História Are you ready - Kim Taehyung Imagine - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Alien, Bangtan Boys, Bts, Fanfic, Fanfiction, Hoseok, Imagine, Jeon Jungkook, J-hope, Jimin, Jungkook, Kim Taehyung, Kook, Min Yoongi, Namjoon, Park Jimin, Suga, Tae, Taehyung, Yoongi
Exibições 100
Palavras 1.234
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Esporte, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oe oe
Aqui ta mais um cap
Esse aq mecheu mt cmg
♡♡ boa leitura

Capítulo 26 - Jantar de despedida do Jungkook


Fanfic / Fanfiction Are you ready - Kim Taehyung Imagine - Capítulo 26 - Jantar de despedida do Jungkook

-Eu não queria que as coisas terminassem assim...-Taehyung falou em um tom triste, estava deitada em seu peito.
-Como assim?
-O Jungkook se mudando, isso é muito triste...
-Isso vai ser melhor para ele...-Senti uma lágrima escorrer. Tae levantou minha cabeça delicadamente.
-Tá tudo bem se você quiser falar com ele e se despedir...
Amanhã Jungkook realmente ia deixar a Coréia. Mas eu não queria vê-lo, preferia que fosse sem eu ver mesmo...
-Eu não preciso dele. Eu tenho você.-O abraceu forte.
-_____...-disse abatido.
O beijei profundamente, colocou a mão dos meus cabelos, penteando com os dedos.
-Está tudo bem, eu juro...-Sorri forçadamente.

Vestimos nossas roupas, abrimos a porta e fomos até o jardim da escola, que era cheio de árvores e uma trilha de flores. Tae entrelaçou sua mão na minha e me olhou sorrindo.
-O que foi bobinho?-Perguntei.
-Nada... é que... eu só estou feliz por ter uma namorada tão maravilhosa.
-Whoa... você é tão meloso!-Bati em seu braço.
-Maravilhosa naquele sentido ______...-Mordeu os lábios, corei e ri.
-Aaaaaaaah! Haha. Então eu sou só maravilhosa no sexo né? Ok, achei que fosse também como pessoa.-Falei com birra, de propósito. Para o deixar preocupado cruzei meus braços e fechei a cara.
-Não, não. Querida você é perfeita.-Me abraçou de frente eu ainda de braços cruzados.
-Hum... sei.
Vi se virar e trazer consigo uma flor e colocar em meu cabelo.
-Você é perfeita!-Me levantou, me deixando em seu colo.-Perfeita, perfeita. Você precisa acreditar no que eu te falo.
-Aaah, eu acredito, me solta!-Ri enquanto o mesmo me girava. Logo me colocou no chão novamente.
Selou nosso lábios em um beijo demorado e me olhou nos olhos.
-Você é louco!
Sorriu de canto.
-Louco por você, amor.
O abracei levemente, apoiando minha cabeça em seu peito, conseguia sentir o seu perfume.
-Eu te amo...-disse.
-É, eu também... muito...

_Quebra de tempo_

Aquela tarde foi maravilhosa, Tae me mostrou um lado romântico dele que eu nunca tinha visto antes.
-_______...-Me chamou enquanto andávamos de mãos dadas pelos corredores da escola.
-O que foi?
Senti meu celular vibrar, tirei do bolso do casaco e atendi.
-Alô?
-______, é você?
-Sim, Senhor Jeon?
Taehyung me olhou como se quisesse saber o que o pai do Jungkook queria.
-Eu mesma querida...
-Ah... o que houve tio?-Senti um silêncio na outra linha.
-Como você sabe, o Jungkook vai ir para o Japão amanhã...-Ouvi soluços de choros que logo depois foram abafados.-E... eu quero saber se você pode vir visitá-lo hoje...
-Senhor Jeon eu...
-Por favor _______, você e o Kook sempre foram tão juntos. Eu vejo muita necessidade sua de fazer isso... É o mínimo.
"é o MÍNIMO..." sim, o mínimo que eu poderia fazer era me despedir dele, já que o certo que eu deveria fazer era retribuir aqueles sentimentos e fazê-lo desistir, mas isso seria impossível.
-Tá... eu vou....-Desliguei o telefone.
-O que foi?-Tae perguntou.
-O Senhor Jeon me pediu para ir à sua casa em despedida ao Jungkook.
-E você vai?
-Eu não queria......
-Você precisa, vou deixá-la ir.-Foi andando, mas eu corri e segurei o seu pulso.
-Você vai comigo...
-______....
-Por favor Taehyung.-Vi ele suspirar.
-Ok...

Assim que chegamos na casa dos Jeon, apertei a campainha. Eu estava com uma saia florida e um moletom cinza. Taehyung usava o mesmo moletom e uma calça rasgada. A preocupação veio à tona. Esperava muito que não fosse Jungkook a atender.
Vi a porta abrir. Me aliviei ao ver que era o senhor Jeon que estava na minha frente, olhou meio sem graça para o Taehyung. Entramos, pediu para sentarmos no sofá.
-Eu convidei os colegas do colégio e seus pais também.
Me dei de cara com minha mãe e meu pai na cozinha. Os meninos desciam as escadas.
-Como ele está?
-Na mesma...-Namjoon disse. O que aquilo significava.
Vi meus pais se aproximarem de mim e o Tae.
-Tudo bem? Você deve ser Kim Taehyung.-Meu pai falou.
-Ah.. sim senhor.-Cumprimentou-o com as mãos, sem graça.
-Filha... precisamos conversar.-Minha mãe disse me puxando mais pro lado.
-Pode falar omma
-Eu sei que você sabe por que o Jungkook está indo embora...
-Omma eu realmente não quero falar sobre isso.-Abaixei minha cabeça. Ouvi meu pai perguntar sobre Tae, que esporte ele fazia e tal. Mas sentia uma certa indiferença da sua parte, por conta do Taehyung ser meu namorado, e não o Jungkook como todos esperavam. 

Tanto o pai dele como o meu eram próximos e ambos se sentiam decepcionados com tudo aquilo. Só em ver suas expressões para mim sabia o que estavam pensando. Pedi para minha mãe não me fazer questionamentos e voltei para o lado do Tae. Vi Yoongi se aproximar e me curvei.
-Olá Sunbae.
-Já disse que não sou seu sunbae.-Riu.
-Mas eu te respeito muito...-sorri. Se sentou do meu lado.
-Você parece tão tranquila.
-É nem parece que vai deixar o Jungkook ir embora.-Jimin falou em um tom de voz muito alto. Arregalei os olhos para ele.
-Dá um tempo Jimin-Jin o repreendeu.
-Desculpa ______...
-Tudo bem.
Apoiei minha cabeça no ombro do Taehyung e fechei meus olhos. Todas aquelas pessoas falando do Kook e eu me perguntando o que era aquele "na mesma" que Namjoon disse. Tudo isso me deixava muito triste, senti uma lágrima escorrer, rapidamente abri meus olhos para enxugá-las.
-Eu vou no banheiro- me levantei e subi as escadas, entrando no cômodo e molhei meu rosto. Olhei para o espelho e vi uma sombra se aproximando no corredor no corredor. Pisquei tentando fazer com que minha visão ficasse mais clara. Vi seu corpo parado, era Jungkook. Que olhava para minha direção mas não especificamente para mim, ele se afastou. Senti vontade de chorar novamente mas tentie me segurar. Fui atrás dele no corredor, naquele momento pensei em segurar seu braço. Pensei em depois disso o que eu diria.
"Você está bem?", "Você vai se divertir muito no Japão", "Obrigada por me convidar para sua despedida... de qualquer forma..."
Mas tudo era horrível, só iriam piorar a situação.
Ele desceu as escadas, fui em direção à sala um pouco atrás.
Todos nos olharam sem graça e eu me sentei ao lado do Tae, apoiando minha cabeça em seu ombro.
-Estou feliz que todos estão aqui reunidos-O pai do Jungkook disse-Nosso querido Jeon fez uma decisão muito importante para sua vida: Ir para o Japão. E o que devemos fazer é apoiá-lo nessa nova fase da sua vida. Por isso vamos matar logo a saudade hoje.-Vi um brilho nos seus olhos como se estiver prestes a chorar-E celebrar.
Todos nós brindamos sobre essa nova "etapa" da vida  dele. Vi meu pai conversando com o pai do Jungkook, os dois estavam entrentidos, vi eles olharem para Taehyung e desmanchar o sorriso mas logo meu Pai riu quebrando o gelo e voltando a conversar algo.
As pessoas abraçavam Jungkook, as velhinhas faziam filas para conversar com ele enquanto perguntavam quais eram os objetivos dele, onde ele ia estudar e etc.
-Eu pretendo conhecer a cultura, estudar lá por um tempo e talvez me formar.
Jungkook olhou para mim, em breves segundos, abaixei minha cabeça sem graça.
Eu estava pronta para dar um adeus a ele.
Me levantei e fui em sua direção, ele viu que se aproximou, o abracei de leve e logo soltei.
-Boa Viagem!-Abaixei a cabeça e fui até o meu lugar.
-______!-Me virei para ver o que foi.-Obrigada!-Sorriu sincero.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...