História As Long As You Love Me - Capítulo 11


Postado
Categorias Barbara Palvin, Christian Beadles, Justin Bieber
Personagens Barbara Palvin, Christian Beadles, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber
Exibições 137
Palavras 1.960
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey bebs 😍

Capítulo 11 - Capítulo - 11


Fanfic / Fanfiction As Long As You Love Me - Capítulo 11 - Capítulo - 11

As long as you love me

    CAPÍTULO - 11

    Pov:  Bárbara palvin

            Justin me jogou contra a parede e prendeu minhas mão contra a parede segurando com uma mão enquanto a outra descia pela lateral do meu corpo e sua boca na minha.
          Porra !
           Sua língua travava uma batalha com a minha buscando espaço, ele finalmente soltou minha mão e me puxo para cima me fazendo entrelaçar minhas pernas em sua cintura enquanto eu tirava sua camisa e a jogando pelo quarto. Justin puxou meu vestido para cima o tirando do meu corpo e agora eu estava apenas de calcinha e sutiã em sua frente. Corei mais ele me puxou para um beijo enquanto eu arranhava suas costas e mordia seu lábio inferior com desejo.

     Eles passava as mãos pelo meu corpo, descendo e subindo. Sua boca devorava a minha com luxuria e malicia.

        Justin andou comigo ainda em seu colo e me jogou na cama subindo em cima de mim logo em seguida avançando em meu pescoço mordendo e chupando o local. Desgrudei sua boca do meu pescoço e o joguei para o lado subindo em cima dele é tirando seus supras e logo em seguida sua calça de couro preta,  fui subindo beijos de seu abdômen até sua boca enquanto ele tirava meu sutiã com extrema rapidez e eficiência e acariciava meu seio direito com a mão e me jogou para o lado e começou a chupar meu seio.

    - M-meu deus J-ju-justin - gemi conta gosto

          O volume em sua cueca era evidente. Ele tirou a minha calcinha extremamente úmida, começou a acariciar meu clitóris enquanto eu gemia em seu ouvido e seus pelos se arrepiavam. Ele tirou sua mão de minha intimidade e tirou sua cueca, seu membro pulou pra fora da cueca e pegou-o pela base e começou a passar a glande em minha fenda e eu gemi alto.
      Justin provocou até não aguentar mais e sair de cima de mim e ir ate a cabeceira da cama e pegar uma camisinha e enrolar em seu membro. Ele abriu minhas pernas e me olhou
  
      - têm certeza? - pergunta Evidentemente tenso

        - Contínua essa porra, Justin - falo quase que em um gemido e ele revira os olhos.

        - Se Machucar você me fala, não tô afim de te machucar - fala em tom de advertência

               Justin me penetra e eu logo sinto a dor me atingir, meus olhos marejam mas eu seguro as lágrimas e  coloco as mãos nos ombros de Justin  que para de me penetrar, e me olha de um jeito estranho. Faço sinal para ele continuar e assim feito. puta que pariu isso é muito bom

            A dor vai passando depois de um tempo. Justin aumenta a velocidade das estocadas e começa a beijar meu pescoço, a dor ainda é presente mais o prazer é maior

          - A-wn - gemo no ouvido de Justin que arfa

        - vai bebê goza pra mim - fala Justin em meu ouvido e penetrando com rapidez ,e eu gemo.

               Justin estocava com força me levando ao céu e o inferno ao mesmo tempo. Empurro ele para o meu lado e me sento em seu pênis e começo um vai e vem ritmado mais com força e agilidade

      - I-isso gostosa, m-mais rápido - pede Justin gemendo, eu aumento a velocidade e ele segura minha cintura com força que eu até pensei que iria ficar paraplégica.

         Minhas pernas tremem, meu coração acelera , minhas costas soam e eu gozo com um grito abafado mordendo o ombro de Justin. Justin me vira na cama trocando as posições e começa a me penetrar com uma rapidez quase inexplicável e goza ruidosamente, gemendo alto.

         - Puta que pariu - fala Justin sem fôlego se jogando para o lado.

        - Puta merda - falo deitando em seu peito e ele passa os braços em minha cintura me puxando conta sí enquanto eu nos cobria com um fino lençol.

    Espero que eu não me arrependa disso!
   
             Após um longo tempo acabo adormecendo

    [...]
           
          Pov : Justin Bieber
      
      Bárbara havia adormecido a algum tempo e eu apenas observava o quanto ela é gostosa e bonita. E essa foi uma das melhores transas que já tive isso pode parecer meio gay mais ela é perfeita e gostosa.
      
     Tiro ela com cuidado de meu peito e a coloca na cama, me levanto com cuidado.Visto minha roupa, pego Bárbara no colo e a enrolo no fino lençol e saio do quarto indo direto para a saída dos fundos da boate que dá no Estacionamento e a coloco no banco de trás da minha Lamborghini veneno preta entro no carro e dou partida indo para a mansão.
     
     Os seguranças abrem o portão assim que reconhecem o meu carro. Estaciono na garagem, pego Bárbara no banco de trás e entro em casa com a ajuda de um segurança que abre a porta assim que me vêm com Bárbara no colo.

    Subo as escadas e ando pelo grande corredor dos quartos e entro no meu com dificuldade, ando até a cama e coloco Bárbara deitada, vou ao banheiro.
     Tomo um banho rápido, enrolo minha cintura em uma toalha, vou para o closet e visto um cueca branca e uma calça de moletom cinza, vou direto para a minha cama e me jogo ao lado de Bárbara que dormia tranquilamente e serena com o rosto levemente corado, e a coloco dentada em meu peito e abraço sua cintura fina e, ela Passa seus braços por meu pescoço e acabo adormecendo assim com ela em meus braços.
   
    [...]
       
    Entro no escritório batendo a porta e me jogando em minha cadeira, Bárbara ainda dormi no meu quarto.
    
     Pego uns documentos do tráfico de prostituição para revisar, derepente três vacilões entram rapidamente em meu escritório, e sem bater. Aí depois que morre as pessoas falam que eu sou ruim, incrível isso.

    - Justin, Bárbara foi sequestrada - fala Chris desesperado, eu reviro os olhos por todo o desperdício de pânico.

     Porra mano eu estou comendo a mina que é melhor amiga de um dos meus melhores amigos. Minha vida tem ficado tão confusa com Bárbara, meus pensamentos vooam para ela a todo estante, mesmo eu não querendo é só esso tocar no nome dessa filha da puta que eu esqueço o resto, porra velho não me leve a mal, mais Justin Bieber não se apaixona, A mulher que prender Justin Bieber tem que ser tão foda quanto ele, e isso duvido que aconteça.

       - Justin, filho da puta acorda seu puto - Chama minha atenção - Mano eu não sei como ela foi levada, eu já olhei a casa inteira e ela não está aqui - fala Chaz em tom de desespero e eu reviro os olhos novamente arqueado minhas sombrancelhas.

       - Fica quieto bando de paus no cu - falo simples e coloco meus pés em cima da mesa e as mãos atrás da cabeça, passo a língua entre os lábios.

      - Como você está tão tranquilo ao saber que um membro da sua equipe pessoal foi sequestrado possivelmente por Dylan - fala Ryan incrédulo avançado em mim e eu reviro os olhos pela quarta vez.

    - A Bárbara tá bem bando de vacilões, ela tá dormindo no meu quarto - falo e volto a ler os contratos da prostituição - E da próxima vez que entrarem quase arromabando minha porta, eu Arranco seus membros e espalho pelo mundo.- término sério e eles engolem em seco assentindo
    - O QUE? - pergunta Chaz incrédulo - COMO ASSIM A BÁRBARA ESTA NO SEU QUARTO? - pergunta Chaz gritando.
     - Isso aí que você escutou, Não vou repetir porra nenhuma - falo revirando os olhos pela quarta vez naquele momento
     - Vai se foder mano, eu tava quase tendo um ataque - fala Chris e Ryan concorda e faz uma cara de dor
   - Mano que ressaca da porra - fala Ryan colocando as mãos na cabeça logo em seguida se jogando no sofá do ambiente.
    - Nem fala, Não lembro o que fiz ontem - fala Chaz fazendo uma careta  Ryan e Chris o olham estranho. Tem coisa aí .

     - Hum...Legal - fala Chris parecendo Chateado. Eu sabia que tinha caroço nesse angu.

     - Tá, to nem ai pra ressaca de vocês, cada um com seus problemas - falo e eles me olham bravos

     - Então JB, o que a Barbie tá fazendo no seu quarto? - pergunta Chaz malicioso fazendo um gesto obsceno

      - Nós fodemos- falo fazendo pouco caso. Só que isso não é um caso de se fazer desfeita, eu apenas não queria comentar.

     - O Que ? Mano muita mancada isso ai, só porque eu ia ser o primeiro- fala Ryan e Chris revira os olhos  dando um tapa na testa de Ryan que devolve a agressão

     - Até parece que ela ia te querer, Testinha - fala Chaz zoando Ryan - É mais fácil eu, que sou o mais gostoso daqui - termina sorrindo convencido e eu reviro os olhos para ele e jogo minha caneta nele que desvia sorrindo debochado.

      - Vai tomar no seu cu, bolinha - fala Ryan e Chris ri e eles fazem um toque.

       Esses porra não consegue ficar um dia sem brigar! Argh

     - Mas falando sério, ela é tá mais gostosona, ela já era gostosa agora ela evoluíu, tipo Pokémon - fala Chaz e nós caimos na gargalhada.
      - Mano valeu por ensinar a Bárbara a lutar, ontem foi épico - falo me lembrando de ontem depois que termino de rir

        - Oush, por que ? - fala Chaz confuso. Na boa o Chaz tem que parar de beber, o cara já é lezado com ressaca piorou.

      - A Bárbara deu um caladão na Nicole bonito, que a vadia até desmaiou - fala Ryan sorrindo orgulhoso.

     - E eu perdi isso - fala Chris indignado sentando na cadeira a minha frente

     - Nem sabe da metade, ela pisou com o salto na garganta da Nicole - falo sorrindo ao lembrar da cena

     - Ela é tão foda quanto você ,Justin - fala Ryan pensativo e Chaz concorda

     - Quando eu estava ensinado lutas pra ela, no primeiro golpe que eu ensinei ela pegou na hora - fala Chaz sério

     - Nem fala, até hoje não esqueço que ela conseguiu entrar no banco de dados dos tiras - fala Chris lembrando do ocorrido - E eu só consegui fazer isso quando tinha 12 anos - fala sorrindo

     - tá chega de palhaçada e vamos planejar o Próximo roubo ao banco central de Atlanta - falo mudando de assunto no mesmo instante que a porta é aberta, e Bárbara entra no escritório vestida uma blusa branca minha e  uma calça de couro com um salto alto preto, resumindo gostosa. E com um prato de comida na mão e na outra um copo de suco
      - Bom dia, garotos - fala ela sorrindo. Caralho eu como bem pra porra.
    - Bom dia, gostosa - falam em uníssom e ela revira os olhos.
      - Mais respeito bando de cuzão- falo irritado. Mano ele não temem a morte não é possível
      - áwns ele tá putinho - zoa Ryan e eu fuzilo ele com o olhar
     - Oia ele tá com ciúmes - zomba Chaz e os caras dão risada
     - Vão tomar no cu - falo irritado
     - Ei chega, o que vocês estão fazendo ? - fala Bárbara constrangida e tenta mudar de assunto e se senta na minha mesa e começa a comer
     - Primeiro: sai décima da minha mesa - esbravejo e ela revira os olhos mais não sai - Segundo: Vamos roubar o Banco central de Atlanta - falo sorrindo, ela arregala os olhos engasgando com a panqueca
   
   
   
   
   
   
   
    
   


Notas Finais


http://my.w.tt/UiNb/uEemTdllOy
Hey bebês As long as you love me no Wattpad 😍😍 add por favor


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...