História As Cores do Céu - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 7
Palavras 762
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Ficção, Magia, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oi galera essa aqui é minha segunda fanfic, espero que ela saia melhor que a primeira, bom espero que gostem tanto quando eu gosto de cria-la

Capítulo 1 - O Inicio de Tudo


Fanfic / Fanfiction As Cores do Céu - Capítulo 1 - O Inicio de Tudo

Dizem a vida é de escolhas, e são essas escolhas que nos ajudam há criar o nosso caminho para a felicidade, infelizmente eu não tive essa oportunidade, eu não tive escolha, nossa nem me apresentei, meu nome é Amanda, nos primeiros 16 anos da minha vida nada de especial aconteceu comigo, bom mais isso muda em o que parecia uma quarta-feira normal. Diferente das outras garotas o meu maior sonho sempre foi me destacar na escola, me destacar dos outros alunos, e o maior de todos, ter amigos, não que eu não tenha, não sei se faço algo de errado mas os amigos que eu tenho são totalmente diferentes dos que eu sonhos ter, eu quero ter nem que seja um amigo que me espere para lancharmos juntos, um amigo para fazer festas do pijame ou nem que seja dormir na casa um do outro, um amigo para conversarmos de algo que não seja lições de casas, quero ter com quem ficar antes, no intervalo e depois da escola.

Como dizia, aquele dia parecia como qualquer outro, estava indo para a cantina da escola com meu caderno em mãos, pois a próxima aula seria prova, estava caminhando lendo de cabeça baixa sozinha como sempre, estava tentando me concentrar mas não conseguia, sempre ouvia risadas das pessoas se divertindo com os amigos delas ao meu redor, estava torcendo para encontrar uma mesa vazia para comer meu lanche em paz, foi quando ouvi um estrondo muito grande, vejo que todos ao meu redor estava olhando para cima, segui o olhar deles e percebi que bem longe parecia ter tido uma explosão, logo em seguida surgiu sete, como posso dizer, sete bolas coloridas: uma amarela, uma branca, uma roxa, uma vermelha, uma azul, uma laranja e uma rosa

Elas estavam girando ao redor da nuvem de fumaça até o topo da mesma, depois elas se aproximaram uma da outros e começou a vir para a escola, parecia que todas iria cair em um único lugar, estavam todas indo em uma única direção... ESTAVAM VINDO EM MINHA DIREÇÃO, foi tão rápido que nem consegui correr, elas me atingiram antes de mim poder sair do lugar, ouve um clarão e depois disso não consegui ver mais nada, quando a minha visão voltou estava deitada no chão e os outros alunos estavam ao meu redor me olhando assustados, minha cabeça estava doendo e com ajuda de um monitor consegui me levantar, ele me pediu para que fosse no banheiro lavar o rosto e depois fosse até a direção para me liberar para ir para casa; assim que me olho no espelho do banheiro levo um susto, meus cabelo estava penteado com um topete, mas não era isso o estranho, ele estava com varias mechas coloridas grossas, tinha de varias cores, parecia até um arco iris, mas meu cabelos também tinha duas tonalidades diferentes de rosa, uma clara e outra escuro, minha boca estava com um gloss rosa claro, parecia que estava maquiada mas lavando meu rosto parece que nada mudou, era como se fosse beleza natural, meu óculos havias sumido e meu uniforme também, em seu lugar estava vestida com uma calça que vinha até a metade da batata da perna, uma camiseta loga que chegava a tampar a bunda e possuía um cinto que destacava minha cintura, ela era branca com alguns detalhes vermelhos, eu calçava uma sapatilha estilo Jollie preta, minhas unhas estavam compridas e decolaras com um glitter clarinho, no começo me assustei mas depois até que gostei; saia do banheiro e fui direto a direção para me liberarem para ir ao médico, foi até rápido a liberação, fui pegar minha mochila na sala mas ela havia sumido, os meus colegas de turma disseram que quando entraram ela já havia sumido e os monitores tinham certeza de que tinha trancado a sala para o intervalo, segundos depois fui informada de que meus pais já haviam chegado para me buscar, sai correndo para o estacionamento, mas alguma coisa aconteceu neste percurso, pois em um piscar de olhos já estava perto do carro, meus pais se assustaram ao me verem, não pelo fato da minha aparencia estar diferente, mas também pelo fato de mim ter chegado muito rápido, entrei no carro sem dizer nada, aquele dia já estava mais do que estranho, e para piorar quando o carro parou no farol um pássaro passou pela minha janela e por incrivel que pareça eu entendi o que ele tinha dito, ele estava cantando, uma música que não conhecia, me assustei com aquilo, meu dia não podia ficar pior.


Notas Finais


Obrigada por lerem
Até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...