História As Filhas da Noite - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias David Henrie, Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Laurinah Camally
Exibições 23
Palavras 1.253
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


desculpem a demora pessoas..
mais um cap.
boa leitura e ignorem os erros. ^^

Capítulo 8 - África


P.O.V Dinah 

 

Eu só queria voltar para meu lar.... porque isso tudo tem que acontecer? Nem me acostumei com o fato de Ally ser uma fada agora me aparece Lauren. Caralho eu tenho um anjo me protegendo! 

Depois que ela me esclareceu um pouco as coisas saiu ao encontro do seu possível irmão, e não demorou muito pra eles aparecerem. 

-Ally!! - Camila corre em sua direção e a abraça sussurrando coisas que eu não entendi. 

-Estou bem Camz... obrigado por se preocupar – Ally sorria pra ela. 

-Já que estamos todos reunidos já podemos partir – Lauren diz chamando nossa atenção. 

-Não vai nos apresentar seu irmão? - perguntei e ela arqueou as sobrancelhas. 

-Sim, crianças esse é meu irmão David – Lauren parecia entediada. 

-Olá meninas – David respondeu sorrindo de forma simpática. Parecia o oposto de Lauren. 

Pude reparar melhor seu físico e minha nossa... que homem era aquele! Tão alto e forte, seus olhos um verde tão claros quanto os de Lauren, seu cabelo bagunçado dando um leve tom de rebeldia... que perdição. 

-Agora podemos ir? - Lauren quase grita me tirando do transe, só ai percebi que estava encarando aquele pedaço de mau caminho. 

-E não será perigoso sairmos agora? - perguntei. 

-Já é perigoso ficarmos aqui – ela responde – Camila o barco que você falou já esta pronto? 

-Não - ela responde – eu ia preparar ele agora a noite. Não estava esperando que uma coisa dessas fosse acontecer. 

-Ótimo... você vem comigo agora, temos que deixa-lo pronto para partirmos ao amanhecer.  - ela fala de forma ríspida e Camila desgruda de Ally e sai com ela - E vocês se preparem também - se vira saindo das nossa visão. 

-Ignorem sua forma rude – David chama nossa atenção - ela ainda não se acostumou com seu corpo humano. 

-Nossa... - eu respondi. 

-Normani venha aqui por favor. Nos mostre o que você tem – David. 

-Bom eu tracei uma rota. Vamos cruzar o atlântico do norte ao sul – ela nos mostra um mapa cheio de riscos – por sugestão da Mila vamos passar pelo Triangulo das Bermudas. 

-Triangulo das Bermudas??? - Ally se espanta. 

-Sim. Ela disse que se formos seguidos esse será um ótimo lugar para atrasa-los – ela responde apontando o mapa - não se preocupe a Mila tem algo em mente. 

-Você já sabe que estamos sendo seguidas? - perguntei. 

-Sim, o David já nos deixou a par dos acontecimentos. E eu já esperava isso – ela deu de ombros - estou sendo seguida desde de que sai da Geórgia. 

-E só agora que você diz isso? - perguntei indignada.  

-Que diferença ia fazer? Vocês também eram observadas. A diferença é que eu sabia e vocês não.  

-Isso de o de menos agora gente, vamos nos concentrar no mapa – Ally chama nossa atenção. 

-Esta tudo certo, eu tracei essa rota faz tempo. Quando chegarmos no continente africano, vamos passar pela costa de Ponta Negra descendo ao sul e, quando chegarmos em Banana, entramos pelo rio Congo na fronteira da Angola com a Republica do Congo. 

-Nossa.. Me impressionou – respondi. 

-E como vamos cruzar os países sem passaporte? - Ally pergunta 

-Pode deixar que eu cuido disso – David da uma piscadinha apontando o dedão pra si. 

-Roupas, preciso de roupas. Vamos sair assim mesmo? - perguntei. 

-Isso é com a Lauren – David – minhas coisas já estão prontas. 

-Vou lá fora tomar um ar – Normani diz saindo. 

-Eu vou com voce. 

-Não precisa David. 

-Não impeça meu trabalho, eu existo pra te proteger – David diz corando levemente. 

-Então vamos – Normani sorri pra ele. 

-DJ se importa se eu treinar meu voo? - Ally 

-Fica a vontade fairy, eu vou ficar aqui deitada colocando as ideias no lugar – me jogo na cama de Lauren e acabo adormecendo. 

 

>>>>> 

 

P.O.V Lauren 

 

Não sei o que esta acontecendo comigo, já era pra mim ter me acostumado com a ideia de ser 'humana' mas olhando de perto e sentindo oque eles sentem definitivamente eu não esperava por isso. 

Eu sabia que a Dinah tinha uma beleza admirável mas depois que eu ganhei esse corpo, sinto coisas estranhas quando estou perto dela, é difícil me controlar. O que será isso? Quando eu estava lá em cima não sentia isso. 

-Tudo certo Lauren? - Camila me desperta dos meus devaneios. 

-Ao que tudo indica sim – respondi. 

-Já podemos voltar então. 

-Porque a pressa? 

-Nada, eu só queria consolar a Ally – ela diz corando. 

-E porque você esta vermelha? -estou curiosa 

-Porque sinto vergonha... 

-O que é sentir vergonha? - pergunto e vejo ela abrir e fechar a boca sem palavras 

-É um sentimento Lauren. 

-Hummmm. Então eu também vou sentir isso agora que tenho corpo humano? 

-Claro que vai, não só vergonha mas muitas outras coisas – me disse com curiosidade - então Lauren você gosta da Dinah? - engasguei na hora. 

-C-como?? - senti meu rosto esquentar. 

-Isso que você esta sentindo agora se chama vergonha – ela me diz sorrindo - não precisa responder a essa pergunta, eu já sei a resposta. 

-E qual é? - perguntei 

-Relaxa que você vai descobrir logo – ela da uma piscada pra mim 

-Vamos voltar. 

 

>>>>> 

 

Quando cheguei em 'casa' estava um silencio, eu senti minha espinha gelar fui entrando com cautela. Mas fiquei tranquila quando vi Dinah dormindo em minha cama e Ally praticando voo. 

-Onde esta meu irmão e Normani? - perguntei 

-Foram tomar um ar – Ally responde 

-Poderíamos tomar um ar também fairy... - Camila se aproxima de Allyson e a vejo ruborizar, deve ser a tal vergonha. 

-Vamos - ela disse sorrindo 

Saíram me deixando sozinha com Dinah dormindo em minha cama. Me perco a olhando dormir sentindo umas coisas estranhas no meu corpo. Sem me dar conta vou flutuando levemente para não acorda-la e paro no ar em cima dela a olhando atentamente, ela estava deitada de bruços com o rosto enterrado no meu travesseiro. Eu fui descendo o olhar pelo seu corpo capturando minuciosamente cada parte dele até eu parar em sua bunda. Oh céus... que bunda era aquela, continuo descendo olhar... e aquelas coxas, aquelas pernas?? 

"para com isso Lauren! Porque ta pensando essas coisas erradas?" 

Balanço a cabeça em negativa e vou descendo bem devagar me aproximando mais. Não sei quanto tempo fiquei daquela forma. Dinah se vira com o rosto para cima e abre os olhos e me olha assustada. 

-O que você esta fazendo? - ela pergunta ainda deitada 

-N-nada eu... não sei.. - eu estava estática não me atrevia a me mover. 

-Vem cá - ela diz me puxando pelo pescoço - se sua função é me proteger até quando eu estiver dormindo, você não deve ficar tão longe. 

-Eu não queria incomodar.. - disse sentindo minhas bochechas ruborizarem. 

-Shh.. fica quietinha – ela disse levando dois dedos em meus lábios e jogando sua perna esquerda sobre meu corpo enterrando seu rosto em meu pescoço - só me proteja enquanto eu durmo um pouquinho... 

-Ok – eu disse – pode dormir. 

-Você tem o cheiro bom Laur... 

-Hmm obrigada – meu coração vai sair pela boca!!! Socorro...  

Em poucos instantes eu podia ouvir a respiração calma de Dinah no meu pescoço, ela havia voltado a dormir. Me ajeitei para melhor acomodar ela em meu braço. 

" Não se atreva a se mexer Lauren"  

'Ela te chamou de Laur! Que fofo' 

Minha mente não parava, eu estava com a respiração acelerada, o que esta acontecendo? Respirei fundo me acalmando, depois de alguns minutos me dei ao luxo de dormir um pouco quando senti o cansaço tomar conta do meu corpo. 

 


Notas Finais


obrigado por perderem seu tempo com essa história...
então flw, ja vou u.u


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...