História As Gêmeas (Luan Santana) - Capítulo 83


Escrita por: ~ e ~bibilins_

Postado
Categorias Luan Santana
Personagens Luan Santana, Personagens Originais
Tags Luan Santana
Visualizações 149
Palavras 1.544
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa
Avisos: Álcool, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieee, tudo bem?

Bora pra mais um?!❤

Gente cês tão muito revoltadas 💔 kkkk, a Jhú e o Luan vão voltar, só esperem🙊

(Na foto: Matheus)

Capítulo 83 - Alguns anos depois.


Fanfic / Fanfiction As Gêmeas (Luan Santana) - Capítulo 83 - Alguns anos depois.

¤ Alguns anos depois.


《Jhúlia》

Algum tempo se passou desde que vim morar nos Estados Unidos, três anos pra ser mais exata.

Mas calma, eu vou contar tudo o que aconteceu comigo durante esse tempo.

Menos de dois meses depois da minha mudança Beatriz iniciou um relacionamento sério com Matheus, nem preciso dizer que eu  quase surtei né?! Como que ela arma toda aquela cena e simplesmente começa a namorar com outro cara?! E o amor que ela dizia sentir por Luan?!

Depois de Bia está estabilizada meus pais autorizaram a minha volta para o Brasil. Eu estava muito feliz com a notícia, mas ao avisar Isllany que iria embora ela me desanimou bruscamente ao dizer que Luan tinha "reatado" seu lance com Jade.

Isso mesmo!

Mas eu não podia existir nada dele, afinal de contas ele deixou bem claro que tinha desistido de mim no dia em que o deixei por puro medo de enfrentar minha família. Então eu preferi ficar por aqui mesmo. Não poderia chegar lá depois de tudo isso, não fazia sentindo algum pra mim. Minha irmã e meus pais tinham me feito perder o amor da minha vida por um simples capricho de Beatriz e isso me afastou muito deles, a ponto da nossa relação hoje em dia ser apenas de : 

- Oi

- Oi

- Tão vivos?

- Sim e você?

- Também. 

- Então tá, tchau.

- Tchau.


Fim da ligação.

Eu não fiquei aqui porque estava com raiva da minha família ou de Luan...Fiquei porque eu não tinha mais o que fazer lá. Eu estava magoada e confusa, nada naquela época me parecia ser o suficiente para me fazer voltar, além do mais tinha a Gabi e seu bebê, eu precisava ter a certeza que ela não faria nenhuma besteira em minha ausência.

Então, Christopher nasceu forte e saudável, meu afilhado é rodeado de amor e carinho. O nome dele não é Christopher por acaso, é em homenagem ao seu pai: Christian. Sim, ele assumiu o filho da Gabi sem ao menos exitar. No dia em que Gabi contou o que tinha acontecido ele disse a mesma coisa que eu e a proibiu firmemente de fazer algo com o bebê. Ele a pediu em casamento e falou para o pai dela que o filho era dele. Christian foi um verdadeiro príncipe com minha amiga e é por isso que eu o amo tanto. Viramos grandes amigos, temos um laço muito forte que nos uniu muito nesses últimos anos, principalmente porque ele foi quem me ensinou a falar inglês. Gabi e nem vovó tinham a paciência de lhe lidar com minha lerdeza. Mas enfim, isso ficou no passado.

 Quem diria que eu, Anna Jhúlia Albuquerque, iria me tornar uma pessoa fluente na língua estrangeira inglesa?!

É meus amigos essas são as voltas que a vida dá!

Como toquei no nome da vovó, tenho que falar que quando fiz 18 anos a primeira coisa que fiz foi sair  de baixo do mesmo teto que ela, foi o maior fuzuê com meus pais, mas eu não estava nem aí pra mais nada. Eles me deram a liberdade de fazer o que quiser da minha vida quando me jogaram em um país sozinha.

Eu morei um ano com Gabi e Christian para a ajudar com a cuidar de Chris, no começo foi bem difícil, ela não queria sequer ver o filho, tinha até nojo...Mas graças a Deus depois de muitas conversas eu a convenci que o bebê era uma dádiva e que não fazia sentido ela culpá-lo por o que tinha acontecido com ela. E hoje? Bom, hoje ela daria a vida pelo filho.

Não soube mais notícias de Luan, cortei relação com todos meus amigos que moram no Brasil, não os sigo em redes sociais e nem nada. Quero evitar ficar vendo eles serem felizes sem mim. Talvez, esse seja o meu grande problema: Eu tenho raiva de ter sido banida de viver tudo que poderia ter vivido.

Mas enfim, hoje tá tudo bem.

Eu não sou feliz como esperava ser um dia,  mas refiz minha vida aqui, com pessoas que me fazem bem. Moro em um apartamento junto com uma amiga da faculdade: Ariana. Ela é super de boa, também é do Brasil, então já viu né? Nós duas viramos aquela universidade de cabeça pro ar, junto com o Michael, claro, aquele amigo gay que todo mundo merece ter, sabe?!

Tem o Henry também, ele é simplesmente LINDO e a gente já ficou algumas vezes, mas a verdade é que até agora ninguém nunca conseguiu tirar o Luan de mim, e honestamente não sei se um dia alguém vai conseguir tirar...

Ah, esqueci de falar qual faculdade faço...Pelo menos isso deu certo na minha vida, estou fazendo o que sempre quis: Pediatria. Estou no segundo ano e se Deus quiser em breve estarei cuidando das crianças desse país!

Então gente, resumidamente foi isso aí!


《 Luan》

Hoje o dia foi corrido!

Teve entrevista na rádio da cidade, atendimento as fãs no camarim, o show foi prolongado por quase meia hora e ainda teve mais duas entrevistas para alguns programas de televisão. 

Espera, acho que não entenderam nada né?!

Então eu explico, como eu disse anteriormente eu investi no meu sonho e consegui, hoje tenho o orgulho de dizer que sou um dos cantores mais influentes do Brasil. Não foi nada fácil chegar até aqui, mas eu consegui!

Minha família tá muito bem graças a Deus, só a Bruna que tá inventado de arrumar namoradinho agora! Onde já se viu?! Ela tem 17 anos só, isso não é certo! E pra piorar tudo ela conheceu o carinha através de mim, ele também é cantor e faz dupla com o irmão, que pra piorar ainda mais eles são gêmeos!

Isso mesmo!

Só pra me ficar lembrando sempre do que aconteceu comigo. Falando nisso...

Não, eu não esqueci a Jhúlia! Nem por um momento eu fui capaz de tirá-la do meu coração. Mas agora as coisas estão diferentes, eu não tenho tanto tempo pra sofrer por alguém que não me quis. Tenho ficado com Jade quando nos encontramos, ela parece realmente gostar de mim, já que vem aceitando apenas migalhas de mim durante esses anos. Não vou assumir um relacionamento com ela, até porque não daria conta de ser fiel a ela tendo um monte de mulheres a minha volta. Então a gente fica assim mesmo, quando der e se der.

Nunca entendi ao certo porque Jhúlia não voltou, confesso que durante algum tempo a esperei, mas depois que me desaganei com ela, fico irritado simplesmente pelo fato de Talvanes tocar no nome dela. Sim, ainda tenho uma amizade com Talvanes, e Guilherme também.  Não me afastei dos meus antigos amigos, mas em recompensa ganhei muitos outros,  as pessoas que trabalham comigo, que hoje  além de funcionários fazem parte da minha família.

Então é isso meu povo, meu mundo mudou muito. Não sou mais aquele garoto apaixonado, parei de demonstrar sentimento no instante em que a única mulher que amei  na vida partiu meu coração em mil pedaços.


《Beatriz》

Passaram dias e mais dias desde a última vez que ouvi a voz de Jhúlia.

A última frase que escutei dela pelo telefone foi um : EU TE ODEIO!

Eu sei que no fundo não é verdade, mas não deixa de me machucar como uma faca sendo enfiada no meu coração. Eu a magoei demais e tenho essa consciência, mas eu a amo muito e estou completamente arrependida por ter a feito sofrer tanto, eu sei que não é nada fácil morar em um país longe da família e amigos dela, ainda mais se tratando de Jhúlia que sempre foi tão emotiva e ligada as pessoas que ama. Mas a questão pricipal é que não podemos mudar o passado, não tem como. O que eu fiz virou o retrato do que somos hoje: Estranhas.

Eu não a sinto mais como minha irmã, e essa é a maior dor de toda a minha vida. Eu só queria ter a oportunidade de pedir desculpa e dizer que a amo mais que qualquer outra pessoa na terra, mas a verdade é que eu tenho muito medo de não poder fazer isso.

E esse medo tá me consumindo dia após dia.

As vezes, quando estou com Matheus eu me sinto mal...Não por estar com ele, e sim por saber que eu estou sendo feliz com o amor da minha vida enquanto impedi que Jhúlia fosse feliz com o dela.

Não sei se foi a falta que ela me faz ou simplesmente o tempo, mas hoje eu vejo e entendo que tudo que fiz foi idiota e infantil demais e eu daria tudo pra tê-la comigo e viver tudo o que a gente não viveu nesses três anos.





" O resultado do adoecimento das relações humanas é a mágoa. Esse sentimento de amargura se instala no solo do coração e lança suas raízes trazendo perturbação para a alma e contaminação para os que vivem ao redor. A mágoa é a ira congelada. A mágoa é o armazenamento do ressentimento. A mágoa é entulhar o coração com rancor, é alimentar-se do absinto do ranço, é afogar-se no lodo do ódio, é viver prisioneiro da armadilha da vingança." 

                          Jhúlia



"Naquele dia eu queria que você tivesse voltado atrás e dito que era comigo que você ia ficar, que não ia desistir de nós. Mas isso não aconteceu."

                                Luan



Não espere o futuro mudar sua vida. Pois o futuro é consequência do passado.

                           Beatriz





Notas Finais


Então como vcs perceberam esse não foi bem um capítulo, foi mais pra passar o que aconteceu durante esse tempo, (3 anos) próximo capítulo a história volta a rotina "normal". Kkkk

Se der posto um ainda hoje.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...