História Are you really real?-Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Personagens Originais, V
Tags Insinuação De Bullyng, Jungkook, Romance, Você
Visualizações 72
Palavras 773
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Heterossexualidade, Mutilação, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 18 - Confusões no coração de Jeon Jungkook


Fanfic / Fanfiction Are you really real?-Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 18 - Confusões no coração de Jeon Jungkook

No dia seguinte, todos levantaram bem cedo, havia ocorrido um imprevisto no instituto, um cano perto da biblioteca tinha estourado e estava alagando o local. Jungkook acordou bastante confuso, o sonho que teve havia sido bastante estranho. Ele tinha sonhado que Isabele era sua namorada, e os dois eram muito felizes juntos.  

Jeon não queria adimitir mas aquele sonho havia mexido com ele. Para o mesmo, seu coração só tinha uma dona, S/n. Mas pelo que parece seu cérebro só pensa em Isabele, o que tinha acontecido com ele? Antes ele tinha certeza que gostava de S/n, mas agora…

— Hey, cara. O que ouve com você? - A voz de V invadiu seus ouvidos, fazendo o mesmo virar o rosto em direção do amigo. 

— Só estou confuso em relação a uma coisa - desviou o olhar para a janela do ônibus.

— Se quiser compartilhar, eu estou aqui.

— Quando chegarmos eu digo pra tu.

— Ok.


       ~ Quebra tempo ~ 


Logo ao chegar no instituto, Taehyung diz que vai falar com Isabele. Kook assente e continua indo em direção ao seu dormitório, se jogando em sua cama, agradecendo mentalmente por finalmente estar em casa. Um desconforto apareceu, fazendo com que ele se levantasse. 

— Oxe, o que é isto? - perguntou o garoto levantando o travesseiro no qual estava deitado.  

Seus olhos se arregalaram ao ver tamanha coisa, era uma carta. Um sorriso lhe escapou dos lábios, e sem perder mais tempo abriu a mesma. 

 

  " Querido Jeon

Estive ai no instituto ontem, porém você não estava, descobri que tinha ido para um acampamento, espero que tenha se divertido muito, e sorrido bastante, pois adoro quando tu sorri. Eu quero muito te ver, sinto muita falta dos teus abraços quentinhos e apertados. Quero poder dançar contigo outra vez, e acho que você já percebeu que não escondo o quanto eu gosto de você, sabe me sinto envergonhada do que lhe vou dizer mas… quero muito sentir teus lábios nos meus novamente. Aigo, isso é embaraçoso para mim, mas eu acho que estou completamente apaixonada por você. Não sei se você sente o mesmo por mim, mas torso para que sua resposta seja que sim. 


De uma garota apaixonada, para o garoto que lhe faz sorrir.

                                     S/n."


Seus olhos estavam arregalados, sua mente não estava processando no que havia acabado de ler. Ela tinha se confessado para ele, mas justo agora que seu coração estava confuso? 

Ele releu novamente a carta, a abraçando fortemente. Ele olhou para a janela de seu quarto coberta ainda pela cortina e se aproximou da mesma, abrindo um pouco a cortina. Olhou aquele jardim já florido, e imaginou S/n, o esperando ali e ele correndo para abraça-la, e poder sentir aquele cheiro delicioso de amaciante que só ela tem.

Deu sua última olhada para fora da janela e suspirou se distanciando da mesma. Deitou-se na cama, já não sabendo o que fazer. Após minutos tentando decifrar seu coração, acabou dormindo.

(…)

Seus olhos abriram rapidamente quando sentiu ser balançado. Olhou para a pessoa que fizeste despertar de seu sono e viu que não era ninguém menos que seu melhor amigo, V.

— V? O que está fazendo? Por que me acordou? - cossou os olhos. 

— Precisamos conversar. 

— Sobre? - perguntou confuso. 

— Você está gostando da Isabele? - falou rápido. 

— E-eu o que? Quem te falou isso? - o encarou confuso.

— Você. 

— Eu? Como assim?

— Você ficou repetindo o nome dela enquanto dormia e não foi só hoje.  

— Eu não gosto da Isabele do geito que você pensa. Eu acho… - sussurrou a última parte

— Então por que ficou falando o nome dela enquanto dormia? 

— Aigo… estou confuso - cobriu os olhos com as mãos. 

— Hey, Kook. Eu sou em seu amigo, posso ajudar você. O que está te deixando confuso? 

— Eu não sei mas o que sinto, antes eu sentia algo muito forte pela S/n, mas agora parece que sinto também pela Isabele. Me ajude V!

— Aigo! Será que o que você sente pela Isabele não é só carinho ou admiração? 

— Eu não sei mas o que sinto. 

— Então Kook , enquanto você não descobrir o que sente realmente, eu não poderei te ajudar. Sinto muito. 

— Tudo bem, obrigado por tentar me ajudar. 

— Por nada.


Kook volta para a janela, pensando em como falar para S/n que talvez está apaixonado por ela e outra garota ao mesmo tempo. Qual seria a reação dela? Mas o que mais deixava ele preocupado era com a possibilidade de S/n ficar chateada e nunca mais voltar. O que será agora de Jeon Jungkook e seu coração confuso? 

   


                    Continua...






Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Obrigada pelos favoritos♥
Desculpe pelos erros de português.
Até o próximo capítulo♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...