História Are you my friend?,, Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook
Tags Bts, Hentai, Imagine, Jeon Jungkook
Exibições 655
Palavras 1.531
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Lemon, Orange
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


hey!, essa é minha primeira Imagine Hot, então provavelmente vai ficar muito ruim e desculpem qualquer erro aí e..., é isso, boa leitura :3

Capítulo 1 - ㅡ Capítulo Único ㅡ


Fanfic / Fanfiction Are you my friend?,, Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 1 - ㅡ Capítulo Único ㅡ

Meu nome é Luna, tenho 18 anos, e eu não tenho nada pra contar sobre minha vida, porque ela é um CU.

Estou viajando pra Coréia, sem nada de mais. Quando eu chegar lá eu vou ficar durante 1 semana na casa de meu melhor amigo de infância, Jeon Jungkook.

Somos amigos de infância desde o pré, porém de anos diferentes.

Eu sempre dividia meu lanche com ele e vice-versa. Nós éramos amigos, tipo amigos MESMO, ninguém separava a gente.

Ele é mais velho que eu por 2 anos, mas sua idade mental é como se fosse de uma criança de 7 anos, mas eu não sei como ele está agora, por quê não conversamos há um tempão.

Bom, eu estou no aeroporto nesse exato momento esperando ele dar aquela famosa iniciativa de me buscar, mas até agora NADA.

Tínhamos combinado de que iríamos gritar "BULTAOREUNE" no meio do aeroporto, juntos, e eu estava esperando aquele momento único.

Fiquei esperando-o até às 5:00 PM, e eu tinha chegado lá pelas 3:00, 2:00 da tarde.

Após comprar uma bebida, sentei no banco e fiquei mexendo no meu celular. De repente sinto uma cutucada em meu ombro.

Conto de 1 à 3 nos dedos e grito sozinha:

- BULTAOREUNE!

Levanto e olho pra ele.

- Porra!, por que você não falou junto? - pergunto.

- Não interessa, vamos pra casa. - ele responde rude pegando minha mala.

Caminho com ele até o carro e coloco minha mala na parte de trás do carro, sento na frente com "perninha de índio".

- Vamos? - pergunta ele fechando a porta colocando o cinto.

- Ya. - afirmo com a cabeça.

- Então senta direito e põe o cinto.

Eu fiquei pensando: "nossa cara, o que eu te fiz? Você tem vagina agora pra estar de TPM? Abriu o pote de sorvete e encontrou feijão?". Mas o mistério fica no ar, fazer o quê...

Enfim, pus o cinto, coloquei minhas pernas no lugar e fiquei calada durante o caminho inteiro.

Chegamos na casa dele e puxei a alça de minha mala para tirar do carro, mas ele me impediu.

- Eu levo. - diz ele pegando a mala, abrindo a porta da casa.

Apenas entrei na casa tirei meus sapatos e sentei no sofá.

- Hey, você pode sentar aqui? - pergunto batendo no sofá mostrando o lugar pra ele sentar.

- Ya. - afirma.

Sento em perna de índio e olho pra ele.

- O que está acontecendo? - pergunto virando um pouco meu rosto.

- Como assim "o que está acontecendo"?

- Você não tá mais divertido como antes, parece que esqueceu da nossa amizade completamente. Seu comportamento, ele... ele mudou! Você não era assim...

- *respira* você realmente não entende?

- Não, por isso que estou perguntando, se eu soubesse eu não teria perguntado.

- Depois de todos esses anos de amizade você nunca percebeu que eu queria algo a mais com você? - engole seco. - Eu nunca quis ser seu amigo, eu queria ser mais, não quis apenas uma amizade colorida. - olhando para mim.

Fico quieta e abaixo minha cabeça.

- *ele segura em meu queixo levantando-o* ouça, eu realmente estou feliz por estar aqui comigo, mas, eu nunca disse isso pra você por que eu não queria que... que... a nossa amizade acabasse. Eu fiz isso pelo nosso bem. - ele diz gaguejando um pouco.

- E-eu,... desculpa. - digo sentindo seu dedo limpando minhas lágrimas. - Eu nunca parei pra pensar sobre...

Antes que eu terminasse de falar ele me beija. Um beijo quente, lento. Separamos nossos lábios pela falta de ar.

- Quer ser minha namorada? - pergunta.

Afirmo com a cabeça sorrindo de canto mostrando minha covinha.

- Quer fazer essa chegada ficar mais "interessante"?

- Como por exemplo? - levanto uma sobrancelha e abaixo a outra.

- Hmm, maratona de filmes? - pergunta.

- Ok, sem problemas.

- Vamos para meu quarto, é mais confortável.

Sigo ele até seu quarto e vejo as fotos penduradas na parede enquanto ele procura filmes na Netflix para assistirmos.

- Vamos assistir que tipo?

- Pode ser esse aqui, de terror. - aponto para a televisão ao mesmo tempo sentando na cama.

- Ok. - ele aperta "ok" no controle e deita na cama.

- Eu vou colocar meu pijama, depois eu volto.

- Não demore!, senão vou começar sem você! - ele grita.

Vou até minha mala pegar meu pijama, e caminho até o banheiro.

Consciência: Será que eu coloco sutiã?... Nah, vou não.

Saio do banheiro e subo rapidinho antes que o filme comece.

Chego no quarto, sento na cama e ele me puxa para sentar em seu colo.

Depois do filme acabar, sinto um volume atrás de mim.

- ... desculpa. - ele fala uma coisa depois termina a frase com "desculpa", eu não estava entendendo, estava sonolenta. - Não consigo impedir que isso aconteça te vendo com esse pijama justo com seus seios incobertos.

Após 2 minutos o garotinho tímido, virou do avesso. Me olhando com uma cara maliciosa, me beijando.

Ele tira meu pijama, me encontrando apenas de calcinha.

- Gostei da idéia. - digo tirando sua blusa arranhando seu abdômen com minhas unhas.

Tiro toda a sua roupa vendo-o apenas de cueca, com a sua ereção dominando o lugar por inteiro.

Aperto seu pênis fazendo com que ele geme.

- Você gosta disso Jeon Jungkook? - digo apertando ainda mais. - Me responda, senão vai ser pior pra ti. Você gosta?

- U-uhum. - ele diz me beijando colocando minha mão dentro de sua cueca literalmente molhada. - Está sentindo? Você me provocou, e agora terá que arrumar um jeito de pôr isso no lugar.

Empurro ele para se deitar na cama e subo em seu colo, fazendo o contato de minha intimidade com seu membro. Rebolo fazendo-o morder os lábios de prazer e revirar os olhos.

Repito o processo várias vezes e assim vou explorando mais, rebolando para todos os lados.

Tiro sua cueca lentamente fazendo um olhar sedutor vendo seu membro saltar, duro.

Pego-o e o masturbo, depois o abocanho fazendo movimentos de cima para baixo.

- O-oh Luna, tão... perfeita. - ele diz virando sua cabeça para todos os lados, mordendo seu lábio inferior.

Continuo e continuo, sentindo um líquido ocupar totalmente minha boca, lambendo a cabeça e depois engolindo-o inteiro.

- A-aah, h-hmm. - ele geme pausadamente enquanto aperta o lençol com suas veias saltando.

Faço o processo novamente e depois lambo minha boca sorrindo maliciosa para ele.

Ele me pega e me beija loucamente, me colocando na posição de baixo e ele em cima tirando minha calcinha velozmente.

Ele começa dando beijos de minha boca, com um trajeto do pescoço para meus seios, massageando-os.

Fico gemendo formando melodia para os ouvidos de Jungkook.

- Agora é minha vez. - ele diz.

P.O.V Jungkook

Começo beijando e massageando seus seios, ambos duros. Depois, distribuo beijos pela sua barriga sequinha até sua intimidade, supostamente molhada.

- Você me enlouquece. - digo enfiando apenas um dedo. - Quero que gema meu nome, para que todos saibam que você é minha.

Ela geme, me fazendo aumentar a velocidade e adicionando mais um dedo.

- O-oh Jungkook, mais... u-um!

Coloco mais um dedo, dessa vez acelerando mais, até ela gozar. Chupo meus dedos apreciando o gosto dela.

- Docinha...

Abocanho sua intimidade, fazendo variados movimentos com a língua, movimentos circulares, pra frente, pros lados, pra tudo que é lugar.

- Jungkook... m-me... - antes que ela terminasse de falar a frase penetro meu pênis nela. - O-oh, Jungkook!

Nós gememos juntos. Minhas forças estavam começando a ficarem fracas, mas seus gemidos a fortaleciam fazendo com que minha estocadas ficassem mais fortes e fundas.

- L-Luna, e-eu... - continuo penetrando mais forte e mais rápido fazendo com que ela grite meu nome num tom de prazer. - E-eu vou...

- Continua! - penetro meu membro já latejando querendo ejacular, mas eu persisto.

- JUNGKOOK-AH! - ela se desmancha e eu faço umas 5 últimas estocadas mas dessa vez fracas, gozando nela.

- J-Jungkook, e-eu... te amo. - ela diz gaguejando ofegante na cama, sorrindo para mim.

- Eu digo o mesmo, Luna. - digo bagunçando seus cabelos.

Levanto um pouco tonto da cama e levo ela até o banheiro para poder se lavar, mas provavelmente ela não conseguiria nem ficar de pé, então eu teria que ajudá-la.

Lavo todas as partes do seu corpo e aproveito e lavo o meu. Ela fica abraçada no meu corpo e fica fazendo desenhos aleatórios no box enquanto eu pego uma toalha.

Coloco seu pijama e ponho ela na cama, exausta, com seus cabelos úmidos.

- Da próxima vez vai ter que dormir de sutiã. - digo abrindo a gaveta pegando um lençol/cobertor.

- Sendo assim, acho que prefiro dormir sem. - ela ri um pouco, quase fechando os olhos de cansaço.

- Ok, se é assim... Não sou responsável pelos seus atos. - cubro-a com o lençol e depois deposito um beijo em sua testa. - Boa noite, little moon.

- Boa noite Jeon. - ela adormece com um leve sorriso de canto enquanto faço um cafuné.


Notas Finais


hellous, espero que tenham gostado (ou não) da Imagine, que deve ter ficado um CU, mas é isso e obrigada! :D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...