História As Cores do Céu - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 4
Palavras 554
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Ficção, Magia, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


No Capítulo Anterior...

No fim de semana Amanda recebeu um pedido de ajuda de uma das amigas de sua maior inimiga, ao chegar à cada de Camila ela percebeu que a mesma estava deitada fraca na cama com os braços em cortes profundos e ensanguentados, ao salvar a sua vida Amanda muitas pessoas começaram a pedir ajuda dela, ela estava se tornando popular.

Capítulo 4 - Meu Monstro Interior


Fanfic / Fanfiction As Cores do Céu - Capítulo 4 - Meu Monstro Interior

Dois meses depois...

Nunca imaginei que seria popular, mas desde que salvei a vida da Camila, muitos começaram a pedir minha ajuda, e comecei a ter muitos amigos, bem mais do que imaginava que teria, mas como nada é para sempre, isso também acabou
Na hora da saída alguns amigos me disseram que seria transferido para a nossa sala um grupo de amigos que era conhecido na escola por atazanar muitos alunos, como sempre disse que os defenderiam mas disseram que mesmo com os meus poderes não conseguiria vence-los. No dia seguinte lá estava eles quase batendo em um menino que sem querer tinha esbarrado na namorada do líder deles, me aproximei e comecei a levitar todos eles antes que batessem no garoto, quando o mesmo correu me agradecendo os coloco no chão novamente e entro na sala sentindo o olhar deles sobre mim

       -------Quebra de Tempo------

Na hora do intervalo assim que sai da sala fui cercada por aquele grupo que impedi que batessem no garoto mais cedo, eles me olhavam sérios com as mãos nas costas escondendo algo, foi quando o líder gritou:

       L - AGORA

Na mesma hora todos ao redor de mim começaram a lançar comida em mim, lançavam pães, ovos, molhos, entre vários outros alimentos e bebidas, além de me chamarem de nomes humilhantes. Não estava mais aguentando aquilo, quando tentava usar a minha magia eles tocavam algo na minha mão ou em meu rosto me desconcentrando, estava ficando raiva com aquilo, olho por trás dos ombros deles e vejo meus "amigos" rindo, incluindo a Camila, minha raiva me consumiu, dei um grito e uma explosão azul que acabou lançando todos que estavam por perto para trás, assim que a poeira abaixou todos me encaram com surpresa e medo, minha raiva ainda estava grande, queria que todos pagassem pela minha humilhação, meu corpo começa a brilhar né transformando em uma criatura alada, me olho na janela e gosto do que vejo, surgiram duas asas bem grande nas minhas costas, meus pés não tocavam mais o chão, estava com um vestido negro e azul escuro, meus olhos estavam negros e ao redor deles parecia que pegava fogo, não era só meus olhos que pareciam estar em chamas, meus cabelos pareciam brasas de uma fogueira, estavam com todos os fios para cima balançando, olhei para todos com raiva e dei um sorriso malicioso, comecei a soltar vários feitiços que batiam em alguns no meio da correria, estava tomada pela raiva, foi quando ouvi uma voz familiar, olhei para trás e vi a minha mãe com a minha irmã, ao olhar para as duas me acalmei retornando a minha forma original, quando meus pés tocaram no chão novamente me aproximei delas, minha mãe me olhava com certo temor, mas não era apenas ela:

       M - Filha o que você fez?
       A - Eu não sei, fiquei tomada pela raiva, desculpa
  
Estava com o rosto coberto pelas lágrimas, fui tentar abraçar ela mas a mesma recuou e me encarou seria:

         M - Eu não queria fazer isso mas você não me dá escolha... Amanda não quero mais você perto dos meus filhos, perto da minha família, não quero mais você na minha casa
         A - Espera você está né expulsando de casa?
         M - Sim, pegue suas coisas e vai embora ainda hoje


Notas Finais


Obrigada por lerem
Até o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...