História As Irmãs Riddle - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Hermione Granger
Tags Hermione Granger
Exibições 15
Palavras 1.006
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


- A historia é minha, entretanto os personagens pertencem a tia J.K

— Plagio é crime, seja original.

— A fanfic se passa no sexto e penúltimo ano de Hermione em Hogwarts.

— Não é porque são gêmeas, que Hermione e Lili serão iguais, muito pelo contrario, enquanto Hermione é mais bondosa e estudiosa e a melhor bruxa de seu tempo, Lili é mais marota, maliciosa e esperta e sabe dar patadas e se defender como ninguém. Elas são iguais, mas ao mesmo tempo diferentes.

— O motivo delas terem sido separadas na maternidade será explicado no decorrer da fanfic.

— Os shippers vocês descobrirão em breve.

Acompanhem bem esse prologo, ele será muito importante para a historia...

Boa leitura...

Capítulo 1 - Prólogo


Anos 1000,

Há muitas décadas atrás, quando Lord Voldemort ainda nem cogitava existir, quando Hogwarts estava apenas começando, havia um trio de ouro. Assim, como Hermione, Harry e Rony, havia três amigos, que viviam andando juntos, traçando planos e vivendo grandes aventuras. Estes três amigos ainda não sabiam, mas um dia seriam conhecidos, como o inicio da primeira geração de bruxos mais famosos. Como pessoas usadas para inicio de uma profecia, que poderia acabar com diversas vidas no mundo bruxo...

Dois garotos de aparentes 13 anos e uma garota andavam pela Floresta Negra, um tanto exasperados. A garota tinha cabelos ruivos cacheados e lindos olhos castanhos, de longe era uma das mais belas jovens de Hogwarts. Sua beleza era extraordinária e encantava todos os rapazes, era a cópia fiel de seu pai e tinha orgulho da casa a qual pertencia. O garoto a seu lado tinha cabelos negros e olhos verdes, emanava uma aura divertida e um sorriso zombeteiro nos lábios. Poderia estar com medo de andar na Floresta Proibida a essa hora da noite, mas seu olhar transmitia uma segurança e confiança invejável. O outro garoto tinha cabelos loiros e olhos negros e era demasiadamente magro, ele transmitia coragem, mas não podia negar o quanto estava com medo da bronca do diretor de sua casa, quando chegasse.

- Andem logo vocês dois, mas parecem duas menininhas - a garota de cabelos ruivos riu zombeteira, fazendo os dois jovens a fitarem irritados. Se estavam naquela situação, era por causa dela. A garota sempre o arrastava para as mais terríveis confusões.

- Não reclama, porque se levarmos bronca a culpa será sua - reclamou o loiro irritado.

- Thomas, em primeiro lugar ninguém pediu que vocês me acompanhassem - o garoto iria protestar, mas a ruiva lhe lançou um olhar cortante - Em segundo lugar, meu pai é tranquilo, ele vai entender - ela tentou tranquiliza-los.

- Ryana, seu pai é seu pai... Até parece que você não conhece a minha mãe, ela vai ficar uma fera! - protestou o garoto de cabelos negros, irritado.

- Meu pai também, meu Deus estou tão perdido! - reclama o garoto loiro desesperado, fazendo a amiga revirar os olhos.

- Vocês são tão medrosos! Meu pai fala com o pai de vocês, agora vamos logo - diz a garota com um livro em mãos.

Aquele livro era precioso. Havia o enterrado ali, alguns meses atrás, quando teve uma detenção, por fazer uma magica transfigurando Dene Parkensen em uma lula gigante. Levou uma bronca dos demais diretores e um sorriso orgulhoso do pai. No dia da detenção, acabou achando um livro na diretoria de Hogwarts, onde sempre ia com o pai e para ler o livro sempre que pudesse, decidiu enterra-lo em um lugar onde somente ela sabia onde estava. Na Floresta Proibida! Era arriscado, mas ela estava curiosa demais com aquele livro, para o pai achar e esconder dela.

Ryana Slytherin era uma garotinha muito sapeca, tem treze anos, mas já aprontara muito. Seu pai Salazar, era um homem ocupado e trabalhava muito, mal lhe dava atenção. Mas sempre que estavam juntos, Salazar tratava a filha como sua princesinha e a mimava demais. Com os demais alunos, é rígido e severo, mas com sua princesinha, sempre fora dócil e gentil. A mãe de Ryanna morreu no parto, pois tinha uma doença bruxa. Com a ausência da mãe que morreu e do pai, que vivia trabalhando, a garota passou a mergulhar nos livros, imaginando em suas historias, um mundo que nunca existiria. Conheceu Thomas Steinford e Boyne Stentter ainda criança e sempre foi muita apegada aos amigos. Enquanto Thomas era filho de Godric, Boyne era o único herdeiro de Rowena. Os três amigos sempre foram muito unidos e vivenciaram grandes aventuras.

- O que tem demais nesse livro? - perguntou Boyne curioso. Afinal se ele se meteria em uma encrenca por causa de um livro, tinha que saber o conteúdo do mesmo.

- Nunca li - Ryana suspirou - Meu pai nunca deixou... Eu vi esse livro na diretoria alguns dias antes da detenção... - ela disse e Thomas lhe lançou um olhar interrogativo, pois Ryana já participou de diversas detenções - Desde antes do episodio com a Parkensen... Enfim, perguntei ao meu pai que livro era e ele me disse que era um livro de ficção, que estava com ele e seus antepassados há muitos anos, mas que não era nada de importante. Segundo ele, é uma profecia feita ainda no inicio do mundo. Mas meu pai nega que seja verdade! No dia da detenção, eu peguei o livro e o enterrei aqui para só eu achar quando quisesse ler - concluiu a garota, despertando a atenção dos amigos.

- Vamos ler, estou curioso! - pediu Boyne, tomando o livro das mãos da garota.

- Ei! - protestou Ryana, logo vendo o amigo começar a ler.

- Quando o mundo foi criado, com ele também foi criado os bruxos... E com os bruxos, foi criada uma lenda, passada de geração a geração, até o dia do fim do mundo. Em uma época futurista e bem mais moderna do que a de hoje, essa profecia se tornará real. Muitos anos depois de Salazar Slytherin ou de sua doce filha e seus amigos,  virá a terra seu ultimo herdeiro e com ele será trazido o caos a terra. O ultimo herdeiro de Salazar Slytherin nascerá de uma poção do amor. Sua mãe morrerá no parto e seu pai a terá abandonado gravida. Tom Riddle será incapaz de amar e por isso, se tornará o pior bruxo das trevas já vistos, superando até mesmo Gellert Grindewald -  diz Boyne lendo cada vez mais surpreso, até ser interrompido por Ryana.

- O que esse Tom Riddle tem a ver comigo? - perguntou Ryanna curiosa.

- Ao que parece ele é seu descendente - explicou Thomas cada vez mais interessado na leitura.

- E é assim que se inicia o fim do mundo, ou o inicio dele... Uma guerra bruxa devastadora, que mataria a muitos...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...