História Ariel - A história continua - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Academia de Vampiros (Vampire Academy)
Tags Academia De Vampiros
Exibições 12
Palavras 1.428
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Essa é a minha primeira fic,a história da filha do Adrian e da....
CALMA.
Por enquanto a identidade da mãe da Ariel não sera revelada.
A história tem emoções,amores,confusões e misterio.
Espero de coração que gostem.
Leitura:

Capítulo 1 - Volta as aulas



Meu nome e Ariel Ivashkov.Sou filha de Adrian Ivashkov e Sydney Sage.Uma humana e um moroi(vampiro).Tenho os cabelos,os olhos verde esmeralda e o encanto do meu pai.Meu comportamento normalmente é o do meu pai.Eu sempre estudei na são Vladmir.Os moroi,são vampiros que precisam de sangue humano para sobreviver,mas não matam ninguém para conseguir isso.Dampiros são meio moroi,meio humanos.Tem as melhores habilidades das duas raças.Os moroi conseguem manipular um dos elementos:Ar,Água,Fogo,Terra ou Espirito.Por eu ser filha de uma humana e um moroi eu sou uma dampira e não domino nenhum elemento.Tenho 16 anos.Minha melhor amiga é a Belisa Dragomir.A filha da rainha Vasilisa Dragomir e do lord Crhistian Ozera.Ela tem os olhos cor de jade da mãe,o cabelo castanho-na minha opnião-do pai.Ela normalmente era bem parecida com a mãe.Ela tem minha idade e estamos sempre juntas.E claro os dampiros são os guardiões dos moroi.Por causa dos strigoi-vampiros mortos-vivos que precisam de sangue,mas matam suas vitímas-que preferem matar os moroi.Estamos sempre buscando proteger uma a outra.Nós tinhamos voltado das férias de natal,que passamos viajando,e um pouco na corte.Assim que chegamos,nos separamos para guardar nossas coisas e nos encontrar de dia-noite para os humanos.Dormi como uma pedra e acordei alguns instantes antes da hora do café da manhã.Me arrumei as pressas e cheguei um pouco atrasada.Bela-como eu chamava a Belisa-estava sentada a mesa.Com uma bandeja com um iogurte.Eu passei pela fila,peguei uma maça e fui me sentar perto dela.O que era muito estranho porque dampiros costumavam comer muito.Eu sentei de frente para ela,ela levantou a cabeça e abriu um sorriso.
-Pronta para o primeiro dia?-Perguntei a ela.
-Eu estou....bem,feliz-Ela me respondeu ainda com um sorriso.
-Quando você não esta feliz?-Perguntei a ela.
-Quando eu tenho aula de matemática.-Ela me respondeu,fazendo uma cara de triste,mas um pouco do sorisso ainda estava lá,aquele sorisso nunca sumia completamente.
Nós comemos e fomos para as aulas.Minha primeira e segunda aula eram de combate.Meu professor era chamado Eric.Um dampiro,de cabelos castanhos bem claros e os olhos combinavam.Ele gostava de nos testar ao máximo.Ele gostava de que colocar duplas nas aulas-que nunca eram as que eu queria-dele.Gostava de nos treinar em vários tipos de luta.Nossa aula seria dentro da quadra.
-Quero que peguem pesado,não hesitem em atacar o seu colega.Ataque com força,como se sua vida dependesse disso.Não vou mandar que lutem uma luta especifica,podem escolher qualquer luta.-Ele passou os olhos na turma-Ivashkov,que bom reve-lá.Quero você com o Castle-era Vitor Castle,era muito parecido com o pai,só na aparência,porque por dentro era divertido como a mãe.Filho de um amigo da minha mãe e do meu pai-,os dois aqui.Agora.
Eu e o Vitor corremos para o meio da quadra.Todos os olhos se voltaram para nós.O professor sabia entreter seus alunos,uma luta entre mim e Vitor Castle era um ótimo entreterimento.Ele mandou começarmos.Eu e o Vitor nós apresentamos e ficamos em posição de combate,e então começamos a lutar.Chutes,socos,acertamos várias vezes um ao outro,mas nós não desistiamos.E então o Vitor finalmente veio me atacar.Desviei e consegui segurar ele.Ele se soltou,me puxou e conseguiu me prender,com isso eu me virei para ele e sorri.Isso bastou para o distrai,com essa distração dei uma cotovelada nele.Com a surpresa-e um pouco de dor-ele me soltou e eu pulei em cima dele e prendi ele no chão.
-Acho que ganhei-Disse eu a ele.O professor se aproximou de nós.
-Muito esperta Ivashkov...mas foi um golpe baixo.-Vitor disse baixo para mim antes do professor chegar.O professor considerou que eu venci.Então mandou falarmos sobre os golpes que usamos.Falamos e então finalmente ele mandou que a gente sentasse e chamou outras pessoas para irem lutando.Foram indo mais e mais duplas até que acabou a aula e ele nos liberou porque alguns dos professores ainda não tinham chegado.Assim que sai,corri para tentar encontrar a Bela.Demorou um pouco,mas depois de alguns minutos a encontrei,na fila para pegar o lanche.Peguei uma bandeja e fui para o lado dela.Ela pegou um iogurte-de novo,estou começando a ficar com raiva dela,só come iogurte essa menina-e olhou para mim.
-Soube que seus lindos olhos cor de esmeralda fizeram você ganhar o combate.-Ela estava com aquele sorisso dela,que significava que ela sabia de algo que eu não queria que ela soubesse,e ela não ia me deixar esquecer disso.
-Olha eu sei lutar muito bem...e os olhos cor de esmeralda culpe o meu pai.-Ela riu.
-Você sabia que é errado ganhar uma luta assim não é?-Ela falou,seria e brincalhona.Eu olhei fundo nos olhos dela,verdes como os meus,mas cor de jade.
-Eu não tenho culpa se ele se distraiu.-Eu tentei argumentar.
-Mas se você for a distração.Acontece o que?-Eu desviei do olhar dela,peguei um iogurte igual ao dela.Então fomos andando para uma mesa.
-Ai o problema já não é meu.-Eu falei,depois daquele pequeno tempo pensando em uma resposta.
Ela abriu mais ainda o sorriso-o que eu não achava possível-e começou a comer o iogurte.Eu imitei ela e comecei a comer.Ela acabou e me esperou,assim que eu acabei era hora de voltar para as aulas.Eu tinha as três ultimas aulas do dia com a Bela.Porque era um treinamento mais a fundo em proteger seus moroi.Eu tinha que proteger Camila Rinald-filha de Mia Rinald,outra amiga dos meus pais,ela era igual a mãe,completamente igual.Nos tinhamos simplesmente que ficar essas três aulas andando pela escola.Até que algum professor nos atacasse,ai terramos que imobilizar esse professor.E isso valia nota.Eu fui com ela ate a biblioteca,voltamos e então um professor pulou e a pegou.
Eu fiquei em posição de combate.Corri em volta dele e acertei um soco em seu rosto,então a soltou.A coloquei atrás de mim,corri e chutei o joelho dele.Ele caiu e então eu o empurrei,ele caiu de frente para o chão.Agarrei o braço dele e fiquei lá.Então ele bateu no chão duas vezes com a mão-o sinal de que não conseguiria se soltar.Então soltei ele,ele se levantou fez um sinal de aprovação com a cabeça e foi embora.Camila estava atrás de mim,quando olhei para ela,ela estava sorrindo.Eu vi que tinha uma marca em sua mão.Acho que devo ter batido nela sem querer.Fui para perto dela para me desculpar,mas quando toquei no braço dela,senti uma onda sair de mim.Um poder imenso que saiu de mim.Quando voltei para ela a ferida tinha sumido.Eu fiquei surpresa,achei que tinha me confundido então sorri para ela e voltamos para sala-os estudantes que fossem aprovados voltavam para a sala e eram dispensados o resto do dia.Voltei com ela e tive uma surpresa.O professor Eric estava lá com uma professora,acho que o nome dela era Sheila.Ela tinha cabelos loiros,olhos incrivelmente claros,uma mistura de azul com preto e castanho.E eles estavam com a Bela e o Vitor.Quando entrei a Bela começou a sorrir.E eu achei bem estranho.O professo Eric olhou para mim mais quem falou foi a professora Sheila.
-Senhorita Rinald,seus pais ligaram.Vão sair e pediram para que nós deixassemos a senhorita ir.Disseram que vinham busca-lá amanha.Pode ir arrumar suas malas.-Ela assentiu e foi embora.Então eu percebi uma coisa.
-Perai...se ela foi embora.De qual moroi eu vou cuidar?-Eu perguntei a eles.A Bela estava olhando para mim,ainda rindo.
-Senhorita Ivashkov,você vai cuidar da Belisa Dragomir...com o Vitor Castle.-Disse o professor Eric.Eu processei as palavras dele.Arregalei os olhos.
-Porque a Bela precisa de dois guardiões?-Eu perguntei a eles.A Bela e o Vitor ficaram curiosos também e prestaram atenção máxima neles.
-Porque ela é a filha da rainha.E a senhorita Rinald precisava sair.-Disse a professora Sheila.Eu ia falar mais...só que o professor Eric não deixou.
-Pare de fazer perguntas...fique feliz por estar com a sua amiga.Agora vão.Os três.-Ele disse apontando para a porta.Mesmo dos meus professores eu não era muito fã de receber ordens.A Bela passou me arrastando com o Vitor ajudando.Então assim que ela percebeu que nós conseguimos ficar longe o bastante para ninguém ouvir nossa conversa,ela parou e ficou frente a frente a mim.
-Sua sorte é que eu sou sua melhor amiga e te adoro muito.Agora vamos para o jardim.-Ela disse alegre.Eu percebi que ela tinha um machucado no braço e não resisti.
-Como você se machucou?-Perguntei a ela.Ela parou e tocou o braço.
-Foi quando a professora Helen me atacou.O Vitor conseguiu fazer com que ela me soltasse,mas eu cai e bati na quina da mesa.-Ela explicou.Eu fui para perto dela e toquei no machucado.Senti de novo aquilo dentro de mim.Mas o que era?Magia talvez.Não...não poderia ser magia.Poderia?Pelo que eu vi ela também sentiu aquilo.Quando soltei o braço dela o machucado...sumiu...simplesmente sumiu.Ela arregalou os olhos e olhou para mim sem entender nada.Mas o Vitor parecia bem mais surpreso que ela.Quando me voltei para Vitor ele estava paralisado.
-Como você fez isso?-Perguntaram em uma só voz.Eu puxei minhas mãos para perto de mim...
 


Notas Finais


Obrigada por lerem.
Espero que tenham gostado e acompanhem o decorrer da história.
Tentarei postar dia sim,dia não.Talvez diariamente.
O que sera que vai acontecer com a Ariel?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...