História Arkyos Angel— Family conflict - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Aaron, Anjos, Anny, Arkyos Angel, Conflitos, Demonios, Família, Hanna, Julian, Kailei, Katrina, Leo, Luan, Luka, Stive
Visualizações 183
Palavras 1.292
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Escolar, Famí­lia, Ficção, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - Que climão...


Fanfic / Fanfiction Arkyos Angel— Family conflict - Capítulo 3 - Que climão...

(Hanna on)

Luan- ​Hanna, abre essa porta. Eu quero saber o porquê de você ter dito aquilo - Escuto meu irmão do outro lado da porta enquanto limpo umas lagrimas que escorrem pelo meu rosto. Fico calada e ele parece ter desistido

Luka- Hanna, abre essa porta, agora - Ouço a voz de meu pai, dessa vez sei que não posso ignorar. Crio coragem e abro a porta. Mesmo com raiva de mim mesma eu não posso ficar mais ferrada com meu pai. -  Hanna, dessa vez você passou dos limites, você não devia ter falado com a sua mãe daquele jeito, e foi muita falta de respeito você ter saído correndo naquela hora... - Fala ele em um tom sério e eu vou até a cama e me deita na mesma. ​Talvez levarei bronca a noite toda.

(Hanna off/Luan on)

Me afasto do quarto da Hanna e deixo ela levando uma bronca. Dessa vez ela passou dos limites, não sei o que vai acontecer com ela dessa vez, mas acho melhor não me importar.

Chego no salão e caminho distraidamente por ele. Até sentir que bati em alguém e isso faz com que eu acorde dos meus pensamentos.
​Vejo uma linda menina me olhando assustada sem falar nada, dou um pequeno sorriso e ela abaixa a cabeça

 

Jeny- Ops... - Ela olha pro chão enquanto se afasta lentamente

Luan- Me desculpa, eu estava distraído - Falo me aproximando dela

Luan- Ah você... Você é o príncipe não é ? - Ela pergunta sem jeito e eu concordo com a cabeça

Luan- Sim, sou filho da rainha, Me chamo Luan. - Estendo a mão pra ela que pega a mesma e eu levo até meus lábios e a beijo

Jeny- Meu nome é Jeny - Fala ela um pouco envergonhada

​Luan- ​O que faz longe das pessoas ? - Pergunto apontando para a sala de jantar onde os convidados então reunidos

Jeny- ​Eu estava olhando o castelo, mas é melhor eu voltar antes que eu acabe me perdendo - Ela se vira e anda até a sala do jantar, mas para e volta a se virar pra mim - Mas, talvez você poderia me mostrar o castelo, se não for muito incômodo

Luan- Claro que não, que tal começarmos pelo meu quarto ? - Eu não falei isso. Nossa, será que ela aceita ?

Jeny- Acho que não seria uma boa ideia, pois não tenho total controle de minhas ações quando estou sozinha em um quarto com um homem - Fala ela e eu dou uma risada leve

Luan- ​Igualmente, então eu poderia acompanhar a senhorita até o jardim ? - pergunto de uma forma educada e ela sorri

Jeny— Eu adoro jardim, mais eu adoraria conhecer seu quarto depois - Ótimo, meu ano já começou bem

Fomos para o jardim e ela ficou admirando as flores ao luar e eu fiquei encarando o rosto dela. Sem duvidas uma das garotas mais bonitas que eu já vi na vida, e olha que eu já vi várias.

Luan- Bom, então você gosta de flores né ? - Começo a puxar assunto

Jeny- ​Sim, adoro flores, acho que todas as fadas gostam de flores. Mas você Luan, do que gosta ? - Ela pergunta parando de andar

Luan- ​Eu goste de lutar, cantar e passar um tempo sozinho. Principalmente nesse jardim, tenho várias lembranças boas nele - Falo pensando no que vivi aqui

Jeny- Sério, quais ?

Luan- Eu e as minhas irmãs brincado, e de uma garota bonita pro quem eu me apaixonei - Retruco eu

Jeny- Então você tem namorada ? - Ela pergunta meio cabisbaixa e eu nego com a cabeça

Luan- Não, porque ela me odeia agora, digamos que nunca fui o namorado perfeito - Falo triste e ela segura meu braço

Jeny- Você é um cara legal, acho que seria difícil alguém te odiar - Ela sorri tentando fazer com que meu sorriso volte, e ela conseguiu

Luan- Você é uma boa pessoa Jeny eu gosto desse seu jeito - Paro de andar e sento em um banco perto e ela senta ao meu lad, bem perto de mim

Jeny- Eu nunca tinha falado tanto com um garoto assim, eu não tenho muito contato com homens - Ela segura minha mão

Luan- Já sei, pais super protetores ? - Pergunto eu olhando bem nos olhos dela

Jeny- Na verdade eu prefiro não me apaixonar novamente, já que minha sorte no amor é horrível - ela ri

 Fico encarando os olhos dela por mais tempo até me aproximar de seu rosto. Ela começa a ficar vermelha e lentamente fecha os olhos.
Agora estamos muito próximos, as nossas mãos se tocam de uma maneira tímida. Não consigo me controlar, a beijo intensamente apoiando uma de minhas mãos na sua coxa enquanto me divirto com o entrelaçar de nossas línguas . Um beijo tão intenso e gostoso que dá vontade de nem me separar. Mas pela falta de ar nos afastamos ofegantes e nos encaramos por um tempo

Jeny- Então, achei que iria me mostras seu quarto - Ela fala maliciosamente e eu rio. Beijo ela novamente e ambos fomos para meu quarto.

(Luan off/Anny on)

Estava conversando com uns amigos mas não consigo me concentrar com um tal vampiro olhando pra mim o tempo todo. Tento disfarçar mas não consigo, ela é realmente bonito e parece mesmo está a fim de mim. Quando me virei para pegar uma bebida parei de presta r atenção nele, mas quando me virei de volta levei um susto enorme ao ver ele praticamente encostado em mim com um lindo sorriso

Yukine- Oi princesa~

Anny- O-oi - Me afasto dando alguns passos para trás

Yukine- Nossa, eu nunca imaginei de você ser tão bonita - Fala ele em um tom galanteador e eu fico sem jeito

Anny- Obrigada - Falo olhando para o outro lado esperando que alguém venha me tirar de perto dessa pessoa

Yukine-Você quer dar uma volta, tá tão chato aqui, eu nunca gosto muito de festas - Ele segura minha mão e meu coração acelera

Anny- ​Ah, melhor não...

Luka- Então Yukine, vejo que já conhece minha filha a Anny - Meu pai chega perto da gente e eu me acalmo

(Anny off/Luka on)

Yukine- Sim, é uma garota linda - Fala ele quando nota minha presença e solta o braço da Anny.  Sei que ele estava dando encima dela por isso me aproximei

Luka- Ela é muito linda, puxou ao pai sabia ? - Falo encarando ele sério e ele ri

Yukine- Tenho certeza que puxou a mãe - Ele fala olhando para a Katrina que está conversando com o Joker

Anny- PAI, e a minha irmã ? - A Anny fala como se quisesse chamar minha atenção a um tempo

Luka- Ela está de castigo, eu acho, se ela já não pulou a janela - Reviro os olhos olhando para o Yukine que não para de encarar a Katrina.

(Luka off/Hanna on)

Eu não acredito que consegui ficar de castigo no primeiro dia do ano, que falta de solte. Mas eu é que não fico nesse quarto, acho que está na hora de dar mais um susto nas pessoas desse castelo. Acho que vou ficar sumida por um tempo.
​Pego algumas coisas e coloca em uma mochila. Desço pela janela e saio pelos fundos de castelo onde é mais difícil alguém me notar. Começo a correr até que esbarro em alguém e acabo caindo no chão

(???)- Opa, está com pressa garota ? - Pergunta um moço estendendo a mão para me ajudar, mas eu recuso a ajuda e me levanto sozinha

Hanna - Quem é você ? - Pergunto me afastando e ele sorri

(???)— Bom, eu sou...

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...