História As Falsianes do Bangtan - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, D-Lite (Daesung), G-Dragon, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Rap Monster, Sehun, Seungri, Suga, Suho, T.O.P, Taeyang, Tao, V, Xiumin
Tags Chanbaek, Crack!fic, Hunhan, Jihope, Jikook, Kaisoo, Namjin, Nyongtory, Sekai, Sexing, Sugamon, Sulay, Surubangtan, Surubexo, Taegi, Taejin, Taekook, Vhope, Vkook, Vmin, Vmon, Yoonjin, Yoonkook, Yoonmin, Yoonseok, Yoonseokmin
Exibições 127
Palavras 1.525
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Harem, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente pra quem tem os caps prontos, eu demorei! Me desculpem, entrei em hiatus pelas minhas provas, por isso não postei.
Lá vai, obrigada por lerem.

Capítulo 5 - Usar a lixeira como motel, quem nunca?


- JEON JEONGGUK EU VOU DAR NA SUA CARA!! - Jimin começou a surtar e ter mais uma de suas crises de baixa espirito de Demi Lovato. 


- DA NA MINHA, CURTO ESSE TIPO DE POSIÇÃO. - O Hoseok Hyung respondeu animado. Depois eu sou o pirado. 


- CASADO JEONGGUK? C.A.S.A.D.O COM UM HOMEM?? PORRA VELHO, QUER FODER COM O ORGULHO HÉTERO DO BANGTAN?? - Namjoon falava com aquela voz grossa quase estridente por estar gritando, credo parecia parente da família do Suga. 


- Querido, de hétero a gente não tem porra nenhuma né filho? Se liga. - Jin que provavelmente ainda tava de cu virado pro líder falou com voz like a turn down for what. 


- Pensa pelo lado bom, agora BTS será divulgado com esse escândalo... - Sorri amarelo. 


- Eu vou é divulgar minha mão na tua cara se não explicar isso. - Jimin fez um bico tão grande que pareceu um airbag. 


- NÃO FALA NADA! EU VI VOCÊ E O TAEHYUNG SE COMENDO ONTEM, VOCÊS ME DEVE EXPLICAÇÕES. - Claro que eu não ia deixar barato. 


- A bicha está indignada!! -.Hoseok comentou pra Suga que revirou os olhos. 


- V-Viu o que?? - Tae fez uma cara parecida com a do gato de botas, quase me comoveu. Quase. 


- VOCÊ. - Apontei pra Jimin. - Você estava em um relacionamento comigo, mesmo eu não sendo um completo apaixonado tenho um crush por você. Não podia fazer isso, me trair... - Falei raivoso e com o olhar perdido. - E Tae... eu não esperava isso de você, sabia que eu estava apaixonado e achava ser correspondido... MAS QUEREM SABER?? É. AGORA. QUE. EU 

VOU. DAR. ATÉ. O. TALO. - Falei pausadamente e sai desfilando da van que eu nem tinha notado que tinha saido do lugar e havia chego em sei lá onde.


- Eu p-posso explicar... - Tae tão inocente. Ouvi ele gritar pouco antes de eu desaparecer de perto daquilo. 


- LACRA MESMO MIGA!! ARRASOU! - Hoseok veio correndo atrás de mim com Jin junto a si, formando o trio de gostosos que andavam com passos sincronizados. 


Eu ia dar mesmo! Eles pensam que eu sou o que? E daí se sou casado agora? Toparia até uma rapidinha na cabine telefônica. 


Só depois que começamos nos deparar com uma porrada de gente em volta notei que estavamos em uma parque de diversões. 


- Vamos ter que gravar aqui hoje pro V App. Vamos ficar juntos até a filmagem acabar e depois já estarão livres pra soltar a bicha interior, agora vamos bando de viados, não temos o dia todo. - E lá fomos nós começar a gravação. 


Durante a maioria do tempo em que gravamos nos brinquedos eu sentei somente junto com Suga e Hoseok, mas o problema é que os dois gritavam tanto que quase me deixaram surdo. Mas valeu a pena depois que acabaram as gravações, porque estava cheio de caras gatos e com corpo de deus grego, eu faria questão de pegar e esfregar na gara do Taehyung e do Jimin que tive um dia de vinho, tainha e muito sexo. Eu não era mais virgem de qualquer maneira, devo ter dado muito na casa do GD. 


Saí arrastando Hoseok que era o topa tudo do grupo pra um lugar que só tinha gatinho, e sentei no banco pra observar quem seria minha presa. Vi um cara alto e orelhudo de costas conversando com um cara de uma barraca e fiquei encarando ele, mas fui atrapalhado pelo destino por um Suga que caiu do céu. Caiu literalmente, porque ele veio de cima das nossas cabeças e se estabacou no chão a nossa frente. Fiquei com medo, porque não tinha nenhum lugar que ele pudesse ter subido quando olhei pra cima, tenho que pegar o nome do exorista que a Taeyeon, amiga do Jin, usou naquela tal de Tiffany. 


- Oi! - Ele se levantou. 


- Eita cuzão! Suga, tipo eu só acho que tu deveria ir pra igreja sabe, tipo pra tirar espiritos malignos. - Eu falei com uma voz claramente nervosa. Suganás estava a cada dia mais no conceito emo gótico e isso me assustava. Por isso resolvi sair dali de fininho e fui pra uma barraca de algodão doce gigante. Quando o cara de entregou aquela oitava maravilha do mundo eu estava me sentindo a própria Katy Perry e comecei a performar California Gurls com o doce. Resultado: Geral me olhava como de eu fosse a diva que eles querem copiar. 


Resolvi aquietar meu fogo depois que um segurança negão de dois metros me pediu pra parar, achei que ia perder o cabaço só de olhar pra cara dele. Sentei no baquinho de antes onde Hoseok e Yoongi conversavam animados sobre maneiras de comer as mães da armys, então resolvi não me meter e ficar olhando em volta. Eu não deveria ter feito isso. 


Quando olhei pro lado notei que o cara orelhudo que estava de costas aquela hora era nada mais nada menos que o projeto de yandere que era Park Chanyeol, meu querido marido desconhecido. Ele me olhava como se estivesse a ponto de me agarrar pelos cabelos, e eu como o bom corajoso que era vazei igual quando Namjoon Hyung faz quando Jin pede pra ficar por cima. Pois é queridas, se a vida não ta fácil pra você imagina pra um negão que de ficar do lado de uma parede preta acaba se camuflando. Ele não é negro de verdade mas aquela pele é uma delícia.


Corri pra porra, até achar uma pessoa conhecida, que pro meu azar ou sorte, eu não sei, era Taehyung. 


- Me ajuda vei!! - Já cheguei nas manobra puxando ele que estava sentado num galho. Sim, num galho. 


- Que foi? Não tava bravinho? Agora vem aqui louco pra me dar. - Falou emburrado cruzando os braços. 


- Deixa de drama e o caralho a quatro! Meu marido doido ta me perseguindo, me salva pelo amor de Yoda. 


- Ta mesmo?? Vambora maluco. - Estávamos falando tipo mafiosos funkeiros, eu também não sei o porque, não me pergunte. Taehyung saiu me arrastando em direção a uma lixeira. 


- Credo, se tiver um rato aí eu baixo a Derci Gonçalves e eu mesmo vou prender sua perereca na gaiola. - Nos abaixamos ao lado da lixeira e ele ignorou o que eu disse. Ficamos lá agachados só curtindo o cheiro de vômito naquilo, enquanto o Park se afastava após ter passado sem nos ver. Me levantei já que estava tudo resolvido e me pus a andar mas tive meu braço segurado por um ser Alien que me irritava nesse momento. - Que foi? - Falei sem paciência. 


- Seguinte, eu quero uma recompensa por isso. Ter te ajudado. - Ele passou a língua pela boca olhando pra mim e eu ja fiz cara de donzela em perigo. Cadê Dora a Aventureira pra salvar a nação de pervertidos nessas horas? - Você disse que ia dar pra geral .Quero um pouco também. - Falou na maior cara de pau. Ia mostrar pra ele o que é ser cara de pau quando enfiar uma madeira na fuça dele. - E não é como se fosse casual ja que eu gosto de você. -Depois dessa eu realmente poderia repensar no caso. 


- Não pense que isso vai ser sempre. - Falei fazendo cara de bravo e ele sorriu. - Mas não agora. 


- Você me deve uma!! Tem que fazer isso. 


- Eu não quero ir Tae. Estou sem vontade. - Resmunguei enquanto Taehyung me arrastava pra uma daquelas lixeiras enormes e verdes do parque de diversões. Lá dentro deveria ser horrível, as pessoas devem jogar cada coisa lá... ótimo lugar para transar Kim Taehyung. 


- Vai ir sim, e se reclamar te deixo sem andar por uma semana. - Ele sorriu macabramente pra me assustar e deu certo como sempre. Geralmente eu fazia tudo e com todos do Bangtan em qualquer lugar, era meio que rotina, mas Tae era o mais assustador. Já havia me convencido até fazer coisas no mato após ameaçar enfiar uma colher de pau no meu cu. 


Ele me atirou pra dentro do tambor e logo foi tirando a minha roupa e as dele, e quando notei ele já estava dentro de mim. Eu não sentia tanto prazer como normalmente, algo me incomodava em minha barriga. Era vontade de cagar. 


- T-Tae não vou aguentar. - Falei enquanto cavalgava nele. - Acho que vou... 


- Goze pra mim Jungkookie. - Ele falou sexy em meu ouvido. 


- Mas Tae... - Não suportei e acabei desfazendo todas minhas necessidades no membro do menino, nos lambuzando todo. 


- AI VIADO! - Ele começou a gritar histéricamente balançado as mãos, seria minha vingança por ele me obrigar a fazer isso. - QUE NOJO EU TO TODO CAGADO. - Ele saiu correndo dali pelado mesmo. 


- Bela obra. - Jimin a baleia que tem um tanquinho maravilhoso disse atrás de mim comendo um algodão doce estragado. Fiz cara de nojo. - Coé, comida não se desperdiça. - Deu de ombros. 


Parece que iria ser um longo dia.


Notas Finais


@gdeus o que to fazendo da vida, essa fic é tão antiga que as vezes eu não gosto dela sjendkendkd
AMANHÃ EU PROMETO QUE VOU RESPONDER OS COMENTS, VOU COMEÇAR HOJE ATÉ
Só não faço tudo hoje porque tenho duas fics pra escrever, desculpem ;u;
Obrigada pelos 100 faves <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...