História As aventuras de uma estranha garota - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 1
Palavras 676
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Crossover

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - Capítulo 4


"Eu já sabia que o seu nome era Chloe, onde está o seu amigo? Alex né? Sim, eu vou ajudar vocês."

Espera como ele sabe nossos nomes? Nada disso é normal. Isso não devia me surpreender.

"O Alex foi pra lá. Eu acho"

"Ok, vamos." Connor segurou meu braço e me levou até a direção na qual apontei.

Encontramos Alex sendo puxado por uma garota que aparentemente era meu clone. Assim que ela nos viu, deu um sorriso meio assustador. Meu Deus, será que eu também sorria assim?

"Alex, esse é o Connor, o seu 'eu' desse universo. Suponho que essa seja o meu 'eu'."

"Sim, essa é a Yumi e eu tenho que dizer que vocês duas são estranhas no mesmo nível, chega a assustar, certeza que vão se dar bem"

Espera, minha 'eu' Yumi, tem cabelo rosa? Nunca pensei em mim de cabelo rosa. Até que eu ficaria bem, aliás Yumi é um nome bem diferente, gostei.

Connor e Alex estavam conversando sobre criptografia e código morse. Nada que eu entendesse.

"Chloe, como você aguenta escutar o seu amigo conversar sobre essas coisas? Como vocês se entendem?"

"Ah Yumi, você tem muito o que descobrir sobre a gente. E nós muito sobre vocês. Então, o que é aqui?"

"Vocês estão em Alphasokio, eu sei não é um nome muito bonito, aparentemente a pessoa que fundou essa cidade não tinha muita criatividade"

"Realmente, mas isso não importa, precisamos de mais informações."

Connor e Alex se juntaram a nós e assim fomos na casa da Yumi, chegando lá reparei que a casa dela tinha a mesma aparência que a minha, só que 10 vezes maior. Fiquei bastante tempo parada lá na frente, perplexa. Alex teve que voltar e me puxar pra dentro.

"Enfim, eu e Chloe, não somos daqui, como vocês já perceberam, estávamos em um ônibus até que Chloe viu um portal no caminho. Tivemos uma ideia. E quando a realizamos, paramos aqui, provavelmente um universo paralelo."

Eu ainda estava paralisada, a mãe dela também tinha a aparência da minha. E tinha cabelo rosa.

"Chloe, estão perguntando porque começou a prestar atenção no caminho já que todos nós estávamos distraídos e conversando"

"Não sei, eu me desliguei quando vocês começaram a falar sobre sonhos, então prestei atenção no caminho, até que eu vi um portal branco no meio do caminho, esperei acontecer de novo pra avisar pra todos que estavam com a gente, vocês só me acharam louca. Agora olha onde estamos, de nada." Falei com tamanha ironia.

"Você disse 'vocês'? Quantos eram?" Perguntou Connor

"Éramos 8, pulamos do ônibus em duplas, talvez cada um esteja em um universo diferente." Alex respondeu com convicção, não sei como tinha tanta certeza disso.

Começaram a falar sobre algo que eu não entendia, de novo eu estava fora de órbita. Várias coisas começaram a passar pela minha cabeça, meus pais, meus amigos... O que prevalecia nos meus pensamentos era minha mãe, será que eu não existo mais no meu universo? E os outros, será que pararam em outros universos ou estamos no mesmo?

Opa, espera aí, aquele gato falou comigo? Não, um gato que fala?

"Relaxa Chloe, vocês vão conseguir achar uma saída, encontrarão seus amigos" O gato tava falando comigo. Eu realmente não estou entendendo mais nada.

"Ah, esse é o Sloan, e você não está louca, ele falou contigo sim, talvez no seu universo isso não seja normal, mas aqui todos os animais falam." assim que ela disse isso eu fiquei mais calma.

"Precisamos ir à central da cidade, precisamos descobrir o que está acontecendo, lá tem a tecnologia que precisamos." Disse Connor.

"Oi?? Mais tecnologia? Mais do que vocês têm aqui? Preciso ver isso" eu e Alex dissemos juntos.

Fomos pra um quarto dentro da casa da Yumi, tinha uma luz forte atrás da porta, uma luz azul. Digitaram algo na porta, ela abriu e os dois nos jogaram pra dentro daquela luz, Yumi e Connor vieram logo atrás.

Caímos em uma sala escura, apenas com luzes de vários computadores. Era fascinante.

Alex e eu levantamos com brilho nos olhos, era tudo muito diferente. Uma tecnologia que nunca tínhamos visto antes, parecia muito avançada.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...