História As Cinco Lições do Prazer (Adaptação) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 188
Palavras 489
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção
Avisos: Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - Capítulo 2


E que cueca! Uma boxer vermelha. O volume que seu membro fazia nela era algo absurdo. Eu estava deixando Carlos Santana completamente excitado. E isso me excitava mais que tudo

.- Tira essa blusinha, tira gostosa. – Ele disse puxando a minha blusa para o alto da minha cabeça. 

Bem, eu estava nua e a minha bu..cetinha piscava de tanta dor. Eu o queria dentro de mim. Eu queria dar muuuuito.Ele pegou nos meus peitinhos com as mãos fazendo massagem, me levando à delírios de prazer.

- Isso, ooh... - Gemi.

- Tão rosinhas. Você é tão gostosinha, Isabela... - Ele disse, mexendo nos biquinhos de meus seios.

- Carlos, me come! - Eu gritei, não aguentando aquela tortura.

- Ah, claro que eu vou te comer gostoso. Mas antes disso você vai implorar. Entendeu safada?  Ele deu um tapão na minha bu..nda, fazendo minha tara jorrar entre as minhas pernas.

- Entendi. - Respondi, automaticamente.

- Boa menina. – Ele disse me dando um beijo de língua.

Sua língua abriu espaço pela minha boca, me penetrando quente e imponente. Ele vasculhou a minha boca inteira, enquanto encostava o seu corpo no meu.

Meus peitinhos endureceram na hora quando entraram em contado com o seu peito másculo. Eu esfreguei minha bu..cetinha naquele p..au duro sob a cueca e ele gemeu na minha boca, mordendo meu lábio inferior.Minhas pernas já iam perder a força de tanto tesão que eu estava. Ele parou de me beijar quando o ar nos faltou e disse: 

- Está com muito tesão, Minha Vadiazinha?

- Estou... – Eu falei, minha voz num fio.

- Vem cá vem, senta no meu colo. Ele se sentou no sofá e eu me sentei em cima dele.Bem em cima do seu p..au, protegido apenas pelo pano da cueca.

- Agora rebola gostoso, vai.  Ele disse. Eu esfreguei o meu rabinho naquele p..au grosso e Carlos começou a gemer.- Isso.... - Ele gemia.- Isso gostosa, rebola vai. – Ele sussurrou contra minha pele, mordendo o meu pescoço.

Eu sentia minha tara molhando sua cueca, que agora já estava transparente de tão molhada.Carlos me puxou junto ao seu corpo, mordendo com força o meu ombro. Colocou a sua mão na minha bu..cetinha e disse: - Você vai go..zar como uma pu..tinha.  Ele começou a massagear meu clitóris

.- Vou... – Eu disse estremecendo com o seu toque.

Meu professor colocou uma mão nos meus petinhos, massageando em círculos e com a outra habilmente ele mexia na minha grutinha molhada. 
- Carlos... - Gemi baixinho.
- Professor Santana.- Ele me corrigiu. Uma sensação de formigamento percorreu meu sexo e eu abri ainda mais as pernas. Meu professor fazia movimentos rítmicos e cadenciados sem parar, eu queria que ele explodisse em velocidade, mas ele ia me matando aos poucos. 

- Por favor?  Eu implorei tomada pelo desejo

- Por favor, o que, vadia? – Ele perguntou apertando minhas coxas com força. 

- Me faça... Gozar... - Gemi.

- Ah... Você vai Delícia. Mas só quando eu quiser. Entendeu?

 - CARLOS!  Eu gritei, com um espasmo involuntário nos meus músculos vaginais.


Notas Finais


Gostaram? ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...