História As Gêmeas (Luan Santana) - Capítulo 82


Escrita por: ~ e ~bibilins_

Postado
Categorias Luan Santana
Personagens Luan Santana, Personagens Originais
Tags Luan Santana Gêmeas Amor
Visualizações 251
Palavras 1.357
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa
Avisos: Álcool, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieee, tudo bem?

Bora pra mais um ❤

(Na foto Christian)

(Pra quem não percebeu, SIM eu AMO o Diário de um Vampiro 😍❤ kkkkk)

Capítulo 82 - A MINHA VIDA JÁ TÁ ESTRAGADA!


Fanfic / Fanfiction As Gêmeas (Luan Santana) - Capítulo 82 - A MINHA VIDA JÁ TÁ ESTRAGADA!

Gabi me apertava em seu corpo como quem queria se livrar de alguma dor que a consumia. Eu esperei muito por esse abraço, mas não era do jeito que eu queria.

Jhúlia: O que foi que aconteceu?~ Perguntei ainda abraçada a ela, mas ela permaneceu chorando enquanto eu sentia meu coração cada vez mais apertado.~ Gabi pelo amor de Deus, o que foi?~ Insisti a olhando.

Ela se afastou de mim e me encarou mais antes que ela falasse qualquer coisa Andy entrou na sala.

Andy: Aconteceu alguma coisa menina Jhúlia?~ Olhou para Gabi e sorriu.~ Oi, você é a filha do vizinho, certo?~ Perguntou e Gabi assentiu tentando esconder as lágrimas. ~ Vocês se conhecem?~ Perguntou me olhando. 

Jhúlia: Nos conhecemos sim, mas agora nós vamos pro meu quarto Andy, qualquer coisa eu te chamo, ok?

Nem esperei ela falar nada e segurei no braço da Gabi a puxando para subir as escadas. 

Chegamos no quarto e eu tranquei a porta rapidamente já olhando pra ela que parecia angustiada.

Jhúlia: Fala o que aconteceu, por favor! 

Gabi: Eu sinto muito chegar aqui assim, eu sei que deve tá sendo difícil sua mudança mas é que eu não tenho mais ninguém com quem desabafar.~ Chorou me olhando e eu corri até ela a abraçando.

Jhúlia: Amiga não se preocupa comigo Gabi, agora só importava você. ~ A puxei para sentar na cama. ~ Qual o problema?~ Perguntei segurando em suas mãos. 

Gabi engoliu o choro e me encarou tentando encontrar força pra falar o que ela tinha pra contar. Depois de um tempo ela suspirou pesado e se pronunciou dizendo algo que eu não imaginaria nem na pior das hipóteses. 

Gabi: Eu fui estuprada!~ Seus olhos encheram de lágrimas novamente. ~ E eu tô grávida!

Gabi iniciou um choro profundo e intenso enquanto eu permaneci imóvel por algum momento, mas quando voltei a si abracei minha amiga fortemente numa tentativa falha de tirar sua dor.

Gabi: O que eu vou fazer da minha vida Jhúlia?~ Perguntou em meio ao choro.~ Eu tô com medo, o meu pai vai me matar!~ Me olhou apavorada.~ Eu não posso ter esse bebê, não posso!~ Levantou da cama e começou a andar de um lado pro outro com a mão na cabeça.

Jhúlia: O que você quer dizer com isso Gabriele?~ Perguntei séria a encarando. 

Gabi: Eu vou tirar!~ Afirmou decidida.

Jhúlia: O que?~ Me levantei num impulso.~ Você é louca?! É claro que não!

Gabi: Eu não posso ter esse filho, você não percebe?~ Falou alterada.

Jhúlia: Ele não tem culpa!

Gabi: Eu não posso carregar um fruto so meu sofrimento Jhúlia!~ Me olhou chorando desesperadamente.~ Eu vou abortar, tá decidido.

Jhúlia: Você não vai fazer isso, eu não vou deixar!~ Senti meus olhos lacrimejarem.

Gabi: Você não pode escolher por mim!

Jhúlia: Eu não vou deixar você estragar sua vida!

Gabi: A MINHA VIDA JÁ TÁ ESTRAGADA!~ Me olhou negando.~ Como eu vou olhar na cara dessa criança o resto da minha vida e lembrar de tudo que eu passei naquele dia Jhúlia?~ Chorou se encostando na parede e se deixando deslizar até chegar ao chão.

Corri até ela e me sentei no chão a abraçando. 

Jhúlia: Vai ficar tudo bem amiga, a gente vai resolver.~ Falei acariciando seus cabelos enquanto sentia minhas lágrimas molharem meu rosto.

Gabi: Não vai ficar nada bem Jhú!~ Me olhou desesperada.~ Eu quero morrer!

Jhúlia: Não fala besteira Gabriele!~ A repreendi a olhando no fundo de seus olhos.~ Ninguém precisa morrer, nem você e nem sei filho.

Gabi: Não, não, não!~ Balançou a cabeça negativamente. ~ Eu não quero ter esse bebê!

Jhúlia: Você vai ter sim!~ Afirmei convicta.~ Depois que nascer você dá, cria...sei lá o quê, mas eu não vou te deixar matar seu filho sabendo que você vai se arrepender disso depois!

Gabi apenas me abraçou apertado e eu me permiti chorar junto a ela. Minha vida estava uma bagunça sem fim! Como se já não bastasse ainda acontece isso com a minha melhor amiga?

Eu só posso estar vivendo um pesadelo sem fim!

Ficamos longos minutos abraçadas apenas chorando e dividindo nossas dores.

Jhúlia: Foi seu namorado?~ Perguntei depois de um tempo.

Gabi: Não!~ Respondeu imediatamente.~ Christian nunca faria isso!~ Afirmou chorosa.~ Ele estava esperando eu estar preparada para...~ Engoliu o choro sorrindo triste.~ Mas aí... um bêbado drogado fez isso comigo quando eu vinha da escola mês passado... Da ESCOLA!~ Negou com a cabeça. ~ Por que as coisas tem que ser assim Jhúlia?~ Me encarou chorosa.~ Eu amo tanto o Chris, não posso perdê-lo!

Jhúlia: E você não vai amiga.~ Afirmei limpando suas lágrimas. ~ Fala com ele, explica tudo.  Se ele te amar de verdade, vai ficar do seu lado.

Gabi aos poucos foi se acalmando e então podemos realmente matar a saudade que estávamos uma da outra.

Eu a amava tanto!

Gabi é sem sombras de dúvidas a pessoa que eu melhor escolhi pra ser minha amiga. Ela me entende como ninguém, e pode ter certeza que se eu encontrasse o ser desumano que fez isso com ela eu cortaria seu órgão genital fora e o faria comer! Como o ser humano é capaz de algo tão deplorável quanto isso? 

EU NÃO ME CONFORMO!

Depois de contar cada detalhe sobre o motivo de eu estar aqui Gabi disse que precisava ir embora, pois hoje mesmo falaria com Christian.

E eu fiquei em casa imaginando como seria daqui pra frente e como estavam as pessoas que eu deixei pra trás? 


《Luan》

Eu não estou bem! Eu não estou nada bem!

Desde que eu vi a Jhúlia entrar naquele avião é como se um pedaço meu tivesse ido também. Eu só consigo pensar nela e como eu vou fazer para esquecê-la se em todo lugar que eu olho eu vejo seu rosto?!

Eu quase não saio mais do quarto. Meus pais  chegaram pela manhã da viagem que fizeram e eu sequer desci para ir recebê-los, eles que tiveram que vir até aqui.

Meu pai tava muito animado pois tinha conseguido o contato de um dupla famosa que estavam à procura de um pupilo para lançar no mercado da música.

Não sei se ser cantor é o que eu quero profissionalmente, mas talvez tentar afogar minhas mágoas na viola seja a melhor opção agora.


《Beatriz》

Eu estou no chão!

Nunca pensei que fosse sentir tanta a falta da Anna Jhúlia.

 Faz apenas um dia que ela foi embora e eu sinto como se já tivesse se passado uma eternidade. Eu a quero de volta, o mais rápido possível!

Essa casa não é a mesma sem ela. A minha vida não vai ser a mesma sem ela! 

A verdade é que eu já estou muito arrependida por ter feito tudo o que fiz pra separá-la do Luan. Eu não gosto dele mesmo, nunca gostei!

Falando nisso...

Hoje tava conversando com o Matheus e ele me pediu em namoro, eu não aceitei, ainda...mas eu estou pensando seriamente em aceitar, já faz um tempo que eu venho sentindo algo muito forte por ele, mas eu tenho que esperar alguns dias se passarem, não quero que descubram que o que eu fiz foi apenas drama e que de fato não gosto do Luan.


《Jade》

Agora que a Jhúlia tá fora da parada eu vou investir  no Luan como nunca antes!

 Ele nasceu pra ser meu!  Ninguém mais vai tirá-lo de mim.

Não importa o que eu tenha que fazer eu vou reconquistar o amor do Luan e provar que eu sou a mulher da vida dele! Não a Jhúlia que o abandonou sem ao menos lutar pelo o amor que dizia sentir.

Eu vou trazê-lo de volta pra mim e vai ser como era antes dessa idiota entrar na vida dele.

Eu prometo!


《Gabi》

Eu não posso ter esse filho de jeito nenhum!

Eu não conseguiria gerar uma coisa que é resultado do pior dia da minha vida. Seria o mesmo que pedir pra sofrer.

Mas ao mesmo tempo Jhúlia está coberta de razão, eu sei que se eu matar essa criança que cresce a cada segundo dentro de mim eu vou me arrepender drasticamente no futuro.

Meu Deus, por favor me ajuda!

O que eu faço agora? Tiro essa criança do meu útero e vivo como se nada tivesse acontecido, ou a deixo nascer sabendo que jamais serei capaz de amá-la?






tempo deixa perguntas, mostra respostas, esclarece dúvidas, mas, acima de tudo, o tempo traz verdades.


Notas Finais


Certos capítulos não precisam que eu diga mais nada. 🙊


Continua?

Próximo capítulo vai ter.....🙊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...