História As Desventuras de Jung Hoseok - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Vhope
Visualizações 24
Palavras 1.226
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura :3

Capítulo 4 - Enfim o secretário novo.


Fanfic / Fanfiction As Desventuras de Jung Hoseok - Capítulo 4 - Enfim o secretário novo.

Sábado

Eu estava mostrando algumas fotos sobre a competição na qual eu vou participar para o Jimin, estávamos conversando sobre dança e coisas do tipo, e o Park parecia realmente interessado em participar, mas, infelizmente, você tinha que ser convidado assim como eu e o Yoongi fomos. 

Quando a produtora convida os participantes não é vão, você já tem que ter participado de competições anteriores umas seis vezes e ter ganho, pelo menos, três vezes. Desse jeito você mostra que tem interesse na área. 

O que eu sei sobre essa disputa é que apenas duplas são permitidas, ou seja, nada de solo ou grupos, o que para mim é injusto já que existe vários solos e grupos ótimos, porém que são privados de participar do South Star's Rapper&Dancer por não serem uma dupla. 

Bem, também sei que tem que ter um dançarino e um rapper, ava. Há competições masculinas, femininas e misto. 

E, obviamente, as duplas se competem, para, no final, ganhar um prêmio em dinheiro e mais alguma coisa surpresa que em todas as competições eles dão.

Várias das duplas ligam apenas para o prêmio e nada mais, sobretudo eu e Yoon somos diferentes. 

O branquelo trabalha em uma gravadora e nós já até gravamos uma música e um MV, enquanto ele fazia rap, eu performava. Depois postamos em um site que criamos justamente para isso. 

Rapidinho aqui, eu já disse que eu e ele somos que nem queijo com goiabada? Combinamos muito, eu sei. 

Voltando ao assunto anterior, porém como somos anônimos ainda, não tivemos muita repercussão e por isso queremos participar desse concurso. Mesmo que nós não ganhemos, pelo menos vamos nos tornar "visíveis" e, assim quem sabe, realizar o sonho do Yoongi de ser rapper profissional. 

— Eu sou ótimo dançando! — Jimin praticamente gritou quando clicou em um vídeo e uma dupla começou sua apresentação. 

— Quero ver se é ótimo fazendo seu trabalho também. 

Eu e Jimin seguramos um grito que ficou preso na garganta feito um nó e só se suavizou quando vimos que era Jin na nossa frente com aquela carinha de poucos amigos. 

— Sou ótimo também, senhor Kim. — o Park disse sorrindo amigavelmente e foi se sentar na sua cadeira. 

O mais estranho disso tudo não foi Jimin sorrir de forma simpática para Jin sendo que ele não o suporta, e sim Seokjin sorrir de volta e assentir com a cabeça. 

— Hoje meu secretário novo chega, porém enquanto ele não chega, você fica como o meu secretário ainda. Não se preocupe, Siwon não está se importando com isso. — o Kim disse entrando em sua sala e antes que ele pudesse entrar totalmente, ele se virou para nós e completou: — E bom dia para vocês. 

Meu queixo caiu até o chão e olhei para Jimin que se encontrava no mesmo estado. Por um momento pensei ter escutado errado, mas a expressão de incredulidade do Park afirmava que o que eu escutei tinha sido real. 

Desde quando Kim Seokjin é educado?

Desde quando Kim Seokjin dá bom dia para os funcionários do escritório?

Desde quando Kim Seokjin ME dá bom dia? 

E com essas e outras perguntas que eu comecei a trabalhar, afinal, alguns clientes já estavam começando a chegar. 



O dia lá fora estava passando lentamente e um ventinho gélido era soprado; o sol estava no céu apenas para enfeite porque ele não estava esquentando nada. Devia ser por isso que quase ninguém apareceu por aqui, nem mesmo meu chefe. 

 Ele devia estar curtindo o dia em algum hotel 5 estrelas com o namorado gostosão dele enquanto o escravo dele, vulgo, eu, Jung Hoseok estava no escritório remarcando as consultas e pedindo desculpas para àquelas pobres pessoas que foram até lá no escritório para tratar de divórcios ou guardas compartilhadas dos filhos. 

O pior era que essas pessoas pensavam que eu estava mentindo em relação ao Kwon Jiyong não estar no momento e ainda ficavam bravas comigo. 

Espera, para tudo, esquece que eu estava reclamando segundos atrás do meu chefe e foca aqui: 

Está entrando um rapaz que deve ter uns 20 anos, bem, ele é bem bonitinho mesmo que esteja com o capuz levantado e eu não consiga ver direito seu rosto.

Ele está olhando o lugar com a maior cara de perdido do mundo e está andando lentamente para a minha mesa. 

Olho Jimin e ele está praticamente secando o garoto com os olhos, esse aí não nega que é atirado. 

— Boa tarde. Se o senhor veio falar com Kwon Jiyong ele não está, ent- 

— Kwon Jiyong? Quem? — ele me interrompe e me olha com a maior cara de perdido do mundo ainda. — Eu estou esperando meu amigo. 

Só então eu percebo que pode se tratar de um assalto. Ele está olhando minuciosamente cada canto dessa sala, mesmo que esteja com cara de perdido. Suas mãos estão dentro do bolso do casaco, para, provavelmente, esconder a arma do crime. E ele está esperando o comparça dele! 

Respiro fundo e tomo coragem para me referir a ele. Tomo cuidado em cada movimento meu, senão eu posso acabar sendo morto. 

— Senhor, eu vou pedir para que se retire do ambiente. Você está causando um desconforto nas pessoas aqui presentes. — falo o mais calmo possível. 

Alguns segundos depois eu escuto ele rir, e, caramba, a risada dele é mais escandalosa que a minha! 

— Que pessoas? — ele pergunta ainda rindo. 

Eu olho ao redor e quero me bater por ser tão estúpido, pois não tinha ninguém mais ali a não ser eu, Jimin e esse cara que não para de rir. Ele não conta, o Jimin também não já que ele não está aparentando estar incomodado e sim gostando daquele rapaz ali.

Chego a conclusão que eu sou o único incomodado ali. 

Vejo pelas portas de vidro outro rapaz se aproximando e tenho certeza que era aquele tal amigo que esse rapaz está esperando. Apesar do outro estar arrumado isso não quer dizer que ele não vai me assaltar, não é? 

— Minha santa protetora dos briocos, proteja o meu, por favor. — rezo baixinho e de olhos fechados. 

Escuto novamente aquela risada escandalosa preencher o ambiente e agora sendo acompanhada pela a do Jimin. Abro meus olhos rapidamente e vejo o Número 1 (número 1 porque ele chegou primeiro) rindo sem parar e o Número 2 me olhar um pouco sem entender. 

— O que você fez com ele, Taehyung? — pergunta o rapaz arrumado dando uma cotovelada no outro.

— Não fiz nada, eu juro. — o tal Taehyung diz ainda rindo e secando algumas lágrimas nos cantos dos olhos. 

— QUE BAGUNÇA É ESSA? — Jin grita da porta da sala dele e nos olha bravo. 

Pelo menos Taehyung parou de rir, deve ter se assustado também. 

— E-eu sou Jeon Jungkook, sou o novo secretário do Kim Seokjin. — o rapaz arrumado diz com os olhos arregalados olhando para Jin que ainda nos olhava bravo. 

— Eu sou Kim Seokjin. Entre, vamos tratar da sua contratação. 

Vejo Jungkook engolir em seco e seguro um riso, depois de toda essa vergonha que eu passei pensando que eles iam me assaltar, eu tinha que me divertir um pouco. 

— Boa sorte. — o tal Taehyung diz e se senta em uma poltrona de espera. 

É, Jeon Jungkook realmente irá precisar de sorte.



Notas Finais


Jeon Jungkook e Kim Taehyung deram as caras....


Vejo vcs no próximo
Kissus *3*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...