História As Long As You Love Me - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Pattie Mallette, Personagens Originais
Tags Faculdade, Justin Bieber, Romance
Exibições 344
Palavras 3.176
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


HELLOOOOOO estou de volta e com avisos. Bom nos encontramos lá embaixo

Boa leitura docinhos!!!!!!

Capítulo 27 - Passado


Fanfic / Fanfiction As Long As You Love Me - Capítulo 27 - Passado

     Justin segurou o meu braço me afastando do Will que olhou feio pra justin.

  — O que foi Amor ? - perguntei irônica.

  — Ta tudo bem mesmo Louise ? - Will perguntou e eu fiz que sim com a cabeça. — Então vou te deixar a sós com seu namorado. - ele disse olhando com desdém pra justin.

Assim que Will se afastou justin me soltou:
— O que foi ? - perguntei.

— Você ia beijar ele ?  - justin perguntou e eu ri.

— Não sei. Ele é bonito né ? Se ele pedisse pra ficar comigo eu ia aceitar. - disse e ele revirou os olhos.

  — Engraçado , você não quer que eu fique com a Lana mas já ta ai se engraçando pro lado desse Will ai. - justin disse cruzando os braços.

  — Ué ? Você ficou lá de papinho com a Lana e me deixou sozinha. Você quer que eu fique correndo atrás de você ? - ri como deboche. — Não justin ! Eu não vou e se você quiser ficar com ela , fique. - disse deixando ele no meio da pista parado.

   Fui até uma mesinha onde Will e os meninos estavam:

— Hey Will , desistiu de me ensinar ? - perguntei e ele olhou pra justin.

  — Eu acho que o seu  namorado não gostou. - ele disse rindo.

   — Louise cara , você mudou muito! - um menino disse.

  — Eu não me lembro de você... - disse e ele riu.

  — Tem certeza ? Seu primeiro beijo foi comigo. - ele disse e eu corei.

  Jones , o menino que me usou por causa de uma aposta.

  — Ah sim. Me lembro de você , esse ainda ta vivo ? Pessoas como você não merecem dividir o oxigênio comigo. - disse dando um sorrisinho falso pra ele e saindo da mesa.

  Will me seguiu.

— Nossa Louise tadinho do garoto. - ele disse rindo.

— Ninguém disse tadinha quando me usaram pra fazer uma aposta. E que eu me lembre você estava no meio Will. - disse e ele me olhou envergonhado.

  — Eu me arrependi ok! Eu era um completo imbecil ! Até hoje lembro disso. Me desculpa Louise? - ele disse e eu pude ver sinceridade nas suas palavras.

— Ta desculpado Will ! - disse lhe abraçando. — Agora tira uma foto minha com o seu skate. - disse lhe entregando o meu celular.

   Will me deu seu skate e eu o coloquei em pé e fiz careta pra câmera.

  —Ficou legal! - ele disse e eu peguei o celular da sua mão pra ver.

  — Vou mandar pra Nathallie. - disse e ele me olhou confuso. — Minha amiga.

   Mandei a foto pra ela e fui procurar justin.

Achei ele com os meninos bebendo.

  — Justin ? - o chamei e ele veio até a mim.

— O que você quer ? - ele perguntou grosso.

  — Que isso "amor"! - disse e ele revirou os olhos. — Vem vamos tirar uma foto.

  Justin veio pro meu lado e segurou a minha cintura.

  — Não justin! Sai pra lá ! - disse o empurrando.

   Ele pegou o meu celular e   mordeu o lábio , eu o olhei com a sobrancelha arqueada. Justin tirou a foto!

  — Ficou espontânea. Gostei. - ele disse me entregando o celular.

  Mandei a foto pra Nathallie e ela respondeu na hora:

   Que casal fofo - Nah.

    Vai se ferrar Nathallie. - Louise.

   Respondi.

Justin se sentou na mesa com o resto do pessoal , não tinha mais lugar então eu fiquei em pé do lado do justin.

  — Vai querer Louise ? - Will me ofereceu um cigarro.

  — A Louise não fuma! - justin disse pegando o cigarro da mão do Will e tragando o mesmo.

  — A minha prima sempre foi certinha. - Lana disse e suas amigas riram. Revirei os olhos.

— Justin já ta anoitecendo vamos embora ? - sussurrei em sem ouvido.

  — A gente vai embora. Foi um prazer conhecer vocês. - justin disse dando um abraço em cada um dos meninos.

  — Mas já justin ? A Louise sabe o caminho pra casa , fica aqui com a gente. - Lana disse.

   Garota chata !

  — Não vou deixar ela ir sozinha. - justin disse passando seus braço nos meus ombros.

Estavamos caminhando pelas ruas abraçados. Eu tava gostando daquilo.

— Amanhã cedo você me leva pra conhecer a cidade ? - ele perguntou.

— Ta.

— Eu acho que bebi demais. - ele reclamou e eu ri.

— Bem feito.

— A Lana me contou a sua história. Que o Jones perdeu alguma aposta e teve que beijar... - ele disse e eu olhei pros meus próprios pés. — Ela também disse sobre o baile de primavera e...

— Ela te contou o quanto eu fui humilhada pelas mesmas pessoas que passaram a tarde com a gente.  - disse e pude sentir uma lágrima descendo pelo meu rosto.

  Justin parou de andar e ficou na minha frente.

  — Louise , eu juro que tive vontade de socar cada um. - ele disse limpando a minha lágrima. — Eu não entendo. Só porque você era mais inteligente que eles e por que usava óculos eles te zoavam ? E você ainda tratou eles bem. Foi isso Louise , foi isso que me chamou atenção em você. No mesmo dia que eu falei que queria você morta , você me ajudou quando eu precisei de açúcar. Mesmo sabendo da intenção do Chaz você continuou sendo amiga dele. A sua inocência , a sua bondade. - justin disse segurando o meu rosto.

   O beijei em seguida o abraçando.

— Eu gosto de você justin. - disse ainda abraçada a ele.

  Justin me apertou mais e me deu um selinho.

— Vem , vamos! - ele disse entrelaçando as nossas mãos.

   Assim que chegamos em casa meu pai nos esperava na varanda.

— Vocês estavam a onde? - ele perguntou e eu ri fraco.

— A gente foi na pista de skate com a Lana. - justin disse se sentando do lado do meu pai.

— E cade ela ? - Sr. Hollister perguntou confuso.

— Ficou lá com os amigos dela. - disse dando de ombros.

— Vamos entrar crianças a Drika fez um jantar ótimo. - meu pai disse se levantando.

  Drika trabalha lá em casa desde que nasci. Ela ajudou meu pai quando a minha mãe morreu , por isso tenho uma ligação bem forte com ela. Estranho ela não ter vindo no almoço.

   Corri pra cozinha e a encontrei lavando algumas panelas.

— Drika ! - gritei e ela se virou pra me ver.

   Corri até ela e a abracei.

— Ai Ise ! Minha mão ta toda molhada. - ela disse e eu ri.

   Ise ! Esse era o apelido que ela me chamava. Ai que saudade de ser chamada assim!

— Drika ? Você pintou o cabelo ? - perguntei me afastando dela.

   Drika sempre teve os cabelos loiros e agora a vejo morena ?

— Sim. Gostou ? - ela perguntou o jogando pra trás.

— Gostei.

— Quem é o moço bonito ali ? - ela perguntou apontando para  Justin que estava na sala de estar ajudando meu pai a por a mesa.

— Éééé meu namorado! - disse e ela me olhou confusa.

— E seu pai aceitou isso assim? Fácil ? - ela perguntou rindo.

— No começo não , mas agora não se desgrudam mais. - disse o olhando eles rindo.

  Eu estava um pouco mal por menti pra minha família. Principalmente pro meu pai , mas nem eu sei direito o que justin e eu somos.

Já tínhamos comido só estavamos esperando a sobremesa:

— Drika eu te amo ! Nem me lembro a última vez que comi bolo de chocolate. - disse assim que Drika colocou a mesa um tabuleiro com o bolo.

  Comi uns quatro pedaços e ia comer mais um quando Lana passa pela porta da sala.

— Cheguei na hora boa ! - ela disse me fazendo bufa.

— Para  alegria de todos - murmurei.

— Oi Louise ? - ela disse se sentando.

— Ta fazendo o que aqui Lana? - perguntei e meu pai me olhou feio.

— Vou dormir aqui. Tudo bem pra você ? - ela perguntou com deboche.

— Você estando aqui e não estando não vai mudar nada na minha vida... - disse dando de ombros.

   Justin só observa já o meu pai tava quase me matando com o olhar.

— Acabei. Boa noite pra vocês.

— Já vai dormir Loui ? - meu pai perguntou

— Sim. Você vem justin ? - perguntei e meu pai quase morreu engasgado.

— O justin vai ficar aqui! No seu quarto ele não entra! - meu pai disse e eu gargalhei.

   Subi pro meu quarto e tomei banho.

   Não coloquei pijama por que eu não ia dormir. Não sou louca de deixar a Lana e o justin sozinhos.

Desci a escada de fininho e parei no meio vendo Lana e justin na sala vendo filme.

— Ta fazendo o que ai menina? - meu pai me perguntou.

—  Shiuuu pai. - disse e ele riu.

—  Vou dormir ta ? Boa noite. - meu pai beijou a minha testa e subiu.

  Decidi descer.

— Estão vendo o que ? - perguntei me sentando no meio dos dois.

— Simplesmente acontece. - Lana disse vidrada na tv.

—  Eca! Justin você ta vendo filme de menininha ? - eu perguntei e ele riu.

— Cala a boca Louise ! - Lana disse e justin me puxou pra cozinha.

— Sua prima ta começando a ficar chata. - ele reclamou e eu ri.

Justin me impressou na parede e atacou os meus lábios. Passei minhas pernas em sua cintura. A única coisa que me segurava era a parede.

— Deixa só o tio pedro saber que vocês estão se pegando na cozinha. - Lana deu um susto na gente fazendo justin se afastar e eu cair no chão.

— Ai. - gemi de dor.

   Lana e justin começaram a rir enquanto eu estava caída no chão.

— Ninguém vai me ajudar não? - perguntei e justin estendeu a mão pra mim levantar.

—  Eu devia ter gravado isso! Mas um dos micos da Louise fracassada. - Lana disse rindo.

— Louise fracassada? Garota você não cresce não ! O que você e seus amiguinhos fizeram com a Louise é crime sabia ? - justin disse e Lana encolheu.

— Deixa justin ! Nada vindo dessa dai me atingi. - disse já em pé.

  — Vamos dormir Loui. - justin me puxou pra escada.

   Subimos pro meu quarto. Justin disse que ia ficar no meu quarto até eu dormi. Eu e ele  estavamos deitados na minha cama fitando o teto:

— Você não acha que isso ta ficando muito gay justin ? - perguntei o olhando.

— Posso falar a verdade ? Acho. - justin se levantou da cama.

— Você falou da Lana mas você fez a mesma coisa comigo quando entrei na faculdade. - disse  e ele me olhou.

— Mas eu fiz isso por que não gostava de você e não pelo fato de você ser nerd ou algo do tipo. - ele disse voltando a se sentar na cama.

   Me levantei e sentei em seu colo.

— Eu amo quando você faz isso. - justin susssurrou no meu ouvido.

   Beijei o seu pescoço e ele se deitou na cama.

— Quando a gente chegar em Los Angeles tenho uma surpresa pra você. - susssurrei em seu ouvido.

— Qual ? - ele  perguntou apertando a minha cintura.

— Surpresa. - disse selando os nossos lábios.

    Justin apertou a minha bunda e quando ele ameaçou tirar o meu short , sai de cima dele.

— Qual  é Louise ! Porra você acordou o bieber de baixo - ele reclamou se levantando e ficando na minha frente.

— Vai pro seu quarto! - disse e ele bufou saindo da minha frente e abrindo a porta.

— Boa noite. - justin disse fechando a porta. Peguei o meu celular pra ver as horas e tinha uma mensagem de um número desconhecido.

Quem é você ?- Louise.

    Mandei elogo fui respondida:

      Will.

   Ah sim. Quem te deu meu número ? -Louise.

A Lana me deu.Louise será que a gente pode se encontrar amanhã? - Will.

    Ué ?

   Podemos sim. - Louise.

    Então passo na sua casa ás 10:00 horas. - Will.

    Ok. - Louise.

Coloquei meu celular pra despertar 8:00 horas e fui dormi.

  Acordei com o som do alarme. Me levantei ainda sonolenta e fui pro banheiro.

  Em todos os quartos dessa casa tem banheiro por isso quase não usamos o banheiro principal.

Me despi e entrei no chuveiro. Lavei meus cabelos e fiz minha higiene matinal.

Saí do banheiro enrolada na toalha e abrindo a mala.

Como não sei a onde Will vai me levar resolvi por um vestido  azul bebê soltinho e meu all star. joguei meu cabelo pro lado e pronto .

Desci a escada correndo e fui pra cozinha encontrando Drika fazendo o café.

  — Bom dia Drika. - disse abrindo a geladeira.

— Bom dia. Aqui seu café bem forte. - ela disse me dando uma caneca preta escrita "eu odeio o texas".

   — Você guardou a minha caneca. - disse pegando a mesma.

    Não que eu odeia o Texas , mas é que sou do contra é que minha prima comprou uma caneca escrita : " eu amo o Texas " Então eu coloquei na minha cabeça que eu tinha que ter uma caneca quê dissesse o contrário.Meu pai  procurou em todo o lugar, mas, não achou. Resumindo ele teve que mandar fazer.

   Assim que tomei o café  meu pai apareceu na cozinha:

— Acordada a essa hora filha? - meu pai disse pegando uma caneca no armário.

— O Will vem me buscar 10:00 horas. - disse e ele me olhou confuso.

— O amigo da Lana? - meu pai  perguntou e eu assenti. — Ele vai vim te buscar pra que ?

— Também não sei. - disse dando de ombros.

— E justin ?

— Vai ficar em casa. - disse saindo da cozinha.

JUSTIN POV

   A família  da Louise é hilária. Estou gostando de ficar aqui.

Estou me segurando pra não pegar a tal de Lana. Ela é muito gostosa e ainda ta dando mole pra mim! Mas eu não ia consegui ficar com ela. A Louise jogou alguma macumba em mim só pode!

Ontem eu fiquei rolando na cama pensando qual seria essa surpresa que ela vai fazer assim que chegarmos a Los Angeles.

Eu já sabia que o que eu sinto pela Louise é recíproco. Eu só precisava ouvir da boca dela. E foi isso que aconteceu ontem.Ela disse que gosta de mim ! Caralho eu queria sair pulando pelas ruas mas isso seria muito gay então reagi normalmente.

Esse Will não me engana. Desde de que ele ajudou a Louise descer da caçamba euestou de olho nele.

Engraçado , quando a menina era a nerd da sala ninguém queria ela e agora que a menina ta toda gostosa eles correm atrás ? Mas pra infelicidade deles o único que pode beijar ela sou eu.

   Acordei e olhei no meu relógio que estava em cima da cômoda.

10:20 da manhã. Tomei meu banho , pus uma bermuda , uma blusa e o meu vans. Escovei os meus dentes e desci.

— Bom dia. - disse assim que cheguei na cozinha encontrando Pedro lendo jornal e Drika lavando a louça.

— Bom dia justin. Louise disse que você gostava de ovos com bacons então eu fiz pra você. - Drika disse doce.

— Obrigado. Fala nisso cade ela ? - perguntei.

— Bom dia justin. a Louise saiu com o Will , Ela disse que volta antes do almoço. - Pedro  disse ainda olhando pro jornal em suas mãos.

— Will ? ela disse que ia me levar pra conhecer a cidade. - Disse me sentando em uma mesa redonda na cozinha.

— Ela deve ter se esquecido. - Pedro deu de ombros.

   Duvido que ela se esqueceu. Ela fez isso de propósito isso sim. Ah Sr. Pedro você não conhece a filha que tem. Mas que tal se eu convidar a Lana pra dar um passeio pela cidade ?

— A Lana já foi embora ?  - Perguntei e Pedro desviou seu olhar do jornal pra mim.

— Já. Justin vou te dar um conselho; A Louise é bastante ciumenta se ela te ver conversando com a Lana de novo ela te mata. - ele disse sério.

  Merda ! E agora ? Vou ter que esperar a Louise aqui. Ai ela me paga! O se paga.

   Fiquei até a hora do almoço vendo jogo e bebendo uma cervejinha com Pedro. Até que não foi tão ruim assim ficar com ele.

—Goooooool...!!!!! - Pedro grita.

— Quem ta jogando pai ? - Louise e Will entram na sala.

— Bom dia Pedro. -Willie disse e pedro sorriu pra ele. — Fala aê justin. - Ele disse e eu sorri pra ele.

— Já acordou amor. - Louise disse vindo até a mim. Sua voz estava seus olhos escuros demais.

   Falsa !

— Já! Você foi a onde ? - perguntei curioso.

— O Will me levou pra andar de skate. - ela disse olhando pra ele.

   Mas ela tava de vestido.

— E você foi de vestido ?- Pedro perguntou. Tirou as palavras da minha boca.

— Eu não sabia que ele ia me levar pra andar de skate. - ela disse dando de ombros.

— Bom gente , vou indo. Louise você me leva até a porta ? - ele disse e Louise o acompanhou.

— Não gosto desse menino. - Pedro disse e eu ri.

  Fiquei esperando Louise entrar atrás da porta. A mesma entrou e encostou a cabeça na porta.

— Ta fazendo o que ai ? - ela perguntou olhando o nada.

— Louise você falou que ia me levar pra conhecer a cidade. - disse de braços cruzados.

— Quando você vier ao Texas de novo você conhece ué. - ela disse indo pra cozinha andando meio torta

   Essa garota hoje ta afim de me estressar só pode.

   A segui até a cozinha.

—  Você gostou de sair com o Will ? - perguntei e ela se virou com um sorriso enorme no rosto.

  Ué ? por que ?

— Gostei sim. - ela disse se aproximando

   Estremeci quando passou sua mão sobre o meu abdômen.

— Louise ? Você bebeu ? - perguntei e ela riu alto.

— Não só bebi como fumei amor! Ah e tomei uma bebida vermelha que me deixou meio zonza mas eu to bem não estou ?. - ela disse rindo

  Eu mato aquele filha da puta !




Notas Finais


Quem quer matar o Wiil ? Eu quero ! Falso fdp. E essa surpresa ? Dêem palpites do que seja. Respondo todos.

Agora os avisos. Bom eu já consegui chegar até o cap que eu queria , então infelizmente a maratona acabou:'(
E o outro aviso é que amanhã eu vou viajar e eu ia postar amanhã , mas não vou.

Beijos e até terça- eu acho - <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...