História Artificial Love - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias CL (Chaelin Lee), EXO, HyunA
Personagens HyunA, Lee Chaelin "CL", Personagens Originais, Sehun
Tags Drama, Exo, Hyuna, Oh Sehun, Romance, Suspense
Exibições 29
Palavras 941
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Caro Leitores,
Hey, Tudo bem com vocês?
Faz um bom tempo que não escrevo, mas eu decidi voltar a escrever pois, além de eu estar com saudades... eu adoro escrever, essa é a terceira fanfic que escrevo, estive pensando muito nela e organizando para começar e finalmente cá está ela aqui, espero que vocês gostem dela tanto quanto eu estou gostando de escrever ela pra vocês ^-^.
Bem, vou parar de falar um pouquinho e deixar você, caro leitor ler ^-^, boa leitura!

Capítulo 1 - Piloto


Fanfic / Fanfiction Artificial Love - Capítulo 1 - Piloto

§

Hyuna e Oh Sehun que sempre foram amigos desde crianças, além de estudarem na mesma escola, ainda eram vizinhos, sempre foram unidos e cheios de sonhos.

Apesar dos problemas de Hyuna com os pais, Sehun nunca deixou a amiga sozinha e nem desistir de seus sonhos, sempre esteve ao lado dela na escola e em quase todos os momentos em que pode estar.

Sempre estava lá a animando quando ninguém mais estava lá, sempre estava preocupado e tentando ajuda-la... a garota morena de olhos inocentes e linda feito Hyuna, passava metade do dia sozinha até conhecer Sehun.

Hyuna não tinha nenhum amigo se quer antes de conhecer Sehun, os outros sempre estavam a zoando e a fazendo chorar, ela passava a metade do tempo se isolando das pessoas na biblioteca lendo, até conhecer Sehun.

Um garoto moreno simpático e de um coração bom, os dois viraram amigos de primeira e viraram ainda mais amigos quando viram que moravam lado a lado, passavam metade dos dias juntos e brincando, Sehun sempre protegia a amiga da maneira que podia.

§

15 anos atrás...

 

Sehun pensamento*

Já era noite quando estava me preparando para dormir, quando decidi ir até a janela, fiquei esperando Hyuna  aparecer em sua janela para dizer ‘Boa noite’.

Quando escuto gritos vindo da casa ao lado, a cada de Hyuna, eu não conseguia ver nada além de ouvir gritos, os pais de Hyuna de novo imagino.

...Estava quase pronto a sair de casa para ver o que acontecia e ver se Hyuna estava bem, quando vi a janela de Hyuna, a luz do quarto acendeu, vi a mãe dela entrar com Hyuna segurando nos braços dela com força e a jogando com força no chão, assim saiu fechando a porta com força e a deixou lá.

Eu não podia fazer nada naquele momento além de olhar e ficar mal por Hyuna, como aqueles dois podiam a maltratar tanto? Porque serem tão duros e cruéis com ela?

Eu só queria proteger ela... pena que isso é meio difícil.

 

Hyuna pensamento *

Já era manhã  quando acordei com barulhos de pedras batendo em minha janela, levantei  ainda sonolenta indo em direção a janela do meu quarto com meus pés descalços.

Abri minha janela com certo esforço até perceber que aquela manhã estava chuvosa.

- Oh Sehun? -  Eu disse ainda sonolenta com um sorriso.

- Posso entrar? – Disse o menino lá de baixo com uma capa de chuva sobre ele, sem perder o sorriso ao falar. – Está muito frio e chovendo Hyuna, posso entrar?

Eu dei meia volta e fui até o corredor, olhei a minha volta e lá estava mamãe completamente desmaiada e bêbada sobre sua escrivaninha... enquanto papai havia saído ontem tarde da noite e o mesmo ainda nem voltado tinha.

Fui descendo nas pontas dos pés até chegar a sala, podendo finalmente abrir a porta devagar para Oh Sehun.

- Aigo! Como você está encharcado Sehun! – Eu disse. – Entre...

Oh Sehun tirou sua capa e entrou sorrindo como sempre.

- Vim correndo na chuva te ver, por isso... e também vir ver se estava tudo bem, escutei gritos ontem do meu quarto, da sua Omma e seu Appa, imagino, o que aconteceu? – Disse Oh Sehun sério, porém preocupado.

Eu estava sorrindo até escutar aquelas palavras preocupadas, meu sorriso se transformou num meio sorriso,  olhei pra baixo tentando conter minhas lágrimas.

- Não foi nada – Eu disse enxugando minhas lagrimas, e tentando sorrir novamente . – Olha está tudo bem, juro, só foi uma discussão boba, está tudo bem... você não pode ficar nessa chuva assim Sehun, pode pegar um resfriado e... – Eu disse tentando disfarçar.

Antes que Oh Sehun começasse a falar, eu o interrompi mudando o rumo daquele assunto deprimente.

- Então, assistiu os animes que eu te falei ontem? – Eu disse mais animada e subindo as escadas em direção ao meu quarto.

- Sim, eu até que gostei, assisti dois episódios ontem, depois parei... – Oh Sehun foi falando subindo atrás de mim, enquanto ele parou do nada e observou o quarto dos meus pais e viu minha omma desmaiada sobre a escrivaninha do quarto, no fundo ele sabia que as coisas não estavam bem.

Sehun olhou em meus olhos e tentou pegar minha mão, quando eu o interrompi e fechei a porta do quarto, dei um sorriso meigo e voltei a caminhar para meu quarto com Oh Sehun vindo atrás.

...

Sehun e eu ficamos jogando meu vídeo game antigo pra passar o tempo em meu quarto, quando de repente escutamos uma porta bater com força, eu sabia o que aquilo significava então só olhei pro Sehun com um sorriso e disse:

- Sehun, acho melhor você sair, agora, vá. – Oh Sehun assentiu, e saiu pela a janela.

- Fique bem Hyuna – Disse Sehun, e assim o mesmo desapareceu pela janela.

Eu respirei fundo e senti uma lágrima descer sobre o meu rosto, até que a porta do meu quarto finalmente abriu, papai entrou batendo a porta e gritando.

- ESTAVA  APRONTANDO MENINA??? – Ele disse gritando, e pelo o tom... estava bêbado.

- Não appa, não! – Eu disse tentando conter minhas lágrimas.

- ESTÁ CHORANDO? VOU ENSINA-LA  A TER BOAS MANEIRAS! – Ele disse pegando em meu braço com força, e me dando  logo uma surra em meu rosto me fazendo cair. – Espero ter aprendido sua lição de hoje! – Ele disse saindo do meu quarto, enquanto eu tentava me recompor e levantar, mas não conseguia parar de chorar.

Eu podia muito bem escutar gritos vindo do quarto de meus pais, papai estava  discutindo com mamãe provavelmente... me levantei devagar e deitei em minha cama, acabei  ali dormindo chorando.


Notas Finais


Espero que tenha tido uma ótima leitura e que tenham gostado ^-^, esses primeiro capitulo realmente foi de partir o coração, mas em breve essa história vai mudar... vou atualizar assim que der. obrigada <3
Espero que tenham curtido, me deem a opinião de vocês sobre a história nos comentários, verei e lerei todos com muito amor.
Meu Twitter é @badlandsLeeh caso queiram falar comigo por lá ou me cobrar capítulos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...