História Aquele Crush que não me nota - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Festa, Romance
Visualizações 13
Palavras 793
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oioie gente como prometido lá vai mais um capítulo pra vcs espero q amem e vamos lá

Capítulo 23 - Nostalgia confirmada


​* Reh on

​Depois de ficar um pouco perplexa com essa mensagem, mas depoia de um tempo entrei na pizzaria que estava bem cheia, dei oi para todos...(super quebra de tempo, só pra resumir a Carla foi a q mais comeu como sempre) ​Depois das pizzas acabarem, pedimos 4, sabores diferentes, pessoas diferentes, a maioria foi embora já que n tinha motivo pra ficarmos, a cada pessoa q ia embora vai q ia ficando o Tyler e a Carla, mas a Carla já foi indo quando percebeu o clima

-Vou deixar o casalzinho sozinho- desde a época da escola Carla apoiava a gente, claro eu era vidrada nele

Depois q ela saiu ficou um gelo entre a gente, mas n demorou muito para ele falar

-Quer q eu te leve pra casa?

-Pode ser

Saimos andando porta a fora, n demorava muito para chegar em casa, só precisávamos passar por um parque q me lembrava muito um parque q eu ia na minha época de colégio, ainda queria muito ir rever esse parque q passou muitas histórias comigo, a maioria vivida dentro dele seria bom ir la revê-lo, será q ele arranjou novas histórias sempre vividas por pessoas tão aleatórias, e as vezes rio de mim mesma por lembrar q um dia já fui uma dessas pessoas aleatórias, começava a rir do nada lembrando daquele parque e Tyler olhava pra minha cara como se fosse louca

-Pq está rindo?

-Lembranças

-Lembra da gente?

Meu sorriso desaparecia do meu rosto, mas como n lembrar, se quando eu lembro do parque lembro dele ou do Zac... Zac! Esqueci de responder ele, mas n ia pegar meu celular agora, estávamos passando num bairro tão escuro q parece ter sido esquecido pela humanidade, e o escuro ajuda muito o roubo sem contar o descuido das vitimas, acabei denovo nos meus pensamentos e agora sobro assaltos pensava em todas as maneiras de alguém me assaltar

-Ñ vai me responder?

-A desculpa, tava perdida nos meus pensamentos

-Sempre foi assim, desde a época de escola

-Mas qual foi sua pergunta mesmo?

-AH sim, vc disse q estava se lembrando do passado e eu queria saber se era se vc estava se lembrando da gente...

-Como n lembrar neh o passado faz o presente e o presente o futuro, sem o passado n somos oq somos hoje por isso digo n podemos viver do passado, mas aprender e conviver com ele

-Nossa q poeta kkk, bom saber, mas lembranças boas ou ruins

-Todas, ruins e boas, sempre mescladas, nosso passado eh confuso Tyler n podemos negar mas seiq seremos bons amigos correto?- era obvio no rosto dele q ele queria ouvir outra coisa mas eu n podia mentir, principalmente pra ele

-Correto, amigona kkk- rimos muito e quando vi já tínhamos saído daquele bairro sinistro e estávamos entrando no nosso bairro

Chegando na frente de prédio me despedindo de Tyler com um abraço q ele aceitou até bem demais

-Foi muito bom te rever-eu falava, parecia q saia tão naturalmente

-Bom? Bom ñ maravilhoso, vc n sabe o quanto sentia sua falta ou de quantos momentos precisava das suas dicas

Rimos um pouco e nossos celulares tocavam ao mesmo tempo, pegamos o wifi dos nossos prédios, recebia mensagens dos  meus grupos, do Zac,da Carla perguntando do Tyler. Quando terminei de verificar as mensagens olhei pro Tyler ele estava espantado com oq olhava no celular, fiquei curiosa

-Nossa pq tanto espanto querido?- estava com um sorriso, tava me sentindo bem por me acertar com o Tyler, mas n ia durar muito esse sorriso logo ele desapareceu quando o Tyler levantou o celular e o colocou na minha frente, coloquei a mão na boca, no celular tinha a foto do Zac beijando uma menina q n me era estranha e a foto era bem visível, e em baixo tinha uma legenda ''Já te esqueci queridinho, pode ficar com quem tu quiser''- Quem eh ela?

-Uma ex ficantes minha, faz um tempo q tinha parado com, desde q eu entrei na trupi de teatro dizendo q eu ia pegar geral... Vc ta bem?

-Bem eu n to neh, mas to relix- já n me importava mais, por algu motivo quando estava com o Tyler eu sentia q nada me atingia, nada mesmo- tchau amanha tenho q acordar cedo- o mais estranho era q eu n me sentia ruim

-Tem certeza q vai ficar bem

-Se acha oq q eu vou tentar me matar por um peguete, me poupe

Me despedi pela segunda vez, entrei no meu prédio, subi, entrei em casa, tomei banho, escovei os dentes, me troquei e fui dormir sobre uma super tranquilidade, naquela noite tinha sonhado com aquele parque, aquele parque q guarda os segredos e vivencias da minha juventude


Notas Finais


Então pessoas espero q tenham gostado e até o próximo capitulo
E mais uma, fiquem ligados q essa semana ainda lanço uma nova fanfic e só pra dar uma ajudinha pra vcs vai ser um romance.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...