História Artificial Love ;; Imagine Kim Seokjin (hiatus) - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Imagine, Jihope, Jin, Seokjin, Seokmin, Taehyung
Visualizações 95
Palavras 371
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Fantasia, Ficção, Fluffy, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oioi turu pao?

LEIAM AS NOTAS FINAIS

Relevem os erros — ta difícil revisar
Boa leitura

Capítulo 30 - Conversa séria


Passei as últimas três horas trancada no quarto ainda sentindo aquele peso, comi algo graças a Jungkook que me trouxe o almoço e um lanche horas depois, ele também aparecia vez ou outra para saber se eu estava bem ou precisava de alguma, quando sozinha eu ria do modo como ele parecia preocupado, nada igual ao Jungkook fresco de um mês atrás.

A porta foi aberta e eu estava pronta para negar outro coisa de comer, até que Jimin passou pela porta com semblante sério, se sentou na cama cerrando seus punhos e demorou alguns segundos mas disse:

— Precisamos ter uma conversa séria — eu não respondi, seu tom estava áspero, não parecia o Jiminnie — você sabe o quanto o hyung está mal? — neguei com um aceno de cabeça.

Ele suspirou e notei que ele ao menos me encrava, mantinha seu olhar em seus punhos cerrados sobre suas coxas.

— Jiminnie... olha pra mim.— pedi em tom baixo, minha voz parecia recusar sair. Ele resitou mais o fez — eu sei que fui errada em rebater tudo, mas não foi culpa do Tae foi minha, totalmente minha.

— Ele deixou — ele passou a me olhar nos olhos — o Taehyung não é burro, ele sabia bem o que você queria provocar.

— Você brigou com ele?

— Foi o maior sermão da vida dele — eu ri disfarçadamente — se fosse o Jin, o Tae já estaria morto.

— Ele tá bem?

— Apesar do Jin ter estapeado ele todo e depois ter tentado sufocar, ele tá bem, no banheiro e  traumatizado mas bem — eu tentei não rir, mas quando vi sua cara de confuso eu não me controlei — ei! Eu disse que era uma conversa séria.

— Eu perguntei do Jin, você disse que está mal, tudo minha culpa.

— E você está certa, é tudo sua culpa.

— Ya — lhe dei um tapa fraco no braço — pensei que tivesse vindo me ajudar. Estou sentindo algo incômodo no peito.

— É a culpa — concluiu simplista — você brigou com o Jin e viu o quão mal ele está, é normal assim como o ciúme.

Preciso me desculpar com o Jinnie, mas antes tenho de ter outra conversa.

— Jiminnie  chame o Taehyung pra mim por favor?


Notas Finais


EU TO MUITO DOENTE ENTÃO NÃO ESTRANHEM OUTRO SUMIÇO

MAS VOU TENTAR MANTER UMA BOA SEQUÊNCIA DE ATUALIZAÇÕES


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...