História Aquele Garoto - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Exibições 29
Palavras 1.185
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Fantasia, Ficção, Josei, Lemon, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


GENTE ME PERDOA PELA DEMORA, JURO QUE NÃO FIZ DE PROPÓSITO, EU QUERIA TER POSTADO ANTES MAS NÃO CONSEGUI ! Enfim, desculpa mesmo

Capítulo 7 - O pedido e a consequência


Fanfic / Fanfiction Aquele Garoto - Capítulo 7 - O pedido e a consequência


  Theo sentiu o abraço e ficou meio sem reação, ele nao sabia por que mas algo naquele abraço tocou ele de algum jeito mas ele preferia esconder isso. O loiro somente retribuiu o abraço, deixando Stiles aconchegado no seus fortes braços enquanto se acalmava, então sem aviso algum, Theo falou : 
          – Eu sempre estarei lá ! 
          
          Após algum tempo abraçados ali, no silêncio da noite, Theo dormiu com Stiles protegido em seus braços. Após algum tempo naquela posição Theo se movimentou e Stiles acordou, o garoto olhou para o seu mais novo protetor e deu um sorriso tão sincero e carinhoso que Theo retribuiu. Algo na quimera havia mudado, ele sabia disso mas não queria aceitar, não queria estar apaixonado, não queria se apaixonar nunca, principalmente por um humano. Theo acariciou o rosto de Stiles e por um momento tudo estava perfeito, até Stiles fazer o pedido : 
          – Theo... Eu quero aprender ! – O loiro o olhou diretamente nos olhos sem entender, então Stiles continuou – Me ensina a controlar o Nogitsune ! 
          Theo ficou completamente sem reação com aquele pedido, ele finalmente havia conseguido conquistar Stiles a esse ponto, fazer Stiles querer libertar o Nogitsune, finalmente ele teria o poder que sempre quis, mas ele sabia,– bem lá no fundo – que ele ia acabar fazendo besteira por causa disso. Theo olhou para Stiles e o abraçou fortemente, em seguida respondeu com outra pergunta : 
          – Eu ajudo, mas o que te fez mudar de ideia ? – Stiles suspirou e olhou para Theo com uma ponta de tristeza no olhar. 
          – Você... O bando... Tudo ! Eu cansei de ser o inútil, o único sem poderes, o único que precisa ser protegido, o único que vale a vida dos outros mas não consegue salvar seus próprios amigos de si mesmo...  – Uma lágrima escorreu pelas bochechas de Stiles. – Eu quero voltar a me sentir poderoso, quero voltar a me sentir potente, sem precisar de ninguém pra me proteger ! 
          Theo sentiu um desejo muito forte de proteger Stiles, mas seu desejo de poder ainda era maior, ele não queria ver Stiles machucado mas também sabia que se isso não acontecesse ele não teria o poder que sempre quis. A quimera limpou a lágrima que escorria pelo rosto do humano e levantou com um sorriso no rosto. 
          – Então... Vamos treinar ! 
          
          Stiles retribuiu o sorriso e Theo de repente estendeu sua mão para o garoto que olhou para a mesma e a tocou, em seguida a puxou fazendo Theo cair novamente na cama onde Stiles o prendeu entre as pernas, deu um sorriso e falou no ouvido do loiro : 
           –Bem... Eu tenho uma ideia melhor! 
          Theo fez cócegas em Stiles e o fez rir para se soltar, logo se atirou na cama e puxou o menor para cima de si e o beijou com carinho, ele precisava fazer Stiles acreditar que realmente tinha alguém que gostava dele daquele jeito, porém ele estava fazendo isso tão bem que mal percebia que estava se apaixonando aos poucos também e transformando o que era falsidade, em uma coisa verdadeira e forte. Os dois ficaram naquela cama brincando e trocando carinhos por um longo tempo, até que Stiles decidiu levantar e ir com Theo até o mais fundo da floresta, um lugar onde Stiles não conhecia, era tão escuro e tão sombrio que somente de estar naquele local Stiles tinha calafrios que amenizavam quando ele percebia que Theo estava ali o protegendo. Eles caminharam durante mais alguns minutos até que chegaram em uma cabana abandonada, parecia toda destruída e queimada, o que fez Stiles lembrar da casa dos Hale e logicamente em Derek também, porém tudo o que ele pensava quando Derek aparecia em sua mente era raiva e nojo, ele só queria ficar ali com sua nova paixão, Theo. O loiro chegou na porta da casa abandonada e finalmente deu aquele sorriso maldoso que era típico de um vilão, em seguida chamou Stiles com um aceno fazendo o garoto ir até ele com um sorriso. 
          – Então... Como você sabe que vai funcionar ? – Perguntou Stiles com receio.
          – Apenas confie em mim... Eu sei o que estou fazendo ! – Falou Theo com uma leve mudança no tom de voz. – Bom... Como você sabe, o Nogitsune se alimenta de medo, dor, sofrimento e... Morte ! – Ele fez uma pausa olhando para a cara de assustado do garoto que agora parecia estar com medo de ter pedido ajuda – Então primeiro você vai precisar aprender a controlar seus sentimentos, assim terá ele na palma da mão. 
          Stiles não sabia como Theo tinha tanto conhecimento no Nogitsune, na verdade ele fazia uma ideia, afinal Theo já havia confessado que foi para Beacon Hills por causa do assassinato dos pais e também por causa do próprio Nogitsune, por simples desejo de poder. Porém Stiles estava tão loucamente apaixonado por Theo que não percebeu que aquilo era mais um truque, que ele era apenas um fantoche que precisava ser colocado de lado para que o verdadeiro artista aparecesse, e esse artista era obviamente o Nogitsune. Então sem demora, Theo começou com tudo : 
          – Stiles, vamos começar com alguns xingamentos... Você precisa aprender a reagir a certos sentimentos. Controlar eles para controlar o Nogitsune, então vamos lá... – Theo fez uma pausa antes de continuar. – Stiles você é tão ridículo e ingênuo que qualquer um se aproveita de você e você deixa ! Você é um besta ! Garoto ridículo e fraco, o dispensável do grupo... Você acha que se você sumir agora, alguém vai se importar por mais que alguns dias ? Idiota ! Se finge de inteligente pra mascarar o quão dispensável você é, troca sua inteligência por amizades ! Você acha que o Derek poderia te amar ? Você acha que ele iria amar de verdade um idiota como você ? Ninguém ama você Stiles ! Você está fadado a acabar sozinho !
          
Stiles
          Stiles estava completamente em estado de choque com aquela situação, mesmo sabendo que aquilo era só um treino aquilo o machucava, aquilo o deixava tão impotente, e Theo... Theo fazia aquilo parecer tão verdadeiro, como se quisesse mesmo falar aquilo. Aquelas palavras tão ruins e tao fortes estavam fazendo efeito, lá no fundo da mente de Stiles o Nogitsune já reinava com suas palavras de ódio e incentivo, parecia estar funcionando um pouco. Stiles tentava lutar contra aquele sentimento de dor e ódio que estava sentindo por conta daquelas palavras que Theo continuava a largar como balas de uma metralhadora, acertando Stiles com tudo. Era tão difícil de controlar, Stiles queria socar Theo, queria fazer ele engolir aquelas palavras da forma mais dolorosa possível.... Não ! Aquele não era Stiles, era o Nogitsune começando a aparecer, a tomar poder das escolhas, desejos e de todo o corpo de Stiles. O garoto, agora possuído, olhou para Theo de um jeito tão frio e sinistro que a floresta fria e sombria em volta deles pareceu ser um lugar lindo e cheio de coisas boas, e de algum jeito, Stiles conseguiu perceber Theo estremecendo ao ver aquilo. 

          – Então você quer treinar, Theo ? Vamos treinar então ! 
 


Notas Finais


Gente eu juro que já to escrevendo o próximo capítulo e que não vou demorar, me perdoaaaa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...