História Arkyos Angel— Family conflict - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Anjos, Arkyos Angel, Conflitos, Demonios, Família, Katrina, Luan, Luka, May
Exibições 187
Palavras 1.153
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Escolar, Famí­lia, Ficção, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - 1° dia do ano...


Fanfic / Fanfiction Arkyos Angel— Family conflict - Capítulo 1 - 1° dia do ano...

(Anny on) 

Sai do banheiro e fui em direção a minha cama onde enta meu vestido, estou me preparando para um jantar com a família e uns amigos. É sempre assim quando o ano começa, espero que hoje não tenha tantas confusões que nem o ano passado

Peguei meu vestido amarelo que a empregada deixou e o vesti, arrumei meu cabelo e peguei um colar com uns brincos. Já estou me achando um máximo com esse estilo, claro, sou a mais linda dá família...

Luan— Irmã, já está pronta ?— Olhei para o meu irmão que abriu a porta

Anny— Ei, e si eu tivesse nua ?— Olhei para ele com raiva que fez uma expressão de nojo

Luan— Quero nem imagina, pelo bem da minha mente e dos meus olhos— Ele veio até mim e me empurrou para sair da frete do espelho e se olhou— Não estou gato hoje ?— Ele perguntou ajeitando o cabelo

Anny— Saia da frente do meu espelho, pelo bem do espelho é claro— Dei um sorriso e ele foi em direção a porta— Ei, calma eu goste do seu estilo— Ele piscou o olho e saiu do quarto

(Anny off)/(Hanna on)

1° dia do ano e eu aqui solteira, não que eu me importe com isso, meus pais vão fazer um jantar e estão me obrigando a ir, é claro que eu não vou...

Depois de ter molhado meu cabelo na pia do banheiro eu vesti um vestido roxo e me olhei no espelho

Hanna— Que raiva, essa tinta roxa não dura nada— Olhei as machas do meu cabelo que estão desbotadas

Luan— Sério que você trocou de roupa na minha frente e nem notou que eu estou aqui ?— Me virei e olhei meu irmão que está sentado na minha cama

Hanna— Nossa Luan, que roupa é essa, até parece gente vestido assim haha— Ele revirou os olhos

Luan— Você também tá linda— Dei um sorriso falso e peguei um splay roxo para passa no cabelo— Por que faz isso, está estragado seu cabelo

Hanna— Isso mesmo, estou estragando MEU cabelo, não o seu, está não se incomode okay ?

Luan— Nossa, estou até saindo com essa— Ele foi até a porta— Não se atrase— Ele saiu e fechou a porta

Odeio minha família, todos tentam ser perfeitos e isso sempre acaba em brigas, acho melhor não ficar aqui senão minha mãe aparece e já era meu plano de fuga. Fui até a janela e desci por uma corda, estão tão cansada que me teletransporto para a casa do meu amigo Léo

Quando cheguei subi pela janela e entrei no quero dele, ele está lendo um livro sentado na cama e nem notou que eu estou aqui, me aproximo dele lentamente e cubro os olhos dele

Léo— Quem é ?

Hanna— Adivinha

Léo— Luiza, Julia, Laisa, Ketlin, Kauane, Vitória, Marta, Bete... Alguma ?— Retirei minhas mãos e fui para frente dele furiosa— Ah, é você...

Hanna— Já pegou todas as minhas amigas é isso ?

Léo— Sim, se você tiver mais amigas pode me apresentar ok ?

Hanna— Aff, você é muito chato— Ele me puxou para seu colo e apertou minha bochecha como se eu fosse um criança

Léo— E você é muito fofa Hanna— Ele beijo minha bochecha quando eu virei minha cara para velo e o beijo foi bem perto dos meus lábios

Hanna— Fugi de casa só para ver você, que erro— Ele sorriu e me abraçou

Léo— Hum, o que quer para esse ano Hanna ?

Hanna— Eu quero que você seja menos paquerador e mais meu amigo— Ele riu e encarou meu olhos

Léo— Por que só seu amigo ? Não posso ser nada mais que isso ?— Dei um sorriso sínico e afastei ele me levantando

Hanna— Eu só vim aqui por que estou entediada, vamos fazer alguma coisa ?

Léo— Claro, uma volta pela floresta escura e bem interessante

Hanna— Por que ?— Ele me olhou de cima a baixo

Léo— Estou querendo fazer um lanchinho— Tremi de medo e ele riu

Hanna— Eu ?

Léo— Não, outras pessoas...

Ele sorriu e foi até a porta, nós saímos para fora e ele por algum motivo segurou minha mão...

(Hanna off)/(Katrina on)

Comecei a me arrumar para quando os convidados chegarem, o Luka está no banho e eu estou escolhendo a roupa

Luka— Precisava fazer essa zona ?— Ele saiu do quarto com uma toalha na cintura e reclamos das roupas que eu deixei no chão

Katrina— Ai ai, me ajuda a escolher— Peguei dois vestidos— Qual ?

Luka— O azul escuro e mais comportado, vai com ele— Ele foi até a cama e franziu a testa— Que isso ?

Katrina— Seu terno, eu mesma que escolhi querido — Ele suspirou e foi até seu guarda roupas— Ei, vai pegar outro ?

Luka— Sim, não vou usar isso— Ele pegou um terno qualquer

Katrina— Ótima escolha, tão simples

Luka— É só um jantar estúpida— Olhei ele com raiva— Nossa, que saudades de te chamar assim—Vou até ele ele começou a abotoar sua camisa

Katrina— Se me chamar assim de novo, eu coloco você para dormi em outro quarto— Dei um rápido beijo em seus lábios que ficou imóvel

Luka— Você não aguenta ficar longe de mim— Ele me puxou para um beijo— Acho melhor se trocar "estúpida"— Tentei da um tapa nele que segurou minha mão e me virou de costas para ele me abraçando com força

Katrina— Não tente melhorar meu humor, já estou com raiva de você— Senti ele beijar meu pescoço

Luka— Estão não gosta que eu te chame de estúpida ?— Ele falou em uma tom suave

Katrina— Não— Ele me soltou e me virou de frete para ele

Luka— Eu te amo anjo tagarela— suspirei e sorri

Katrina— Eu também te amo seu demônio rabugento— Ele também sorriu e me beijou novamente...

(Katrina off)/(Luan on)

Notei que a Hanna está demorando e comecei a procura-la, encontrei a Anny que está conversando com uma amiga dela

Luan— Mayane, você viu a Hanna ?

Anny— Ela pulou a janela e se teletransportou para algum lugar, obviamente a casa do Léo

Luan— Droga, sabia que ela iria fazer isso— Sai dá sala e fui para fora procura-la...

(Luan off)/(Anny on)

Depois de falar com meu irmão olhei para um cara que está me esta me encarando

Nayara— Nossa amiga, aquele gato não para de te encarar— Olhei para a Nayara que está com um sorriso

Anny— Que isso Nayara, acho que ele é bem seu tipo— Ela me olhou animada

Nayara— Sério ?, acho que eu vou falar com ele— Ela foi em direção ao cara de cabelos roxos, depois de uns 5 minutos ele voltou com uma cara nada boa

Anny— O que foi ?

Nayara— Ele somente perguntou seu nome e se você estava solteira— Ela cruzou os braços

Anny— E você deu essas informações para aquele estranho ali ?

Nayara— Sim, pelo visto ele tá afim de você

Anny— Hum, até que ele é bonito— Comecei a encarar ele que me escapou com um sorriso de volta...

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...