História As Dores Do Silêncio - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Vhope, Yoonmin, Yoonseok
Visualizações 77
Palavras 1.660
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpem se o capitulo não for grande...
Alguns imprevistos surgiram e meu está mínimo
Já madrugada aqui mas vou me esforçar pra dar o melhor conteúdo pra vcs
Boa leitura ❤❤

Capítulo 9 - Medo,Dúvida e Desespero (parte 02)


 

Hoseok On

Por quê eu tinha que vê-lo  justo agora? A vida de repente se tornou bem irônica, o que não está sendo nada agradável.

Passei entre a multidão de pessoas puxando Jungkook e Jimin comigo, sei que ambos estão com a maior cara de patetas sem entender, mas tudo o que eu queria era sair dali antes que tivesse que obrigá-los a presenciar uma das cenas mais drásticas de suas vidas. Contive o impulso de atravessar aquela rua e socar a cara de Taehyung até ele perceber o quanto foi idiota fazendo isso. 

Saí dos meus devaneios quando senti um puxão pra trás.  Me virei meio atordoado dando de cara com um Jimin e um Jungkook com expressões tão irritadas que jurava que iam me espancar ali mesmo. Bem que isso serviria se pudesse acabar com minha vida de uma vez.

-Sr.Jeon Hoseok! Poderia por obséquio explicar o que foi isso?!-Jimin exclamou já impaciente com os braços cruzados.

-O quê?-tentei disfarçar fazendo cara de paisagem e forçando um sorriso.

-Não fique se fazendo hyung. Hoje você ficou toda a manhã encolhido e estranho. Agora nos arrasta como bonecos sem mais nem menos, e ainda finge que não aconteceu nada?! Nós não somos tão idiotas assim, e sabemos que há algo errado, então trate de desembuchar de uma vez!-Jimin quase gritou e pude sentir a aura negra que se formava ao seu redor. Apenas baixei a cabeça sem o menor jeito para encará-lo.

-Hyung...Somos seus amigos e nos preocupamos com seu estado. Pode se abrir com a gente,  você sabe que nunca houve segredo entre nós,não sabe? Então não adianta nos ignorar e tentar disfarçar porque não vai funcionar,e você sabe que quando queremos algo, realmente conseguimos. -Jungkook falou em um tom sereno enquanto afagava meus cabelos, me acalmando e me fazendo ficar mais sem jeito ainda.

-Aish Jungkookie... Apesar de ser mais novo trata ele como criança.  Por isso ele está birrendo desse jeito.-Jimin falou bufando.

-Hyung! Não me repreenda porque você também está errado em se irritar com ele assim! Não percebe que ele está assustado, e pressioná-lo não vai amenizar o problema.-Jungkook o encarava sério como se repreendesse  uma criança. Ri internamente da cena, mas apenas senti Jugkook segurar meus ombros e me empurrar adentrando uma lanchonete próxima. 

-Sente-se aí e trate de nos contar o que está acontecendo.-senti um nó se formar em minha garganta sem saber o que dizer.-Respire primeiro, e fale devagar.-Jungkook continuou falando e passando a mão em minhas costas. 

-É que...-balbuciei meio receoso em contar ou não, por ter medo de como eles iriam reagir.-É complicado dizer isso sabe... Mas posso confiar em vocês, certo?-os olhei e ambos assentiram.-Bem, é sobre Taehyung, o garoto que conhecemos no dia da audição.-ambos permaneceram em silêncio esperando que eu continuasse.-Vocês sabem que ele pediu meu número,então começamos a conversar por mensagem,até quando o encontrei na empresa sábado quando fui para a prática. Ele estava bem eufórico e do nada agarrou minha mão e me puxou por entre os corredores da empresa, de início aquilo me assustou e reagi de maneira estranha. Depois de um tempo, ele me ligou pedindo desculpas pelo ato, e foi no mesmo dia em que nos reunimos em sua casa Jimin. Quando estava voltando , o encontrei em frente minha casa e ele disse que queria conversar por se sentir só, e com muita insistência eu aceitei.Caminhamos até uma praça enquanto conversávamos coisas aleatórias. Até que de repente...-nesse momento meu coração falhou uma batida ao recordar a cena do beijo,  e senti meu rosto arder.

-E de repente... O quê hyung?!-Jimin estava prestes a pular em mim, mas mal conseguia encará-los.

-Calma Jimin! Deixa ele pensar... Hyung? Pode falar, confie em nós.-Jungkook mais uma vez falou suave me acalmando aos poucos.

-Ele... Começou a falar umas coisas estranhas, e foi se aproximando... Eu não consegui reagir,  e ele... Ele...m-me b-be....beijou...-soltei a última palavra com um suspiro pesado escondendo meu rosto que já estava prestes a explodir de vergonha.

Fez-se um silêncio que me deixou apavorado e mesmo assim não ousei levantar o rosto.Ouvi um suspiro arrastado.

-Então foi isso?-ouvi uma risadinha de Jungkook e fiquei meio sem saber o que ele pensava no momento.Apenas notei seus braços sobre mim me envolvendo num abraço. -Por quê guardou isso pra si? Se você se sente mal por isso, não deveria,  a culpa não foi sua e você sabe disso. Lógico que me assusta por ele ser praticamente um estranho e garoto ,mas você deveria estar bem grato por ele não ter feito algo pior,tipo te machucado. Mas me diga uma coisa sendo sincero: você o correspondeu? Gostou?

-Eu não sei... Tudo aconteceu tão rápido que nem consigo racionar direito. E agora não sei se sinto nojo dele ou de mim.-falei quase chorando e Jungkook me abraçou mais forte me fazendo suspirar como alívio. 

-Tá hyung, já passou e não se culpe.Vamos pra casa e depois conversamos mais sobre isso. Apenas descanse porque não quero me obrigar a te ver com cara de velório na empresa amanhã.-apenas assenti levantando desajeitado.

-Como assim "vamos pra casa?"?!-Jimin se pronunciou meio estático e irritado.-Aquele maluco praticamente agarrou o Hoseok e tudo o que você fala é "Foi isso?", o abraça e sai como se nada houvesse acontecido?!-Jimin já estava alterado chamando a atenção de alguns alunos que estavam por ali.-Eu deveria voltar naquela esquina e socar a cara daqu-

-Você não vai voltar a lugar algum, e trate de se acalmar porque a questão aqui é o Hoseok.-Jungkook falou o interrompendo. 

-Como você me pede pra ficar calmo?!

-Porque o problema não é seu e muito menos meu! Se Hoseok não o socou quando teve a oportunidade porque você o faria?!

-Jungkook, porque você está assim tão sério hoje?!

-É você quem está sendo irritante e infantil hyung. Vamos, levante-se também e vamos embora!

Apenas observei em silêncio e Jungkook me arrastou pra fora da lanchonete deixando Jimin com cara de abismado pra trás. Esses dois ainda vão me matar. Pensei rindo internamente.

Hoseok Off

Jimin On

(Dia seguinte)

Dormi mal por passar a noite quase toda estudando para uma prova (que seria hoje, mas devido a reunião, a professora adiou) e remoendo as grosserias que ouvi de Jungkook ontem. Aquilo me afetou de uma maneira que me deixou pasmo e triste ao mesmo tempo. Ele nunca tinha falado comigo assim, e foram poucas as vezes que o vi tão sério como ontem.

Apenas tentei afastar meu pensamento, porque a impaciência já tomava conta de mim por estar esperando dois patetas atrasados chegarem no ponto de ônibus , no qual combinamos estar às 8:40 am. Aish, porque estão demorando tanto? Me questionava mentalmente já pegando o celular para saber o que tinha acontecido, quando logo atrás de mim ouço um grito, que apontava ser Hoseok,pela voz esganiçada.

-Jiminnie, desculpe pelo atraso.Jungkookie teve que fazer um favor pra omma dele e nos atrasamos.-disse Hoseok com voz melosa enquanto me agarrava por trás.

-Bom dia hyung.-Jungkook falou desviando o olhar. Ele está estranho. Pensei o encarando.

-Ok,ok. Sem explicações, vamos andando porque não quero chegar atrasado em um dia como esse.-disse os arrastando comigo .

Já na empresa, fomos até a recepção onde uma moça simpática nos atendeu e logo nos indicou o andar onde fica a sala de reunião. Já eram 9:07 e estávamos nervosos por provavelmente ter que levar uma bronca do PD já no nosso primeiro dia de trabalho oficial.

Adentramos o local já meio ofegantes por ter corrido nos corredores levando broncas de alguns funcionários. Entramos meio sem jeito, nos curvando em cunprimento para os que já estavam ali, reconhecendo alguns funcionários que nos disseram para aguardar um pouco enquanto o PD chegava. Nos sentamos e olhei em volta notando alguns garotos que nunca havia visto.Devem ser os que irão trabalhar conosco. Pensei.

Quando o PD chegou, logo tomou direção na reunião.

-Bom dia a todos. De início devo me desculpar pela reunião de urgência, mas como a audição de seleção de grupos k-pop começou tarde na nossa empresa, tivemos que agilizar as coisas por aqui. De antemão, alguns sabem que iremos trabalhar apenas com um grupo, que vamos estruturar dentro de alguns dias. Pelo atraso dos projetos, posso dizer que temos cerca de oito meses até a época do debut. Isso já os deixa cientes que vamos trabalhar muito duro daqui pra frente,sem descanso, há muita coisa pra ser feita. E como primeiro passo, temos aqui os membros que irão compor o grupo. Lhes apresento logo, Kim Namjoon, vosso líder. Ele está sendo meu braço direito faz alguns anos, e pelo seu esforço, deixarei que lidere seu próprio grupo. Ele juntamente com Min Yoongi e Kim Seokjin-ele falou apontando um garoto bem branco e mais ou menos do meu tamanho, e outro bem mais alto que ele - já compuseram boa parte das músicas que serão lançadas no nosso primeiro álbum, mas quero ver trabalho em equipe e os demais componentes os ajudaram em outros projetos. Portanto, peço que todos se apresentem.

Enquanto todos se apresentavam, analisei o perfil de cada um. O primeiro a se apresentar se chamava Kim Namjoon, o líder. Ele tem um gosto visual esquisito, mas é gentil. O próximo foi Kim Seokjin. Postura meio desengonçada, mas de um corpo extremamente belo. Kim Taehyung,que se pronunciou e me segurei pra não voar em seu pescoço. O pervertido, mas de boa aparência. Min Yoongi. Baixo, pálido, sério, e ainda assim, muito bonito. Em seguida Jungkook, Hoseok e eu no apresentamos.

~~~~~~~~~~~~~

Depois de recebermos todas as informações, as coisas se agitaram e muito. O líder nos mostrou as músicas que seriam apresentadas no debut, juntamente com as que seriam gravadas para o álbum.

Depois de um tempo o PD nos reuniu novamente para avisar que teríamos que ficar pela parte da tarde por que os projetos eram bem complexos. Ligamos para nossos pais, eles passariam mais tarde para deixar alguns pertences nossos.

Jungkook estava muito tímido e continuava me ignorando, Hoseok estava novamente com a cara fechada e imagino porquê seja.

Pelo visto as coisas serão bem cansativas por aqui hoje. Suspirei pesado e voltei ao trabalho.

Jimin Off





Notas Finais


Então foi isso amores
Ainda estou me recuperado dos tiros que levei vendo notícias sobre o show dos meninos aqui(aaaaaaaahhhh)
Pra quem foi,quero detalhes kkkk
Espero que tenham aproveitado o show e a leitura
~kissus❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...