História As Long As You Love Me - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Pattie Mallette, Personagens Originais
Tags Faculdade, Justin Bieber, Romance
Exibições 389
Palavras 2.689
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Cheguei meus docinhos. Bom , quero agradecer aos favoritos e aos comentários que aumentaram , até os fantasminhas se manifestam ghajasnbn MUITO OBRIGADO MESMO AHH E SEJAM BEM-VINDAS(O)

Boa leitura

Capítulo 28 - A surpresa


Fanfic / Fanfiction As Long As You Love Me - Capítulo 28 - A surpresa

  Louise estava fora de si , ela ria de tudo. Pedro não podia ver ela assim.

  A Levei pra o seu quarto e coloquei ela no chuveiro.

  Enquanto Louise cantava no banho eu fui mexer no celular dela a procura do número desse tal de Will.

   Achei. Vou ligar pra esse otário.

  — Louise ? - ele atendeu rindo.

   — Não seu filha da puta aqui é o namorado dela! O que você deu pra ela ? - perguntei já me alterando.

   — Eu? nada por que ? - ele se fez de santo.

   — Fala logo porra!

   — A Louise é tão inocente né ? ela achou mesmo que eu ia ser amigo dela ? - Ele riu.

  — Sabe o que você é? uma criança!  Um mimadinho!

   — Ahh pelo amor de deus ! A Louise ficou gostosa ? ficou mas pra gente ela vai continuar a " Louise fracassada" de sempre  .  - Ele disse desligando na minha cara.

   Então aqueles amiguinhos dele estavam nessa também ? Até a Lana? Eles deviam é voltar pro colegial isso sim ! um bando de crianças.

   — Justin ? - Louise me chamou.

  Será que ela já ta consciente?

   Peguei qualquer roupa e uma  lingerie na mala dela. Entrei no banheiro e ela estava enrolada na toalha  entreguei a roupa à Louise  e a esperei sai do banheiro.

  — Ai! minha cabeça. - Louise  disse saindo do banheiro.

   — Você ta bem ? - perguntei preocupado.

  — Acabei de reclamar de dor de cabeça justin!

   Agora eu sei que ela ta bem!

  — Não conta pro meu pai. - Ela  pediu  secando o cabelo.

   — Você quer que eu não conte pro seu pai ? Louise eles te doparam! - falei alterando a voz.

   — Minha cabeça ta doendo Porra. - Louise  diz em seguida tapando a boca. eu ri. — Justin, eu sei que o que eles fizeram é crime mas eu não quero confusão! Agora eu aprendi. Eu sou muito burra em achar que as pessoas que me humilhavam no passado iam me tratar bem. o Will até pediu desculpas sabe ? e eu boba acreditei! - ela disse chorando e eu a abracei.

  — Um dia cada um deles vão pegar pelo que fez! - disse a apertando mais nos meus braços.

  — Vamos descer! Antes que o meu pai desconfie. - ela disse limpando as lágrimas.

   Almoçamos e Lana teve a cara de pau de vim aqui.

   Louise e eu estamos vendo tv na sala quando Lana chega se sentando do lado dela:

   — Ta tudo bem Louise ? - ela perguntou e Louise riu .

   — Era pra mim estar mal  ? - Essa é  minha garota.

  — Não sei ué... só perguntei. - Lana disse mexendo no celular.

  — Será que a Tia Ana vai gostar de saber que doparam a sobrinha dela justin ? - ela perguntou  e Lana arregalou os olhos.

— E se ela saber que a a filha dela dopou a própria prima ? - Provoquei.

  — Vou -e-e-embora! - Lana disse e Louise segurou seu braço

  — Já prima ? Fica mais um pouco. - Louise quando quer sabe ser falsa...

  — É que a minha mãe ta me esperando. - Lana disse saindo pela porta da sala.

   Louise deu uma gargalhada gostosa e em seguida ficou séria me encarando.

  — O que foi ? - Perguntei fazendo ela rir.

— Essas pintinhas que você tem perto da boca. - Louise se aproximou mais.

—  O que que tem ?

— Elas são fofas. - Louise disse fazendo cara de nojo.

— A Louise nunca gostou de coisas fofas. - Pedro apareceu na sala.

   Merda ! Eu ia beijar ela.

— E os unicórnios ? - perguntei.

— A única coisa fofa que ela gosta. - Pedro disse e Louise assentiu.

Eu to sem sexo desde que dei um fora na Ellen e isso faz muito tempo , Mas o que eu não faço pela Louise né...

Quero chegar logo em Los Angeles , por que beijar a Louise com o pai dela vendo não é legal , não mesmo.E porra ela tava com um short que só de olhar pra bunda dela já me deixava  excitado.

— Justin ! - Louise gritou lá de cima. — Vem aqui!

  Subi as escadas correndo e fui em direção ao seu quarto.

  Quando entrei Louise tava sentada na cama sobre as próprias pernas:

  — Que foi ? - Louise me olhou de cima a baixo e mordeu os lábios.

  — Nada. Era só pra ver se você me obedecia. - ela disse rindo.

   Deitei ela na cama ficando por cima da mesma. Segurei nos seus dois braços :

  — Quem é que manda agora? - Perguntei e ela revirou os olhos.

   Beijei seu pescoço , fazendo Louise arrepiar.

— Da pra você sair de cima de mim? - ela perguntou impaciente.

  Soltei seus braços e a beijei. Louise envolveu seus dois braços na minha nuca.

   Toda vez que a beijo é como se você a primeira vez. Até tentei a beijar com carinho , mas não me segurei . Aperto a sua coxa e Louise geme durante o beijo.

  Agora eu não vejo mais nada. Não ouço mais nada. Tudo o que quero é ela.Mordo seu lábio, depois o sugo devagar , louise gemi baixinho.

   Toco a base de seu seio. A minha ereção já é visível e ela sentiu por que riu durante o beijo.

  Roço as nossas intimidades fazendo ela arfar.Louise me empurra e eu a olho com a testa franzida.

— Éé  m-melhor a g-gente parar. - ela disse tantando recuperar o fôlego.

— Por que Louise ? ta tão bom... - disse beijando o seu pescoço.

— Por que se o meu pai aparecer aqui , você ta morto. - ela disse e eu sai de cima dela rindo.

  Ah Louise! não vejo a hora te  ter pra mim. De me ver dentro de você.E quando isso acontecer vou ser o homem mais feliz desse mundo.É oficial eu virei um idiota apaixonado!

  Já estava na hora de ir pro aeroporto e eu estava crente que ia ser uma choradeira , mas nenhum parente apareceu pra se despedir dela.

— Odeio despedidas. Por isso ninguém veio. - Ela disse. como se soubesse no que eu estava pensando.

  Quando chegamos ao aeroporto Louise só deu um "até logo "pro pai e saiu do carro.Quando eu ia sair Pedro segura o meu braço:

  — Cuida dela.Ela parece forte mas  é uma menina sensível. - ele disse e eu assenti.

  Assim que peguei as malas Pedro foi embora. Louise e eu fomos para o portão de embarque.Por que assim que chegamos o nosso vôo foi anunciando só deu tempo de fazer o check-in

   Louise foi a viagem toda dormindo.

   Chegamos no aeroporto de Los Angeles de madrugada.

—  To ansioso para  minha surpresa. - disse pegando a minha mala e a de Louise na esteira.

— Vai ficar pra depois.- ela disse sonolenta.

   Bufei. Que saco !Pegamos um táxi pra ir pra casa.

— To morrendo de sono. - Ela disse colocando a cabeça no meu ombro.

— Sua namorada? - o taxista perguntou 

  Fiz que sim com a cabeça e o taxista sorriu.

Minha namorada? Sim Minha. Bom ela não sabe ainda ,mas é MINHA.

   Assim que chegamos no nosso prédio cada um foi pro seu apartamento. Eu queria dormir com ela ,mas ela não deixou.

[...]

Acordei com um barulho insuportável do meu celular.

— Alô ?

— Vai vim trabalhar não moleque ? - Afasto o celular do ouvido porque o meu pai resolveu gritar.

— Jeremy , eu cheguei de madrugada ! - disse e ouvi ele bufar.

— Como foi com a família da garota ?

— Eles são legais. - me me sento na cama.

— Não precisa vir trabalhar hoje então. Mas espero te ver aqui amanhã. - dito isso ele desligou
  
   Olhei no relógio e já era 15:00 horas. Dormi demais.

   Fiz minha higiene matinal e fui tomar café.

   Bebi uma cerveja que achei na geladeira . Tem coisa melhor pro café da manhã ?

    A campainhia toca e eu vou atender.

   Louise estava na porta com aquele óculos que eu amo tanto.

—  Você ta me devendo uma - ela diz entrando no apartamento.

— Eu ? o quê ? - disse malícioso.

— Tocar pra mim esqueceu ? - Ela disse indo pro meu quarto.

   Ela só quer isso ?

  Entrei no meu quarto e Louise estava sentada na minha cama com o violão na mão.Me sentei do seu lado e peguei o violão:

— Qual música você quer que eu toque ? - perguntei e ela fez cara de pensativa.

— Ah sei lá ,escolhe você.

Trap Queen ? - perguntei e ela assentiu rindo.

     I'm like "Hey ,what's up , hello "
 
  Fico tipo " ei , e aí , olá "

   Seen yo pretty ass soon as you came in that door

   Vi sua bunda linda assim que você entrou

   Louise fechou os olhos enquanto eu tocava.

    I just wanna chill , got a sack for us to roll

   Eu só quero , relaxar tenho algo aqui pra ajudar

     Married to the money , introduced her  to my stove

    Casado com o dinheiro , a apresentei para o meu forno

Louise olhou nos meus olhos e começou a cantar.

     Showed her how to whip italico , now she remixin' for low
     Mostrei a ela como se faz ,  agora ela se vira sozinha.

    She my trap quenn , let her hit the bando

  Ela é a minha rainha da malandragem , deixo ela comandar.

   Louise tirou o violão da minha mão e pôs no chão.

— Como diz a música , deixa EU  comandar. - ela disse no meu ouvido.

  Louise me deitou na cama e sentou em cima de mim. Eu observa cada movimento que ela fazia.

  Ela pegou o celular do seu bolso e  Make Me  da Britney  Spears  começou a tocar.

   Louise colocou seu celular em cima da cômoda e me beijou.

           Friday
  
       Sexta - feira

      I'm dreaming a mile a minute' bout somebody.

   Estou sonhando sem parar com alguém.

   Quando nossos lábios se afastam por um segundo , é eu  que volto a  beija-la. A deito de costas num movimento rápido e vou pra cima dela , sem interromper o beijo.

  Tiro a sua  blusa e beijo sua barriga até chegar no meio de seus seios.Tiro seu sutiã .Chupo o seio direito e envolvo minha mão no esquerdo.

   Louise geme. Tiro o seu short e sua calcinha fazendo ela dar um gritinho.

   Vou a beijando até chegar na sua intimidade que já se encotrava molhada. Mas eu nem comecei!

    This felling I wanna go with it
 
  Este sentimento , eu quero persegui-lo.

   Cause there's no way
  
   Pois não tenho mais jeito.

  Deslizo a boca para o lado e sinto seu perfume. Estou me sentindo um virgem! como se fosse a minha primeira vez.

Passo a língua por dentro e por fora daqueles lábios. Louise geme baixinho me precionando mais contra a sua intimidade.

Subo meu olhar pra ela e Louise estava de olhos fechados e com a boca vermelha de tanto morde.

Aumento a pressão e a velocidade , e ela se engacha em meus cabelos com mais força. Ela treme e eu começo a tremer com ela.

— Justin... - ela diz entre gemidos.

   Louise goza em minha boca.

— Eu quero justin. Eu te quero! - ela diz com os olhos fechados.

    We're hiding away from this tonight , oh, this tonight
 
   De nos escondemos disso hoje à noite , hoje à noite

   Can tell you want me
 
   Percebo que você me quer.

Louise num movimento rápido fica por cima de mim. Ela beija cada tatuagem até chegar no meu quadril. Louise  tira a minha bermuda junto a cueca.  Louise pega o meu membro e passa a língua sobre a cabeça do mesmo. Jogo a minha cabeça pra trás.

— Ah , Porra Louise... - falo baixinho.

Nossos olhares se cruzam e ela não  interrompe a carícia. gemo e afundo meus dedos em seus cabelos , a puxando mais para perto.

— Vou goza Louise... - Quando disse isso ela parou.

Filha da puta. Louise olha pra mim rindo. rolamos novamente na cama e agora eu estou em cima dela.

Coloco meu membro em sua entrada: —  Tem certeza ? - Louise balança a cabeça afirmando.

Começo devagar. Louise gemia de dor e prazer ao mesmo tempo e quando vi uma lágrima escorre no seu rosto  , paro.

— Não ! justin continua...- Louise pediu  em um  tom de voz  baixo

— Se doer você fala. - disse começando as entocadas.

Louise já não gemia de dor e sim de prazer e eu gemia junto a ela . Minhas mãos estão firmes em seu quadril. Minutos se passam e nossos olhares não se desgrudam conforme eu aumento a pressão e a força.

  I  just want you make me move
  
Só quero que você faça eu me mexer.

    Like it ain'ta choice for you , like you got a job to do

  Como se você não tivesse escolha , se fosse seu trabalho.

    Just want you to raise my roop
 
   Quero que você me leve ás alturas.

  Something sensational( oh yeah )
      
       Algo sensacional.

Louise volta  a ficar em cima de mim. Ela se encachou em meu pau.E eu pus a mão em sua cintura , controlando os movimentos

  And make me oh , oh , oh,
 
   E me faça dizer oh , oh, oh,

No apartamento só podia ser ouvido os nossos corpos se chocando.

Apesar da música já ter acabado cantei a parte do  G-Eazy no seu ouvido:

   Said I need you and I
  
  Mas eu preciso de você e posso te levar até o fim e sou capaz
 
  All the way and I'm able
 
   Até o fim , eu sou capaz

  To give you something sensational , so let's go , yeah

   De te dar algo sensacional , então vamos

    Louise e eu chegamos ao nosso clímax juntos.

Ela sai de cima de mim e deita do meu lado com a respiração falha. A puxo pro meu peito.
— Gostou ? - pergunto e ouço ela suspirar

— Amei. - Isso é tudo o que eu precisava ouvir.
  
[...]

Acordo com Louise deitada sobre o meu peito e um sorriso involuntário se forma em meu rosto.

Essa foi umas das melhores tranzas que eu tive na vida CARALHO! 

Agora eu tenho certeza , a certeza de que ela é a MINHA garota!

Louise se mexe um pouco no meu peito mas não acorda. A coloco do meu lado e me levanto. Vou até o banheiro  , tomo meu banho.Coloco um moletom e fico sem camisa.

Passo no quarto e Louise continua dormindo.

São 18:00 horas. Decido fazer um lanche para  ela.
  
Tava fazendo o nosso sanduíche quando ela chega na cozinha. Louise estava com a minha blusa.Ai caralho

— Ta com fome ? - perguntei e ela sorriu.

— Um pouco... Justin a gente não usou camisinha. E tem uma mancha vermelha no lençol - disse vermelha.

— Não tem problema. É normal , depois eu troco .Vai lá no banheiro , no armário tem uma caixinha azul cheia de pílulas. Toma uma. - Disse e ela estreitou os olhos.

— Então o Sr Bieber tem um estoque de pílulas do dia seguinte... Bom saber. - Louise murmurou indo pro banheiro.

Ela voltou com a pílula na mão e eu  dei um copo d'água pra ela.Louise tomou fazendo careta.

— Gostou da surpresa ? - Ela perguntou se aproximando.

— Então essa era a surpresa ? Se eu gostei ? Eu amei Louise. - disse a puxando pela cintura e beijando a mesma.

Agora o nosso beijo estava diferente , tinha algo nele que eu não pude identificar. Amor?  Sentir isso foi o suficiente para fazer o que eu estava planejando q muito tempo.

Louise você quer namorar comigo ? - disse e ela se afastou.


Notas Finais


MEU DEUS oq foi isso meu povo? E aí gostaram da surpresa ? Era oq vocês imaginaram ? Hem ? Hum kgsssjssjsksosudv.
Gente olha esse foi o meu primeiro hot se tiver uma bosta desculpa. Esse cap está esperando vcs a meses e graças ao justinho e claro à Deus ele foi postado. Amém irmãos !

Talvez amanhã eu posto pôs não vou a escola e como eu sou uma vagabunda de 14 anos não tenho nada pra fazer.

Bjs meus docinhos!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...