História As Cinco Lições do Prazer (Adaptação) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 190
Palavras 570
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção
Avisos: Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Capítulo 1



Deixei-o entrar em minha casa, andando sensualmente, deixando ele de olhos grudados em minha bu..nda. Sim, a mini-saia era tão mini que deixava o começo de minha bu..nda aparecendo.

- Então, qual será o estudo de hoje? – Eu disse, virando-me e tocando seu membro muito grande e excitado sobre a calça.

Carlos largou seu paletó no sofá e afrouxou a gravata, olhando-me com um sorriso cínico.

- Primeiro de tudo: Eu sou o seu professor. E você, como minha aluna, tem que fazer tudo o que eu mandar. - Ele falou, seus olhos pequenos e sua testa enrugada, tentando se concentrar. O problema é que ele intercalava olhares entre meus peitos e meus olhos.

- Certo. – Eu disse. Gemi de surpresa quando Carlos enlaçou suas mãos em minha cintura e me puxou para si, com força.

- Segundo: Não se começa pelos “finalmente”. Você é uma virgenzinha ainda. Precisa aprender muitas coisas antes. - Ele sussurrou em meu ouvido, com sua voz rouca.

- Uhm... - Eu gemi, completamente perdida em sua explicação.

- Terceiro: Você não pode desistir jamais, Isabela. - Ele continuou, e em seguida ele mordeu o lóbulo da minha orelha esquerda.

- Uhum... - Sussurrei, não conseguindo me concentrar.

- Boa menina. – Ele disse passando a mão na minha bunda.

- Ouh... – Eu murmurei com o toque da mão enorme e “bem treinada”.

- Sabe. Tudo começa com uma boa pegada.– Ele disse, com sua voz rouca, fazendo-me estremecer.

- Uma boa pegada... - Ele me prensou mais ainda contra seu peito forte - Deixa uma mulher de quatro... Uma boa pegada... - Ele deu um beijo em meu pescoço - Faz qualquer homem ficar a seus pés... Me diga menina, você já go..zou alguma vez? - Ele perguntou, finalmente olhando-me nos olhos.

- Não... - Sussurrei, completamente perdida naquelas duas esmeraldas brilhantes.

- Você quer que eu te faça gozar? - Ele perguntou, mordendo os lábios.

- S-sim. – Eu falei. Em seguida, Carlos agarrou meus cabelos com força puxando-os, fazendo meu rosto arquear para trás.

- Tenha convicção, minha vadia. – Ele disse se acoxando em mim.

- Sim, eu quero que você me faça gozar. – Eu disse, o mais firmemente que pude, completamente excitada.

- Boa, muito boa menina. – Ele disse dando-me dois tapinhas na bochecha. Minha calcinha estava num estado lastimável de tão molhada.

Carlos afastou-se de mim, e eu quase chorei.

- Sente-se no sofá. - Ele ordenou. Eu o fiz prontamente.

Alfonso se ajoelhou nos meus pés e puxou minha saia com violência, passando-a pelos meus pés. A essa altura eu já estava descalça.

Carlos colocou uma mão em cada lado da minha calcinha, me olhou nos olhos e puxou as duas mãos, rasgando-a no meio. Eu gemi de surpresa.

Ele olhou meu sexo e passou a língua pelos lábios.

- Isso... Totalmente depilada... Como uma ninfetinha... – Ele disse com a voz rouca e máscula.

Eu fiquei olhando aquele homem maravilhoso falando comigo, não conseguindo acreditar na minha sorte.

- Vejamos. – Ele disse passando a mão pela minha bucetinha. Eu estremeci com seu toque e quase reclamei quando ele tirou o dedo.

- Molhadinha. – Ele disse, colocando um dedo na boca, provando do meu gosto. - E apetitosa. – Ele completou.

Me encarreguei de abrir o zíper de sua calça, tirando-a e deixando-o só de cueca. Ele não fez objeção alguma.


Notas Finais


Tão gostando? 🙈❤ espero que sim! 😉 Volto amanhã com um capítulo novo. 💥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...