História As long as you love me (Em edição) - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Backstreet Boys
Personagens AJ MacLean, Brian Littrell, Howie D, Kevin Richardson, Nick Carter
Tags Amor, Boys, Girls, Love, Romance, Sexo
Visualizações 31
Palavras 1.240
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Famí­lia, Festa, Fluffy, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá meus queridos...
Desculpem pela ausência, mas aqui estou eu com mais um capítulo!
Boa leitura ♡

Capítulo 33 - Back to me


Alguns meses havia se passado desde que Howie decidiu ajudar a Zahra, mesmo com sua rotina corrida sempre que podia estava presente. Ela havia se recuperado o mais rápido que o esperado e era outra pessoa. Uma senhora terna, doce e com uma paz que podia ser notado à distância. Praticava sua meditação, comia e dormia bem e já reagia sem os medicamentos. Depois de voltar de viagem West foi visitar sua mãe na casa de campo onde estava sendo tratada. 

- Mamãe! -disse West com um sorriso largo ao ver sua mãe recuperada

- Minha Amethist! Mamãe sentiu sua falta! Como está? -Zahra sorria erguendo os braços para um abraço caloroso

- Também senti muito a sua falta. A rotina no trabalho estava pesada, agora demos uma pausa e vim correndo te visitar. Estou muito feliz por sua melhora mamãe! 

- Estou me sentindo ótima filha. Faz um bom tempo que não me sentia assim. Mais uma vez me sinto viva, e devo isso a Howie. A vocês também, mas ele tomou a iniciativa de me trazer aqui e que fosse cuidada como deveria...

- Eu sei mamãe... tenho que admitir que está certa. Da bondade dele eu não tenho dúvidas, ele é um homem de um coração muito bom.

- Filha você ainda o ama não é? Você não pode esconder de mim. Sei que ele deve ter errado e você tem seus motivos para se afastar, mas quem não erra? Quem não comete erros nesse mundo? Esse rapaz já te deu provas o suficiente de que te merece e te ama...

- Eu o amo mamãe, amo muito e não sabe o como queria abraça-lo com força e dizer isso. Mas a confiança... 

- Você sempre foi muito insegura West, e insegurança nos impede de viver o que queremos viver. Pois sempre estamos pensando no "e se? " deixa de ser boba e volta para o seu gatão! - Zahra dizia sorridente dando-lhe um tapinha no braço

- Tem razão mamãe... e eu sou mesmo uma boba

- Não, não é! Você é uma das mulheres mais fortes e admiráveis que já vi... -Howie disse surgindo de repente de detrás das plantas onde ouvia a conversa caladinho

- Você? Howie! Desde quando você estava ai? -West perguntou assustada

- Desde que você chegou também... 

- Eu não acredito! 

- Bom está na hora do meu chá... -Zahra comentou sorrindo e se retirando em seguida

- Eu confesso que fiquei surpreso ao te ouvir dizer isso, mas não sabe o quão feliz me fez...-Howie dizia ao se aproximar lentamente

- É que... eu... eu sei que... -West tentava formalizar uma frase enquanto estava inebriada com o olhar e o toque de Howie que se aproximou sorrateiramente e a beijou sem cerimônia 



       "Porque quando eu olho para a minha vida

         E como as peças se encaixam

           Ela só não rima sem você 

          Quando eu vejo como meu caminho parecem acabar antes de seu rosto

          O estado do meu coração 

          O lugar onde estamos

          Estava escrito nas estrelas...

          Eu cometi alguns erros, sim como às vezes fazemos 

Passei por muitas tristezas

      Mas tudo isso me trouxe de volta para você..."  


Howie a beijava ternamente e com calma, era como se o tempo parasse naquele momento e cada movimento fosse uma sinfonia. Segurou sua cintura enquanto a beijava com doçura. West não resistiu em nenhum momento permitindo que ele a conduzisse. 

Se amavam e era fato, de nada adiantaria tentar fugir do que era para acontecer. 




   Enquanto isso na casa da família Carter....


- May, meu amor. Cheguei! -Nick parou no meio da sala jogando a mala para o lado e erguendo os braços para Madeleine que estava ali sorridente emitindo alguns sons não indentificado por ele

- Princesa do papai! Venha aqui... cadê sua mamãe? -Nick a beijava e abraçava enquanto ela sorria 

- Bem vindo de volta meu amor! Morri de saudades de você! -disse May vindo da cozinha com a comidinha de Madeleine nas mãos

- Eu contei cada segundo para voltar para vocês! Eu te amo, amo muito... -disse agarrando-a e beijando em seguida 

- Olha a cara dela quando você me beija! -May fazia sinal para Madeleine fazendo careta ao vê-los beijando

- O que foi princesinha? Papai não pode beijar a mamãe?  

- Papa...

- Nick paralisou ao ouvir o som. -May você ouviu? Ela disse papa

- Ela já vem dizendo à dias, quando assistimos aos dvds juntos ou ela ver sua foto aponta e diz papa

- Eu preciso gravar esse momento, eu preciso...-Nick dizia emocionado tirando o celular do bolso 

- Calma amor! - Madeleine fazia sinal com as mãos como se chamasse Nick e misturado com sons desconhecidos soava papa junto

- Olha isso May! -ele gravava eufórico todos os movimentos da filha, emocionado com aquele momento

-Ela me lembra a Leslie... tem alguns traços de quando ela era bebe

- Ela é como se fosse um pedaço da Leslie entre nós. Leslie Madeleine Carter, nossa filha, nosso fruto, nosso elo perfeito. -Nick abraçou-a em seguida beijando intensamente

 

Depois dali ele foi tomar um bom banho para relaxar, comer e curtir a noite com a família.  


No dia seguinte...

 Aj e Kim foram visitá-los por volta dos meio dia, Kim estava maravilhada com a bebê e não parava de brincar, Aj a observava de lado imaginando os filhos orientais que teriam mais a frente...

- Princesa você quer ser mãe? 

- Porque a pergunta príncipe? 

- Você leva jeito. E eu não vejo a hora de ver nossos bebês de olhos puxados pela casa 

- Sou louca por bebês e quero sim ser mãe. Só não sabia da sua vontade no momento. -Kim dizia pensativa

- Ei...- Aj tocou-lhe o queixo trazendo seu olhar para si. - Eu quero tudo com você, por isso eu te escolhi. Eu te amo princesa...-beijou lhe a testa e os lábios em seguida


- Então, depois que casarmos podemos iniciar a fabricação...

- Casaremos em duas semanas, então podemos começar de agora.

- Jay se controla! Temos uma criança nos olhando... - Kim sorria incrédula diante da loucura de Aj

- Você acha mesmo que essa princesa lindave loira não já viu papai e mamãe nos amassos? Do jeito que são inconsequentes? 

- Ei ei ei! Pare de manchar nossa reputação bro! -Nick entrou na sala de estar onde estavam

 - Eu só disse a verdade. Não é segredo para Kim, ela sabe do fogo da amiga. 

- Jay! -disse dando-lhe um tapa

- Momento orgias meu amor...

- Somos todos modernos... não seja tímida

- Tímida quem? A Kim? Só se for dormindo! -disse May se aproximando

- O que é isso? Um complô? -Kim perguntou sorridente

- Safado aqui todo mundo é, todos são chegados a uma boa putaria... -Nick dizia trazendo May ao seu colo. -não é mesmo minha rainha? 

- Com toda a certeza... -May abraçava seu pescoço e mordia o lábio 

- Vamos parar com isso porque tem uma criança que está prestando atenção em tudo e não pode ver nem ouvir essas palavras. -Kim dizia tentando aparentar séria

- Kim, Madeleine está quase adormecendo em seus braços...

- Mesmo assim...

- Ah tinha me esquecido de dizer... fui avisado de que Bárbara fugiu do manicômio onde estava... -disse Jay sério

- O que? Nick precisamos ficar atentos! -May falou apreensiva

- Calma May... no dia seguinte a encontraram morta em uma praia, ela fugiu para se jogar de um precipício.  

- Meu Deus! -May levou a mão a boca

- Calma meu anjo, está tudo bem. -Nick a abraçou 

- Que fim triste... - Kim dizia assustada


Notas Finais


Muito obrigado por acompanharem minha fic. Fico feliz ao ver que vocês lêem e comentam. Obrigado pelo apoio, de coração.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...