História As Crônicas De Ilvermorny E a Poção Pythonissam. - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Animais Fantásticos e Onde Habitam, Harry Potter
Personagens Personagens Originais
Tags Animais Fantásticos, Harry Potter, Ilvermorny
Visualizações 19
Palavras 1.545
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Fantasia, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Segundo capitulo! Eu realmente espero que gostem!

Capítulo 2 - A Comunidade Bruxa Norte-Americana


Fanfic / Fanfiction As Crônicas De Ilvermorny E a Poção Pythonissam. - Capítulo 2 - A Comunidade Bruxa Norte-Americana

As crônicas de ilvermorny E  a Poção pythonissam.

 

*Capitulo 2*

A comunidade bruxa Norte-Americana

 

James não podia aguentar de tanta ansiedade, recebera sua carta de aptidão de Ilvermorny na segunda, e agora, Sexta-Feira de manhã, James estava feliz em saber que hoje visitaria o “Magic Square”, Sua mãe lhe contará que um  homem muito gentil a explicou como funcionava a comunidade bruxa, Por isso já estava mais acostumada, James pegara sua mochila e ia para a escola, sua última semana de escola, daqui a uma semana estaria aprendendo uma coisa totalmente nova, James se sentiu diferente das outras pessoas de alguma forma, mas agora, James já sábio o que o tornava especial. -Meu bruxinho! Por enquanto você ainda é um garoto normal, então desça e vá para a aula!- Lauren, o chamava pelo andar de baixo, com os pensamentos ainda lá longe em Ilvermorny, James fechou sua mochila e desceu, -Tchau mãe- em um tom desanimado James dizia enquanto deu um beijo e um abraço apertado na sua mãe, Lauren olhou James sair como de costume meio triste, quando James passou pela porta Lauren pensou em voz alta-Ah meu Jimmy, tudo vai mudar, eu prometo-.

James agora andava de bicicleta a caminho da sua escola, a “Barbieri Elementary school”, James andava de bicicleta ainda imaginado...e imaginado cada vez mais a respeito de Ilvermorny, quantos alunos deve ter? será que os terrenos da escola são grandes? Ou será que tem criaturas magicas no castelo?, James quase se esbarrava com o menino da 7 serie que também ia para escola -Não olha por onde anda? Você é um bobão mesmo!- Gritou o menino e pedalou mais rápido, James pedalou calmamente, -Calma James, Só mais alguns dias nesse lugar- pensou James, James ao chegar na escola, colocou a bicicleta em frente a escola e entrou, -James querido, como vai?- A senhora Brutsfield perguntava, A senhora Brutsfield era a bibliotecária da escola, era uma mulher baixinha, gordinha, que usava sempre o cabelo curto soltp, com dois óculos redondos quase maiores que seu rosto, era a única amiga que James tinha -Estou bem senhora Bruts- falou James-Tem certeza?- Repetiu a senhora Brutsfield,-Sim, estou bem, agora tenho que ir, já devo estar atrasado, Sim, James estava atrasado 15 minutos, A senhora Brutsfield sorriu gentilmente e tomou o caminho a biblioteca, James ainda olhava a sua amiga, suspirou de alivio por ver alguém que não iria pegar no pé dele só por que era diferente de alguma maneira que não conseguia explicar dos outros, pelo agora sabia que era diferente pelo fato de ser um bruxo. James tomou seu caminho até a sala.

James entrou na sala, olhou todos os alunos que o encaravam-Sente se Lochener- a professora de James disse, James se sentou na ultima cadeira e tirou seu caderno da mesa, James sabia desenhar, ele era realmente um desenhista muito bom, começava a desenhar ele, vestido com uma longa capa preta e o chapéu de bruxa cômico na cabeça, na mão segurava uma varinha, que conjurava um belo Pato prateado, James não sabia por que desenhou um pato, Sei lá, gosto de patos-James pensou, -Professora, eu queria saber se pode desenhar na aula- falou uma menina de cabelo ruivos cor de fogo, com sarda e bem magricela-É claro que Anne, que pergunta é essa?- Disse a professora,-Então por que Lochener está desenhando patos voadores?- disse Alice, a sala toda deu risada-Silencio!- Disse a professora, e foi até a carteira de James, e falou no ouvido dele -Estou cansada de você atrapalhando minha aula com essas tolices, Sexta que vem estará de detenção- A professora disse com rispidez e voltou a dar a aula, James corava, os olhos lacrimejavam, fechou seu caderno e guardou na mochila, fazendo força para não chorar, James pegou a sua agenda pronto para marcar a sua detenção, mas a folha do dia 1 de setembro de 2017 estava cheio de desenhos felizes, com castelos, varinhas, bruxos e unicórnios, e bem nomeio estava escrito:

“DIA DE IR A ILVERMORNY!”

James fechou a agenda, enxugou as lagrimas e sorriu, ele não iria para detenção com a chata professora de matemática, estaria no momento em um trem indo para um lugar cheio de magia, literalmente.

A aula havia acabado e James saiu correndo pelos corredores da escola com sua enorme mochila balançando com o peso, James pegou sua bicicleta e pedalou o mais rápido possível até casa, ao chegar em frente a casa, jogou a bicicleta na garagem e entrou correndo em casa,-Mãe!Mãe! Está pronta? Vamos!- Lauren acabará de voltar do negócio d a família Lochener, A floricultura “Loch´s flowers”, Lauren estava com uma calça jeans e um suéter azul, carregando no braço direito uma bolsinha de couro, -Vamos sim!- Disse Lauren sorrindo guardando as passagens na bolsa, James Lauren saíram de casa sorrindo de mãos dadas até a estação de ônibus mais perto, Entregaram o bilhete ao cobrador e se sentaram no fundo do ônibus, James na janela é claro, para deixar sua imaginação voar mais longe como de costume, A viagem foi tranquila, porém longa, ao chegarem Nova York, James e sua mãe pegaram o famoso taxi amarelo até o hotel, ao chegar lá, não Vou mentir, o Hotel não era o melhor de Nova York, mas era bem aconchegante, James ao chegar no quarto se deitou em sua cama e adormeceu, estava muito cansado com a viagem de 5 horas.

James acordara no outro dia extremante animado para ter seu primeiro contato com a comunidade bruxa, James colocou uma camisa básica, uma calça Jeans, e um casaco, apesar de estar no mês de Agosto, Nova York acordou com uma manhã nublado com 16 graus, James desceu até o Lobby do Hotel com sua mãe, O homem que sua falara já estava lá, ao ver James e Lauren, deu um sorriso simpático -Olá senhora Lochener, como vai?-disse o homem apertando a mão de Lauren, depois virando a James- Olá Bruxinho, eu me chamo Percy McMiller, trabalho na MACUSA, no departamento de Leis e Direitos de No-Majs e Nascidos, trabalho na sessão para ajudar você, bruxo menor de idade a conhecer melhor o mundo magico- Percy sorriu para James gentilmente, James retribuiu o sorriso- Então vamos?- Disse Percy saindo do hotel, pedindo para que James e Lauren o acompanhem, James e Lauren o acompanharam, Eles andaram pelas ruas de Nova York por uns dez minutos até chegar a um beco, Lauren parecia apreensiva com o lugar deserto,-Fique tranquila senhora Lochener- Disse Percy sorrindo, pegou sua varinha do grande casaco de couro, apontou para o muro do beco e disse “Jinx de Groselha”, O muro começou a se abrir, James arregalou os olhos boquiaberto com o que vira, Uma grande rua com vários bruxos e bruxas com caldeirões e chapeis pontudos andando de um lado para o outro trabalhando e fazendo compras, Percy pucou gentilmente James e a senhora Lochener para dentro do lugar para evitar os olhares curiosos dos No-Majs que poderiam passar por ali,-Bom, Bem vindos ao Magic Square, James começou a andar sendo guiado por Percy ao lado de sua mãe, a mãe de James já estava com os Dragots (Dinheiro bruxo americano) dentro da bolsa, que havia recebido de Percy, James entrou em uma loja chamada “Madam Olimpy” que vendia vestes, comprou suas vestes de Ilvermorny, que eram lindas, Azuis e Groselha, também comprou sua luva de dragão, logo depois foi a uma loja chamada “Lunascopio´s” e comprou todos os livros que precisava, havia também comprado uma bela coruja das neves, que deu o nome de Nix, Agora só faltava uma coisa, James estava bem ansioso, a varinha magica, James entro em uma loja chamada:

“Varinhas Wolfe”

“Varinhas de qualidade desde 1692”

James entrou na loja, Percy e sua mãe esperam lá fora comprando algumas outras coisinhas, Um homem de cabelos grisalhos e curtos, de olhos com cor do oceano e baixinho apareceu vindo dos fundos da loja  e sorriu -Olá James Lochener- James arregalou os olhos e antes de dizer algo o homem disse -Uma varinha para o senhor não é? Humm, vamos ver..- O Homem pegou umas caixinhas de varinha, James pegou e deu uma balaçada que fez quebrar o vidro da janela dos fundos da loja, depois de outras tentativas com as outras varinhas, só sobrara uma, James pegou e sentiu a varinha tremer e solta pequenas faíscas, O homem sorriu – Essa é a sua varinha senhor Lochener... Madeira de carvalho negro, 28 centímetros, inflexível... com o núcleo de raspas de chifre de Serpente-Chifruda... seria essa a sua casa em Ilvermorny? Saberá daqui uma semana..- O vendedor sorriu-Obrigado senhor-Disse James-Mas posso te fazer uma pergunta que venho me intrigando desde quando entrei na loja?- O Homem sorriu- Como eu sabia que seu nome é James Moon Lochener?- James arregalou os olhos e confirmou com a cabeça, -Eu possuo o dom de Legilimencia James, posso ler a mente dos outros- Disse o homen-, James sorriu- Isso é legal, acredito- Disse James pagando o Homem- Obrigado senhor..-James leu o crachá do Homen- Theodor Wolfe- Theodor Wolfe sorriu, James retribuiu o sorriso e saiu da Loja, James feliz que havia comprado tudo que precisara, não podia esperar a chegar no Hotel e ler todos aqueles livros e se informar ao máximo da comunidade bruxa Norte-Americana.

 


Notas Finais


Espero que Gostem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...