História Aqui nos céus - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Tags Chanbaek
Exibições 33
Palavras 889
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente, o cap de hoje vai sair curto pq to meio doentinha ;-;
Boa leitura
Amo vcs szsz

Capítulo 10 - Milagrosamente II


Fanfic / Fanfiction Aqui nos céus - Capítulo 10 - Milagrosamente II

- O QUÊ? COMO ISS.. - antes de completar a frase, ela gritou outros médicos e alguns outros enfermeiros que me expulsaram da sala. Como pode isso? Byun Baekhyun.. ressuscitou ou foi um erro médico? Seja o que for, se ele estiver vivo mesmo, eu fico feliz. Porque eu posso dizer tudo o que eu havia dito enquanto ele estava... ''morto''. 

Sehun 

Estava frio e nevoento lá fora. O cenário triste de um assassinato presente em nossos olhares, como um flashback de momentos ruins. Abraçava Luhan delicadamente e seus cabelos se enroscavam no meu rosto. Eu acho isso realmente muito fofo. 
Fico me perguntando: como será que ele conseguiu dormir? Tudo está tão tenso e ele dorme. Típico do Luhan. Soltei-o dos meus braços e fui ver as horas. Eram exatamente 3:01 da madrugada. Quem diria, ainda estava muito cedo, mas um enorme nó de arrependimento desceu pela minha garganta. Eu deveria estar com Chanyeol agora, o consolando, mas é a vida. Ela nos surpreende com o destino. 

Levantei da cama e me assustei quando Luhan puxou meu braço dizendo com a voz sonolenta:

- Ei.. Onde você vai?

- Já acordou? Você tem o sono leve demais. 

- Eu sei - ele olhou em volta - Os meninos não chegaram?

- Ainda não, acho que as coisas estão puxadas por lá. 

- Que pena - ele sorriu, mas depois voltou com a expressão neutra - Não sai, fica aqui comigo. 

- Mas eu tenho que esperar os garo...

- Por favor - ele me interrompeu - Nunca mais ficamos juntos. Não me faça esperar por outro dia assim, Sehun. 

- Okay, eu fico. - deitei novamente e me virei ao seu lado - Pode dormir. 

- Eu perdi o sono. 

- Mas você estava dormindo igual a um anjinho. 

- Estava, agora não estou mais - ele sorriu e subiu em cima do meu membro. 

- L-Luhan, sai daí. Você sabe que não é uma boa hora, as coisas estão tensas e..

- Calado - ele me interrompeu novamente deslizou a mão pelo meu abdômen.

- M-Mas.. 

Ele abaixou minha calça e logo em seguida, minha cueca. Eu estava nervoso e meio argumentativo na minha mente. Por que diabos Luhan queria fazer sexo numa situação dessas?
Vi que não tinha escolha e prossegui. 

Luhan fazia movimentações em meu membro da forma mais excitante possível, até que eu eretei de vez. Ele abriu um enorme sorriso malicioso e passou a língua sobre o mesmo. Meus gemidos ecoavam pelo quarto até o corredor, fazendo ele acelerar ainda mais a velocidade da língua. 

- Agora está na hora de você me satisfazer.  - ele disse desafiador. 

Sorri e o deixei de quatro sobre a cama. Não me importei com preliminares, pois ele já estava excitando o bastante. O penetrei lentamente e depois aumentei as estocadas. Chegamos ao ápice juntos limpamos nossos sêmens que foram liberados no lençol da cama. 

[...] 

Chanyeol 

Estava sentado no corredor da sala em que Baek estava. Pensamentos corriam pela minha mente. Passaram-se alguns minutos e aquela enfermeira que me atendeu foi até mim com os olhos cheios d'água e me disse com a voz embargada: 

- E-Ele.. Ele está vivo.

- Mesmo? - Disse quase chorando junto com ela. 

- Sim - os outros médicos que também estavam quase chorando nos interrompeu dizendo isso em coro - A cirurgia não foi com sucesso. Não demos muitos pontos na cabeça porque o ferimento não era tão grave, mas ele perdeu muito sangue. Ele morreu, eu tenho certeza disso. Mas agora.. ele apareceu vivo, isso é um milagre. - ele sorriu e deu um sinal para que os outros funcionários se retirassem dali - Vá ir vê-lo, ele procura por você, Park Chanyeol. 

Eu não acreditei no que ouvi, realmente era um milagre. Entrei na sala derrubando os medicamentos de tanta pressa para conversar com ele. Ele estava deitado com a cabeça virada para o lado. Me aproximei perto dele e quando ele me viu, seus olhinhos brilharam e um enorme sorriso se formou em seu rosto. 

- Chany! 

- Baek! - o abracei mais que tudo e comecei a chorar. Senti seu corpo em uma temperatura quente, e não gélida como antes. Entrelacei meus dedos em sua cabelo e encostei nossas bochechas. - Eu senti a sua falta. Eu não sei como continuaria sem você. Quando soube da notícia que você tinha morrido, eu fiquei muito triste. Não havia nada que eu poderia fazer por você naquele momento, pois você tinha ido embora. Você é importante pra mim, muito. Me desculpe se eu não valorizei você da forma certa como deve ser, é que eu realmente só dou valor quando perco. - deixei uma lágrima cair. 

- Chany, não precisa se desculpar. Eu te amo, muito.  - ele dizia com a voz falha e cansada. - eu preciso descansar. Vá para casa e durma lá, eu quero que você descanse... 

- Mas eu preciso ficar aqui com você.. 

- Vá, por favor

- Okay, eu vou então. Mas antes

- Fale, Chany.

- Eu te amo, muito. 

- Eu também te amo, muito. 

E foi ali, naquela sala onde ele estava internado que aconteceu o beijo mais caloroso de todos. Sem nenhuma interrupção. Só nós dois. 

E foi ali que

Aconteceu o melhor beijo da minha vida. 

 

 


Notas Finais


Gostaram? Espero que sim ^^
Até o próximo cap
Beijinhos de queijo o/ s2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...