História As Long As You Love Me - Capítulo 10


Postado
Categorias Barbara Palvin, Christian Beadles, Justin Bieber
Personagens Barbara Palvin, Christian Beadles, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber
Exibições 80
Palavras 2.016
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oee bebês♥✌
Esse capítulo vem bombando em gatinhas 😂❤ espero que gostem e não julguem os personagens ♥

Capítulo 10 - Capítulo - 10


Fanfic / Fanfiction As Long As You Love Me - Capítulo 10 - Capítulo - 10

    As long as you love me

    CAPÍTULO - 10

    Pov : Justin Bieber

    Vadias me cercavam, drogas, armas e muita bebida. Esse era um trecho da minha vida. Ryan e Chaz agarravam duas vadias e Chris já havia sumido por aí, e Bárbara dançava na pista.
    Caralho mano ela tá gostosa pra porra, dançando.
    Porra do caralho, porque ela tem que ser tão gostosa assim ? Seria tão fácil. Se hoje eu não comer ela,eu não me chamo Justin Bieber.
    Um filho da puta chegou por trás dela e começou a dançar com o corpo grudado ao de Bárbara que parecia não gostar, seus braços ficaram tensos ,e ela tentou se afastar mais o filha da puta grudou mais ainda em seu corpo.
    Ah é hoje que eu mato um, ela é minha caralho, só minha.
    Empurro as vadias ao meu redor sentindo meu sangue ferver de tanta raiva. desço as escadas área VIP da boate de dois em dois degraus dando um sinal para o segurança me seguir e assim feito, era um empurra do caralho que eu tive que dar um tiro pro alto para que me dessem passagem. Chegando em Bárbara vejo seus olhos se encontrar com o meu é um alívio se a poderá de seus olhos incrivelmente azuis, empurro o filho da puta para longe dela.
    - Eai cara tava dançado com a gostosa aí, larga daqui irmão. - Fala o cara irritado. Se ele ta irritado eu to fervendo de raiva.
    - Você sabe com quem está falando seu Zé ruela do caralho ? - Falo tirando a arma da cintura e Bárbara gruda em meu braço direito.
    - Só porque tem uma arma tá se achando o fodão, acha que eu tenho medo ? - Fala debochando e eu atiro perto de seu pé fazendo ele dar um pulo assustado e aí música para e a atenção vem para nós.
    - Eu sou Justin Bieber,eu mando nessa porra de boate, nessa porra de cidade. Se eu fosse você eu já teria ido embora assim que me viu - Falo rude e o cara arregala os olhos
    Cara eu adoro botar medo nesses pau no cu.
    - J-ju-justin B-bieber - Gagueja e um murmúrio passo pelo povo desocupado que prestava a atenção na briga.
    - Eu quero você longe daqui em 5 minutos,pois do contrário eu vou te achar e vou te fazer de peneira em dois tempos - sorrio falso - E se alguém ousar em tocar em um fio de cabelo dessa garota, eu juro que corto a cabeça de quem foi e penduro na minha sala de estar - falo arrogante - agora larga daqui se não eu te meto bala aqui mesmo - Término com um ameaça e o cara sai andando rapidamente para a saída da boate.
    A música volta a tocar e o tumulto vai se desfazendo e todos voltam a dançar.Puxo Bárbara até a área vip com o segurança nos acompanhando. Chaz havia sumido junto de Ryan, seila onde esses porra tão.
    Me sentei na poltrona e pego uma garrafa de vodka e bebo direto da garrafa. Bárbara se Mantia quieta olhando para o Chão, mais logo sua atenção se volta para mim.
    - Obrigado, Justin - fala ela vindo até mim se sentando em meu colo e passando as mãos por minha nuca me fazendo arrepiar.
    - De nada, gostosa - Falo seco e tomo mais um gole de vodka sentindo  descer queimando.
    - Larga essa porra, Justin - Fala brava tomando a garrafa da minha mão.
   
- Não enche, caralho - falo tentando pegar a garrafa de suas mãos .
    - Você não vai beber - fala e joga a garrafa de vodka no chão e a mesma quebra  e eu a olho com raiva.
    - Filha da puta, vai me buscar outra- Falo arrogante e ela revira os olhos.
    - Não, não vou - fala rebolando em minha cintura e eu arfo.
    - Não provoca se não vai continuar, porra - Falo e ela continua rebolando
    - Dessa vez não vou parar, você merece um recompensa, nenêm - Fala em meu ouvido e meu pênis ja estava mais duro que pedra .
    - Bárbara, eu juro por deus se você me parar que nem fez ontem no galpão eu vou te comer a força e vou te deixar manca pro resto da vida de tanto que eu vou te comer - Falo e aperto sua cintura e ela da risada em meu ouvido
    - Pode continuar, duvido que você seja tão foda assim - Fala zombando e eu lhe olho debochado
     - Ah Barbie, você não divia ter dito isso.preparesse para ser fodida até perder os sentidos - Falo convicto e me levanto e a coloco no chão e puxo sua mão até onde Nicole estava.
     Eu vejo as vezes ela mexendo com Bárbara que se segurava para não acabar com ela, o que Bárbara poderia fazer sem menor esforço. Se um dia elas brigassem eu não me meteria.
    - Nicole eu quero a suíte máster - Falo simples e ela me olhou e depois olhou Bárbara que a encarou fria pronta para dar um tiro na testa de Nicole ali mesmo.Ciúmes é foda - Eai Caralho, da a chave logo porra - Falo rude ela me estende a chave
    - Aqui,Jus - Fala com uma voz de puta insuportável me entregando a chave e Bárbara revira os olhos
    - Vamos,Justin - Fala Bárbara se segurando
    - Ok - Falo e puxo Bárbara
    - Vadia - Fala Nicole baixo e Bárbara escuto porque parou de andar na hora.
    - O que você disse,Vagabunda? - Pergunta Bárbara entre dentes
    -  O que você escutou, vadia ou quer que eu soletre - fala Nicole desafiando. Porra ela não divia ter dito isso. Eu não vou separar ninguém
    - Agora você vai saber o que a vadia aqui pode fazer - Fala Bárbara soltando minha mão e caminhando até Nicole que arregala os olhos
    Bárbara da um soco de direita certeiro na bochecha de Nicole e logo em seguida da um rasteira na mesma, Nicole parecia fruta podre caindo da árvore. Bárbara pisa com o salto na garganta de Nicole que arranhava seu pé, Bárbara se abaixa e da um tapa no rosto de Nicole que gruinha de raiva. Em um movimento rápido Nicole consegue derrubar Bárbara e sobe emcima da mesma e da um tapa no rosto de Bárbara, E outro e outro até que Bárbara ja está fervendo de raiva e troca de posição colocando a cabeça de Nicole entre suas coxas, lhe dando uma chave de perna. Caralho eu tenho que agradecer ao Chaz por ensinar tão bem lutas.
    Ryan chega ao meu lado vendo a cena mais épica que eu vi, só que não.
    - Briga de gostosas, mano - fala sorrindo bêbado
    - Aposto 10 mil que a Bárbara consegue desmaiar a Nicole - fala Chaz brotando de Nárnia
    - Vou apostar porra nenhuma Não - fala Ryan - você sabe que a Barbie vai ganhar,porque você ensinou ela a lutar- Termina revirando os olhos e Chaz abre um sorriso convencido
    - A Nicole já tá Quase desmaiando - Falo vendo Bárbara apertar mais suas. coxas entre a cabeça de Nicole que estava roxa e sem ar - Tá chega dessa porra - Falo tirando Bárbara de cima de Nicole
    - Me solta Justin, que hoje eu mato essa vadia - Fala Bárbara entre dentes enquanto eu abraçava sua cintura e sua respiração volta ao normal
    - Vagabunda - Fala Nicole se levantando e Into emcima de Bárbara que consegue se soltar de mim e da um belo de um chute na lateral do pescoço de Nicole que cai desmaiada
    - Eita porra,mano - Fala Ryan assuntadoe logo em seguida cai na gargalhada
    - Caralho eu sou foda - fala Chaz se gabando e abraçando Bárbara
    - Ryan vê se a vadia ta viva ainda - Falo para Ryan que faz o pedido
    - Tá viva ainda - Fala suavemente
    - Sorte dessa filha da puta que eu nem me esforcei,porque do contrário ela já estaria dando pro capeta - Fala Bárbara entre dentes
    - Tá,acabou a palhaçada - falo - Cadê o Christian ? - Pergunto 
    - Eu vi ele lanhando um ruiva que puta que pariu - fala Ryan embolado
    - Falo bando de desocupado que hoje eu vou ficar bêbado até cair - Fala Chaz sumindo pela multidão
    - Vou ir ali, comer umas gostosinhas - Fala Ryan depois de ter levado Nicole para o quarto das putas.
    - Acabou com a Nicole, nenêm - Falo zombando e ela me olha
    - Vai se foder Justin, essa vagabunda tava me tirando, da próxima vez que eu catar ela. Ela não vai ter a mesma sorte que hoje, eu vou fazer essa vadia das baratas ir catar migalhas pela trilha do inferno - Fala irritada e eu caio na gargalhada. Até irritada é gostosa
    - Mano até irritada você é gostosa - Falo abraçando sua cintura
    - Eu sou gostosa sempre - Fala convencida e eu reviro os olhos
    - Não é só eu que sofro do ego fortalecido - Falo cínico e ela me olha debochada
    - Aprendi com você, Drew - Fala zombando
    - Foda-se essa porra toda que é hoje que eu te deixo paraplégica - Falo Selando nossos lábios em seguida ela sorri entre o beijo
    A papai é hoje que a noite esquenta.
   
      [ ...]
      
      Pov : Christian Beadles ( Bônus)
 
     A bebida descia rasgando minha garganta enquanto observava as pessoas dançarem.

      Já havia despensado a Ruivinha que havia tentado ter algo comigo, mas não conseguiu nada. Não é ela que eu eu queria essa noite.
   
    Resolvo ir para a pista me divertir também. " Mike Posner - I Took A Pill In Ibiza " tocava e as vadias semi-nuas rebolavam tentando arranjar um macho. bando de vadias.
     
    Vadias me cercavam e esfregavam seus enormes seios em mim ao ritmo da música. Após um longo tempo dançando resolvo ir pegar mais um bebida

    - Uma whisky, Por favor - Falo para o barman que logo atende meu pedido

    Acabo com a bebida em apenas um gole e vou ao banheiro da boate faço minhas nessecidades e saio passando por um corredor com pouca luz e uma mão me agarra me jogando contra a parede

    - Você não sabe quanto tempo estou esperando por isso - Porra essa voz não, Chaz.

    - O-oque você...- Antes que eu termine minha frase ele gruda seus lábios nos meus pedindo passagem com a língua e eu cedo facilmente dando livre acesso para sua língua quente. Ele me beijava com luxuria e carinho mais ao mesmo tempo era um beijo quente e revigorante.
   
     Pov : Ryan Butler (Bônus)

    Porra mano acho que eu bebi demais, to até tonto.
   
     Vou em direção ao banheiro chegando no corredor de acesso e gelo com o que vejo. Chaz e Chris se beijando.

          puta merda!
   
    Mano acho que eu  estou mais bêbado que o normal, mais se for verdade eu não tenho nada haver com essa porra eles que se resolvam.
   
    Mano só tô vendo quando o Justin saber disso, vai ser uma confusão do caralho.
     Resolvo voltar para a pista e uma vadia chamada Claire vem até mim.
    - Ja voltou Ry - Fala com voz de puta

    - Não é só uma miragem, vadia - Falo
meio bêbado

    Puxo ela pela cintura e começo a beijar seu pescoço.

     Hoje à noite promete.
   
    


Notas Finais


Até o próximo cp ♥😘☮


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...