História As filhas do Sakamaki - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Ruki Mukami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yuma Mukami
Tags Diabolik Lovers, Garotas Incríveis, Hentai
Visualizações 40
Palavras 484
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um capítulo, EBA!!!!!!!!
Bora pra fic

Capítulo 5 - Capítulo 3: Escolhas - Part 3; A decisão das fadas.


Floresta Primoral: Reino das Fadas

18:15 da tarde.

"Tanta confusão, causada por apenas 6 garotas que não têm nem 18 anos". Esse era o pensamento de Titânia a Rainha das Fadas.

A mesma ao olhar de um humano, não tinha mais do que 20 anos para os mesmos, sendo que na verdade tinha mais de 2000 anos.

Era ruiva, com o seu cabelo de uma cor de vermelho intenso, bem como os seus olhos. Sua pele era um tanto rosada e suas asas, semelhantes às de uma borboleta, eram azuis reluzentes.

No momento estava com uma blusa folgada e da cor cinza, com uma calça apertada verde-musgo e botas pretas. Não era por que agora era a rainha que ia se vestir, como uma patricinha. 

A reunião com o conselho havia acabado e agora, se encontrava em uma das diversas salas de seu castelo. 

Os anjos já tinham confirmado a existência das híbridas e também, já havia revelado sua decisão. As garotas seriam executadas. 

Isso feria o seu ser. Por mais que essas garotas fossem um dos maiores pecados existentes, elas não tinham culpa de nada.

Mas não havia nada que podia fazer, os anjos já haviam se decido, e como eles eram seus superiores, não tinha como discutir com eles.

De repente ouvi batidas na porta, e minha irmã mais nova Asuna, entrando na sala.

Ela é eu só temos 2 anos de diferença, o que não impedia de sermos melhores amigas e ela, o meu braço direito. 

Diferente de mim, seus cabelos e olhos eram de uma cor alaranjada, sua pele era mais pálida que a minha e suas asas, tinham o formato pontudo, sendo quase transparentes.

Ela usava um top cor de rosa, que cobria apenas seus seios, deixando toda a sua barriga a mostra, e que ficava preso por um laço vermelho. Também usava uma saia da mesma cor que o top, que ficava três dedos acima de seu joelho. Por cima da saia tinha um tecido da mesma cor que o resto, que era amarrado a sua cintura, deixando toda a parte da frente da saia exposta e chegando em sua panturrilha na parte de trás. Ela também usava uma delicada sapatilha vermelha. 

- Você está bem? - perguntou realmente preocupada.

- Sim - respondi com um sorriso - Por que a pergunta? 

- Depois da reunião você saiu abatida - voltou a falar Asuna. 

- Só não acho certo matar garotas, que não tem culpa de ter nascido - disse soltando o ar de meus pulmões. 

- Você não precisa fazer nada 

- Não tem como Asuna, eles já exigiram um dos nossos para participar da missão para executar as garotas - expliquei triste com a situação - Eu realmente sinto muito. 

==================================

Por causa da união proibida de seus pais, essas garotas precisam ter o seu sangue derramado, em nome dessa paz. 

Eu realmente sinto muito.

============================


Notas Finais


Ainda estou aceitando fichas.
Beijos e até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...