História As Long As You Love Me - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Personagens Originais
Tags Chaz, Chris, Justinbieber, Ryan
Exibições 20
Palavras 374
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Luta, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


ME DESCULPEM PELA DEMORA. EU ESTAVA SEM INTERNET.



Mas estou de volta ok?!

Capítulo 26 - Torture


Fanfic / Fanfiction As Long As You Love Me - Capítulo 26 - Torture

- Falem logo! QUEM COMEÇOU A BRIGA? - o segurança do Bieber gritava.
- Foi a novata! - Uma garota falou.
- É, foi a novata quem começou! - outra falou.
Era tudo mentira! Eu não havia começado briga nenhuma! Aquela vagabunda que havia ido pra cima de mim!
- É MENTIRA! EU NAO COMEÇEI NADA! - Gritava desesperada, por que eu sabia, que o lugar pra onde eu iría seria muito pior do que aquele puteiro.
Os castigos daquele lugar deveriam ser torturantes, a ponto de fazer a pessoa querer se matar.
- Levem a novata pro castigo! - O segurança falou, e imediatamente os dois homens que seguravam a Lary à soltaram e foram em minha direção pra me levarem pro castigo.
Eu estava acabada.
Sem forças.
E depois desse castigo eu ficaria destruida.
Sabe quando voçe já sabe o que te espera, e sabe que não será uma coisa boa?
A minha situaçao era mil vezes pior.
As coisas que iriam fazer comigo com certeza seriam horríveis.
Minhas lágrimas corriam pelo meu rosto, e eu não podia fazer nada pra escapar daquele lugar.
Foi quando, saindo daquele quarto de putas, ouvi alguém falar comigo.
- Foi voçe que quiz brincar com fogo! - Era a Lary. Parecia feliz com a minha desgraça.
Eu, ignorei.
A unica coisa que eu queria era a minha mãe, meu pai. Minha família, meus amigos, minha casa de volta.
Me prenderam em um quartinho quase escuro e pequeno. Com facas sujas de sangue em todo canto, agulhas enormes, chicotes cheios de pontas espinhosas, um colchao sujo de sangue no chão.
Um homem entrou no quarto, não era nenhum dos outros seguranças. Era um mais forte. Ele era moreno e nada bonito.
Era um verdadeiro brutamondes.
Eu estava largada, em qualquer canto daquele quarto, chorando.
Ele foi até mim.
- A ninfeta tá pronta pra ser torturada? - A voz grossa dele ecoou pelos meus ouvidos.
- Não, me deixa em paz por favor! - Recebi um tapa forte na cara, que ficou ardendo.
Ele se afastou pra pegar uma faca, enquanto isso eu corri pra porta, que aparentemente estava trancada.
O brutamondes me viu correndo até a porta, foi até mim e me puxou pra trás.

Notas Finais


Preciso melhorar o que gente?!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...