História Arisca. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Elizabeth Gillies, Victorious
Tags Andre, Bade, Beck, Cadê?, Cat, Jade, Robbie, Tori, Trina
Visualizações 44
Palavras 519
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Famí­lia, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela
Avisos: Álcool
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente! Tudo bom? Então, eu tenho sido uma grande fã de Victorious e eu realmente amo a Jade, amo muito, mesmo! Minha personagem preferida que me fez amar a Liz como pessoa, então eu criei essa conta pra trazer essa fanfic pra vocês, com alguns pensamentos sobre o mundo. Eu espero que gostem!

Capítulo 1 - Listen to me.


Fanfic / Fanfiction Arisca. - Capítulo 1 - Listen to me.

Eu precisava com urgência compor uma música para minha apresentação, mas eu não conseguia pensar em nada, então sai pra tomar um ar. Parei em frente a uma pequena lagoa, sabe, eu pudia ter essa aparência meio rude, mas eu gostava de observar esse tipo de coisa, pelo menos quando estava sozinha. 

Me sento num banco e fico observando um gato, este tentava abocanhar um peixe, mas acabou caindo na lagoa, logo saindo e correndo, sempre me disseram que gatos odeiam água, mas eu não pudia saber, afinal, nunca tive um. Ouço meu celular tocar, uma, duas, três vezes. Era Cat, ela estava enchendo meu saco desde semana passada, isso só porque eu não quis fazer dupla com ela no trabalho. Sinceramente? Eu não entendo qual o problema dela com isso, afinal, ela sabe que gosto de fazer minhas coisas sozinhas, assim se der certo, levo todo o crédito, ou, se der errado, seguro o peso todo sozinha. 

Havia passado em torno de meia-hora sentada ali, precisava ir pra casa, pois já estava escurecendo. Eu não tinha medo de andar por aí a noite. As pessoas costumam ter medo de mim, o que iria me preocupar? 

— Ei, estranha! Já comprou seu caldeirão? Soube que tem uma loja pra bruxas em promoção. - Gritou aquela criança estúpida em cima de uma bicicleta, ao seu lado estava Robbie, namorado da Cat, segurando seu boneco idiota. Vi ele gargalhar e continuar a correr atrás do garoto. Abaixo a cabeça, eu não poderia chorar, Jadelyn West não chora!

Segui pra casa ainda pensando no que ele havia me falado. Logo que entro, me dirijo ao primeiro espelho que aparece e fico me olhando no espelho, eu não era tão feia assim, ou era? Bom, bruxas não sao feias.

Pego meu caderno e começo a formar algumas palavras, era como um desabafo, me confortava.

"You think you know me, but you don't know me. You think you own me, but you can't control me."

"You look at me and there's just one thing that you see, so listen to me, listen to me"

Eu usava umas máscara pra proteger a pessoa que eu sou de verdade, mais aos poucos eu fui me apegando a essa máscara e a encorporei. 

"You push me back, I push you back, harder, harder. You scream at me, I scream at you, louder."

"I'm dangerous so I'm warning you, cause you're not afraid of me and I can't convince you, you don't know me"

As pessoas tinham medo de mim, e talvez eu gostasse, era boa a sensação de poder, é bom saber que as pessoas lhe obedecem com um estralar de dedos.

"You think you got me, but you don't get me. You think you want me, but you don't know what you're getting into"

"There's so much more to me then what you think you see"

Eu posso parecer vazia, e talvez eu seja mesmo vazia.

"And the longer that you stay, the ice is melting, and the pain feels okay, it feels okay"

E talvez essa dor que eu esteja sentindo já faça parte de mim.


Notas Finais


eu não sei oq eu fiz (??) digamos que eu estou depressiva


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...