História Area Code: 666 - lrh - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Luke Hemmings, Personagens Originais
Tags 5 Seconds Of Summer, 5sos, Luke Hemmings
Exibições 21
Palavras 882
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Terror e Horror

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá e boa leitura x

Capítulo 2 - II


 

"Sejam bem-vindos à segunda parte deste Jornal da Noite. A cadeia de hamburgers em causa já lançou um comunicado a afirmar que iriam reduzir as percentagens de sal..." a apresentadora fez uma pausa o que atraiu a minha atenção, a da minha mãe e das minhas irmãs mais velhas. "Vamos ter que interromper esta notícia para informar os senhores telespectadores que o Secretariado Nacional de Segurança Pública veio fez uma declaração há minutos com o intuito de relembrar os cidadãos que durante a semana do Halloween as atenções devem ser redobradas, especialmente famílias com crianças. Contudo, o Dr. Humberto, deixou uma mensagem que deve ser levada com alguma seriedade; A segurança foi aumentada em todos os cinquenta estados devido ao medo que a população tem vindo a demonstrar por causa dos palhaços. As escolas também vão ter polícias por perto... Mas, e agora peço a atenção em especial dos moradores da cidade de Nova York, houve uma fuga de um criminoso que ainda não foi capturado. Pede-se aos cidadãos que mantenham a calma mas que colaborem com a polícia que está a fazer de tudo para que esta situação seja resolvida o mais rapidamente possível. Reforça-se a ideia de que as pessoas devem tentar evitar sair de casa a partir do momento que o sol se puser. Sem mais nada a afirmar vamos retomar o noticiário normalmente." 

"Eu vou trancar as portas todas!" a minha mãe disse sem tirar os olhos da televisão.

"E das janelas!! Que horror, como é que um criminoso consegue escapar? Eles podiam ao menos ter mostrado uma fotografia dele..." a minha irmã Hailey estava completamente assustada. Coitada, mas será que este ano só vão acontecer coisas para provocar o pânico das pessoas?

"Ah ainda bem que não mostraram fotografias nenhumas. Imagina que ele é giro? Eu tenho muito medo do Síndrome de Estocolmo!" 

"Shanina! Não brinques com coisas sérias!"  eu ri-me junto com a Shan (a minha outra irmã). Ela é uma pessoa calma e divertida e eu identifico-me muito com ela. "Para terem feito um aviso é porque esta pessoa é muito perigosa e vocês livrem-se de sair de casa depois das seis da tarde!", a minha mãe levantou-se e foi fechar as janelas e verificar as fechaduras todas!

"Que drama..." a Hailey revirou os olhos e levantou-se da mesa, repetindo as mesmas ações da minha mãe. "Se for moreno é meu, se for loiro é teu." a minha irmã riu-se e roubou-me uma batata frita.

"Se ele tiver olhos azuis é meu! Olhos verdes ou castanhos são teus!" eu assenti e continuei a comer enquanto ouvia a minha mãe na sala a perguntar à minha irmã se deve meter silicone nas fechaduras. Uau, que inteligente...

"Se ele for inteligente é meu... Já lidei com um monte de jumentos nesta vida, não preciso de mais!" eu não estava a dramatizar, os meus dois ex-namorados tinham sido verdadeiros... Sacanas. A minha irmã Shanina sabia de tudo, ela esteve comigo em todos os momentos e é por isso que eu sou tão grata por ter uma irmã que também é a minha melhor amiga.

"Então reza para que ele seja psicopata porque eu ouvi dizer que eles são verdadeiros génios... Mas atenção, olha que ele pode aleijar-te um bocadinho." eu queria rir-me mas tive que me conter porque a minha mãe vinha a entrar na cozinha juntamente com a Hailey.

A minha mãe é uma pessoa bastante séria devido a tudo o que se tinha passado com o meu pai... Ela tem muito medo de nos perder. Já a Hailey, bom... Ela é a mais velha e por isso acabou por viver grande parte da dor da minha mãe. Ela é como uma segunda mãe cá em casa.

Eu nunca vivi esta semana de Outubro da mesma forma que a maioria dos meus conterrâneos, ainda não era dia 31 de Outubro mas já haviam pessoas na rua. Algumas pessoas ainda estavam a decorar as suas casas outras já andavam na rua - especialmente as crianças, elas vinham pedir doces uns dias anteriores ao Halloween para não estarem no meio da confusão e eu acho muito bem que os pais façam isso. O pior eram os gritos delas que não deixavam ninguém dormir mas isso aguenta-se, desde que seja durante alguns dias...

Entretanto um barulho estridente fez-se ouvir e a minha mãe levantou-se logo. Eu olhei para a Hailey que encolheu os ombros e foi espreitar pelo buraco da porta. "Hana vai verificar as fechaduras das portas por favor." 

Eu levantei-me e em vez de ir ver as portas, as janelas e cada buraco da casa fui para o meu quarto mandar uma mensagem Bela. Eu precisava de saber em que pé é que estavam os nossos planos para amanhã. De certeza que a minha mãe não me iria deixar ir a uma festa de Halloween especialmente depois da notícia sobre o criminoso que anda à solta.
A Bela ainda não me tinha respondido quando a Shanina entrou no meu quarto a rir-se.

"Elas agora estão a fazer um perímetro de segurança no sótão e a pôr enlatados que é para quando nós nos tivermos que esconder... Eu não consigo aguentar tanta maluquice junta!" ela deitou-se na minha cama e continuou a soltar gargalhadas que davam gosto de ouvir.


Notas Finais


Espero que tenham gostado!
Comentem e partilhem, se quiserem x
Beijinhos e até à próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...