me importar com as pessoas

- Mas, e o tal distúrbio que impede você que sinta alguma coisa por outras pessoas? -nesse momento o rosado olhou-a nos olhos e disse:

- Eu nunca deixei de me importar com ninguém, mas por um gomo tempo acreditei no que ela disse, até conhecer você e perceber que estava sendo fraco por tentar esconder meus sentimentos. Você me curou totalmente Lucy! Muito Obrigado! -nesse momento, os dois selaram um beijo calmo e apaixonante, e quando o ar faltou, se abraçaram, e assim permaneceram até a loira quebrar o silêncio. 

- Eu também quero confiar em você. Então me escute, Ok? 



Notas Finais


Gente! Sério! Desde o início da fanfic eu estou planejando esses capítulos onde eles se abrem um pro outro. Desde o início eu já tinha planejado o passado do Natsu.
Oque acharam? Ficou bom? Eu gostei bastante. Inclusive foi um capítulo grande, mas foi o mais rápido que eu escrevi até agora porque já estava tudo formulado.
Espero que tenham gostado, e sobre a história da Lucy, eu vou contar no próximo capítulo, Ok? E Não sei quando ele ira sair, acho que só mais tarde! Bye! 🤗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...