História As cores e o cubo mágico - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jungkook, Taehyung, Taekook, Vkook
Exibições 123
Palavras 2.144
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Fluffy, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi gente, eu voltei com uma ?shot.
Não sei quantas partes vai ter sacas?

Faz um tempo que eu estou querendo postar uma história envolvendo o cubo mágico, era uma coisa de doido porque toda vez que eu montava ele eu sentia uma vibe inspiradora... Só que eu esquecia, agora que estou de férias eu resolvi colocar em prática.

Achei a ideia meio nheca mas eu estava querendo escrever algo, ficou meio cocô? Talvez, mas a vida que segue.

Enjoy!

Capítulo 1 - O menino das cores


- LEVA ESSE CÃO PARA PASSEAR MOLEQUE! – ih lá vem a mulher... Jeongguk que estava relaxado sobre a cama quase ficou cego de tanto revirar os olhos. – ELE TÁ DEPRESSIVO JEONGGUK, OLHA ELE!

- Aish eu só queria aproveitar o meu primeiro dia de férias! – ele exclamou bolado, estava assistindo desenho na televisão, trajando um belo pijama do Iron Man e usando suas meias também do Iron Man. – Me deixa mãe!

- NÃO SENHOR!
- PARA DE BERRAR MULHER!

- SÓ PARA SE LEVAR ELE PARA O PARQUE!

- MAS QUE SACO, VAMOS LOGO FISH! – ele pegou o cachorro e prendeu na coleira, levou um saquinho para futuros cocôs e colocou seus tênis, assim saiu para a rua todo frustrado.  – Fish não me entenda mal, eu te adoro muito mas eu também sou preguiçoso... Precisa ter paciência comigo tá?

 Logo que chegou no parque que está bem vazio pelo horário ficou admirando as árvores de folhas alaranjadas e aquelas outras folhas marrons espalhadas pelo chão, ele adora a primavera por ser colorida mas o outono é sua segunda favorita.

- Vai Fish, seja feliz. – soltou ele da guia e deixou o cão rolar na grama e correr alegremente, ficou olhando as cores da vegetação até notar outra coisa colorida.

Um cubo mágico sendo montado em segundos por um garoto de cabelo rosa e um moletom azul e uma calça branca rasgada e um tênis vermelho, todo colorido.

- FISH! – berrou assim que, depois de acordar do transe, viu ele lambendo o garoto colorido. – Desculpa, ele é meio folgadão.

- T-tudo... Bem. – o outro menino murmurou sem olhar Jeon nos olhos, ele se encolheu todo assim que o garoto de cabelos negros sentou ao seu lado, ele é muito tímido e tem vergonha de falar com desconhecidos.

- Como consegue montar tão rápido? Eu nem consigo fazer uma cor direito. – Jeongguk disse exalando curiosidade, já o outro menino não sabia aonde enfiar a cara de tão envergonhado que ficou. – Sou Jeon Jeongguk mas se quiser me chamar de Kook tudo bem.

- Sou... T-Taehyung... Kim Taehyung. – ele disse baixinho e olhando os tênis vermelhos, para retribuir a simpatia do outro resolveu completar. – Pode me chamar de Tae.

- Tudo bem então, Tae. – Jeon disse sorrindo mostrando seus dentes avantajados, de certa forma isso deixou Taehyung mais a vontade e por isso sorriu minimamente, mas já era alguma coisa. – Em quanto tempo monta?

- Uns 30 segundos mas estou tentando melhorar isso. – ele respondeu já sem gaguejar. – É tudo questão de prática... Não é tão difícil como parece.

- Você tem um sotaque diferente, é novo aqui em Seul? – Kim concordou olhando o cachorro se esfregando na grama ao fundo, achou o animal bem estranho. – De onde?

- Daegu. – respondeu agora olhando nos olhos escuros de Jeon, notou seu formato amendoado e o brilho dele tornando-o de feição infantil. – Me mudei semana passada... Mas já vim para cá antes por causa da escola, fazer esses negócios de transferência.

- Ah sim... – uns pinguinhos começaram a cair e atingir na face dos dois meninos, se despediram desajeitadamente e correram em direções opostas.

Jeongguk olhou a figura colorida e encharcada correndo e no mesmo instante o Taehyung olhou para trás e os olhares de ambos se cruzaram, porém nada foi feito.

 

 

 

 

 

 

 

- Oh entre, pagará um resfriado! – a mãe de Jeongguk o puxa para dentro e o enrolando em uma toalha.

- Culpa sua. – resmungou subindo para o quarto para tomar um banho quente, chuva no outono é bem gelada, assim que saiu do banheiro que mais parecia ser uma sauna resolveu relaxar , ao fechar os olhos se lembrou do garoto colorido do cubo mágico.

Ficou um pouco intrigado, pois ele tinha um semblante triste, totalmente o contrário do que as cores de sua vestimenta transmitiam.

 

“Viado” – Jimin

“Que foi estrume?”

“Eu estava ajudando meu pai na cafeteria né, aí

tipo assim, Min Yoongi deu o ar da graça lá...

todo suado e segurando uma bola de basquete” – Jimin

 

“Legal, e eu com isso?”

“Ah grosso!”

“Mas então, ele arranjou um papo com meu pai e tipo

do nada minha mãe brotou e começou a conversar junto

eu até senti uma invejinha mas optei por ficar secando prato.”

         “Aí eu ouvi minha mãe dizer que eu também gosto de basquete,

Vem a melhor parte... ELE ME CHAMOU PARA

JOGAR AMANHÃ!”  - Jimin

“Noossa que incrível”

“E você vai vir junto.” – Jimin

“O caramba que vou, quero sossego!”

“Ótimo, amanhã eu passo aí umas 14:00” – Jimin

 

 

 

- Nem adianta discutir com esse coiso. – resmungou apagando a luz e sentindo Fish fedorento subir na cama. – Ah Fish!

 

 

 

 


####

 

 

 

 

 

 

Ao acordar colocou uma calça de moletom, uma camiseta larga e uma faixa laranja sobre a testa, respirou fundo e foi atender o amigo que já destruía a campainha.

- Poxa vida Je... pfffff... QUE ROUPA É ESSA?! – ele berrou gargalhando na cara do coitado. – Minha nossaa!!!

- Que foi? Para de rir disgrama!

- Vai se trocar, não quero ser visto na rua com você desse jeito. – empurrou Jeongguk para dentro de novo. – Oi tia.

- Oi Jimin... Nossa filho que mau gosto é esse? Tira essa roupa horrorosa. – até a mulher não conseguiu segurar a língua, Jeongguk achava que esta seria uma roupa ideal para dizer que é esportista, deu ruim.

 

Depois, devidamente arrumado, saíram até o mesmo parque da tarde anterior e foram direto para a quadra de basquete onde alguns garotos estavam sentados no chão conversando.

- Oh Jimin que legal que veio e ainda trouxe um amigo! – Yoongi, ele é um ano mais velho que Jeon.  – Ainda bem, um time iria ficar desfalcado.

 

- Alego que sou ruim no basquete. – disse rindo.

A partida se iniciou e até que Jeongguk estava indo bem.

Até que estava.

Quando ele estava esperando para receber a bola de um garoto chamado Namjoon viu ao fundo uma figura colorida andando distraidamente montando seu cubo várias e várias vezes, achou que não veria Taehyung novamente e por isso acabou por moscar legal.

Recebeu uma bolada na cabeça e um outro garoto chamado Hoseok indo de encontro consigo.

Este que também perdeu o foco assim que viu o garoto colorido.

- EI QUEREM PARAR DE MONGAR E JOGAR? – Jimin berrou do outro lado da quadra, Kim acabou olhando para eles e encontrou os olhos amendoados e escapou um pequeno sorriso que foi retribuído.

- Vocês se conhecem? – Hoseok pergunta ao ver que o sorriso foi direcionado para o garoto do lado. – Hein Jeongguk?

- Oh? Ah... Eu conversei com ele ontem... Pessoal eu já volto! – exclamou ouvindo os outros dizerem “A gente já ia descansar mesmo”, correu para o mesmo banco e o entrou sentado de olhos fechados. – Oi Tae.

- AAH!

- AAAH!

- Que susto. – disse sentindo os batimentos descompassados. – Por que veio aqui? Volte a jogar.

- Não quer minha companhia? – perguntou fingindo estar triste.

- Não, longe disso! – disse rapidamente fazendo Jeongguk rir. – Aish bobo... É só que... Sei lá, seu... Nariz... Tá sangrando.

- É O QUE?! – ele colocou os dedo na frente do nariz e os viu cheio de sangue. – MINHA NOOSSSAA EU VOU MORRER DE HEMORRAGIA NAZAL!

- Calma! – Taehyung tirou sua bandana vermelha do bolso e colocou no nariz de Jeon para estancar o sangue. – Relaxa, vai parar logo.

- Hm obrigado Tae. – os dois ficaram um bom tempo conversando enquanto os outros garotos resolveram jogar com um time menor mesmo, Taehyung aos poucos foi perdendo a timidez perante o novo amigo e isso o deixou impressionado já que na vida teve apenas dois amigos próximos. – Quer ir jogar?

- Eu sou ruim em esportes... Acho melhor não. – a maior motivo é que ele não quer cumprimentar os outros garotos, muitos acham que ele é arrogante sendo que na verdade ele trava e acaba não falando ao menos um “oi”.

- Então pelo menos venha assistir. – disse já o puxando sem conter um sorriso, percebeu que Taehyung também sorriu, na verdade ele riu e Jeongguk se encantou pela risada bonitinha dele e o formato da boca diferente. – Terá que torcer por mim.

- Farei isso. – respondeu já se escondendo atrás do menino de cabelos negros assim que adentrou a quadra chamando a atenção dos outros garotos que pararam de jogar para ir até os dois.

- Gente este é Kim Taehyung, um novo amigo meu. – apresentou o menino de cabelo rosa que deu apenas um tchauzinho. – Ele é tímido. – Jeon disse apenas mexendo a boca fazendo os outros entenderem a situação. – Ele é novo em Seul.

- Seja bem vindo Taehyung. – Yoongi disse receptivo como sempre. – Eu sou Min Yoongi.

- Eu sou Kim Namjoon, bem vindo Taehyung. – o garoto de lábios fartos se apresentou.

- Meu nome é Kim Seokjin, prazer em lhe conhecer. – Jin como sempre com sua cordialidade.

- Park Jimin, seja bem vindo Taehyung.

- Oi, sou Jung Hoseok. – o rapaz de cabelos laranjas se apresentou com seu enorme sorriso. – Vai jogar com a gente?

- N-não... E-Eu...

- Ele não vai, irá ser a torcida. – Jeon interferiu passando o braço sobre os ombros dele o levando a um canto com sombra e onde ele possa encostar as costas e se sentir mais confortável. – Cuidado para não levar uma bolada.

- Puxa obrigado pelo concelho. – disse irônico. – Faça muitas cesta!

- Só se torcer por mim, irei fazer uma cesta em homenagem ao meu amigo todo colorido. – Taehyung riu do jeito bobo do garoto mas logo parou para dar lugar ás bochechas ruborizadas ao notar que Hoseok o encarava.

- VAI JUNGKOOK FAZ ESSA MERDA DE CESTA! – Jimin berrou ao jogar a bola na direção do mais novo que a pegou e logo jogou na tabela resultando em um acerto perfeito. – AAAEEEEE A GENTE GANHOU SEUS RUIM!

- UOOOOU EU FIZ UMA CESTA! – Jeongguk gritou ainda chocado pela sua capacidade, olhou para Taehyung e o viu rir e bater palmas.

- Eu torci por você mentalmente. – Taehyung disse assim que Jeon sentou ao seu lado. – Minha mente é poderosa.

- Só consegui porque você torceu, na verdade eu sou um ser humano desprovido de habilidades esportivas. – admitiu gargalhando assim como Taehyung. – Em que série está?

- Eu tenho 13... Vou fazer 14 no mês que vem... Eu estou indo para o primeiro ano. – respondeu tirando a sujeira da calça de cor vinho.

- Eu fiz 13 este ano e também vou para o primeiro ano. – Jeon puxou o menino de cabelo rosa para junto dos outros garotos.

- Vamos comer um lanche. – Yoongi diz com a mão sobre a barriga. – Eu estou quase sem estômago.

- Que tal a cafeteria do meu pai? Lá tem lanche também e nem precisa pagar, eu irei. – Jimin disse empolgado, mentira o pai dele estava devendo uns favores e ele iria usar isso como desculpa. – Vamos Taehyung?

- Ham... – ele olhou para Jeon já que é o único com quem tem um pouco mais de intimidade, o mesmo lhe lançou um sorriso pequeno e acabou por aceitar o convite e foi com os meninos.

Hoseok ficou o caminho todo observando os belos olhos compridos de Kim Taehyung, seus lábios rosados e ouvindo sua voz grave e macia de ouvir, foi como uma paixão instantânea que o atingiu com força e não consegue parar de encarar tal garoto e por isso tenta pensar em inúmeras maneiras de se aproximar do garoto.

Mas se incomodou, pois Jeongguk não largava do lado dele, precisa descobrir uma maneira de se enfiar no meio deles e talvez separar o empecilho de seu alvo.

 

 

 

 


###

 

 

 

 

Durante as férias, os garotos adquiriam uma rotina de pelo menos duas vezes por semana jogavam algum esporte ou simplesmente ficavam fazendo nada e com isso conseguiram se tornar mais próximos do garoto de cabelo rosa que se mostrou um garoto divertido, engraçado e cativante.

Com as aulas de volta, esses encontros diminuíram mas eles ainda se viam todos os dias no intervalo.

Jung Hoseok a cada encontro ficava cada vez mais atraído pela aura inocente e colorida do menino e tenta inúmeras maneiras de chamar atenção dele e quem sabe se tornar mais próximo do que Kim e Jeon.

E ele realmente conseguiu, Taehyung se sente mais a vontade com ele e até mesmo trocam mensagens, aumentando a esperança de Hoseok, ele contou para os amigos que está realmente interessado no menino novo e todos eles zoaram ele mas deram total apoio para ele seguir firme.

Jeon não sente esse sentimento e essa atração toda, porém sente muita vontade de ficar perto de Kim para protegê-lo e para conversar sobre seus gostos em comum e ouvir as histórias dele em sua cidade natal, se diverte com as caras e bocas dele e adora vê-lo ruborizado.

Ele acha que Taehyung chegou a um nível de melhor amigo.

Será mesmo? Ou será que ele apenas esconde?


Notas Finais


Sei que tenho que postar o último capítulo da fic do campo, mas eu estou de bloqueio e não sai nada dessa bagaça fracassada que eu insisto em chamar de cérebro.

Espero que tenham gostado desse primeiro capítulo, eu estou meio insegura com ela...

Beijo Beijooss!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...