História As Novas Fadas - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~itssuyanne

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Aquarius, Aries, Cana Alberona, Câncer, Capricórnio, Carla (Charle), Crux (Kurukkusu), Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Gemini, Gildartz, Gray Fullbuster, Happy, Horologium, Jellal Fernandes, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Levy McGarden, Libra, Loki, Lucy Heartfilia, Lyra, Mavis Vermilion, Mirajane Strauss, Nashi Dragneel, Natsu Dragneel, Nikora "Plue", Pantherlily, Personagens Originais, Pisces, Romeo Conbolt, Scorpio, Taurus, Virgo, Wendy Marvell, Zeref
Tags Gale, Gruvia, Jerza, Kenshi, Miraxus, Nalu, Prisna-sama, Zevis
Exibições 150
Palavras 678
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Capítulo novo! Me perdoem por toda essa montanha russa de complicações!

Capítulo 1 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction As Novas Fadas - Capítulo 1 - Capítulo 1

X811

Nashi ON

Faz quase 3 anos que meu pai saiu de casa, eu tinha 13 anos, e nem lembro-me do rosto do mesmo, somente de um cabelo rosado como o meu, ele disse para a mamãe que as Fadas precisavam de sua ajuda, por que eu tinha que ter esse problema de memória?! Eu sabia que meus pais eram magos poderosos, Natsu, o Salamander e Lucy, a Princesa Celestial, mas apesar disso minha mãe não me ensinou magia, dizia que era muito perigoso, e que não queria que a filha sofresse por isso. E então todas as tardes eu visitava um senhor e ele me ajudava, eu treinava escondida da mãe, espero que ela me perdoe quando descobrir...

Uma batida na porta de meu quarto tira-me de meus pensamentos.

– Nashi... – Lucy entra no quarto com uma expressão feliz e aliviada – Nós vamos para Magnolia

– Por que?! – Exclamo – Quando eu pedia para ir até lá, você dizia que o lugar onde estamos é o suficiente... Este vilarejo é quieto demais!

– Nashi, se acalme – Ela pede com uma voz doce – Seu pai retornou da missão e pediu para o mestre nos chamar! Lembra de quando ele falou que as Fadas precisavam da ajuda dele? – Assenti com a cabeça – As Fadas são uma Guilda de Magos, a Fairy Tail, – Então me mostra o emblema na sua mão direita, a mesma que eu tinha, na coxa direita, mesmo sem ter pisado naquele lugar – Nos duas vamos até lá, você vai aprender a usar magia, certo?

– Certo! Vou arrumar as malas! – Digo sorrindo

Nashi OFF

Lucy ON

Ela ficou mesmo feliz, sorrio e saio do quarto dela. Espero que Natsu não tenha arranjado uma briga com Gray ou Gajeel, mas ainda quero que ele seja a mesma criança, a minha criança, a criança que amo.

Fui para o meu quarto arrumar as malas, vou finalmente rever minha família, estes anos sem o Happy, o Natsu e a guilda foram longos. Não sei se vou conseguir esperar algumas horas.... Calma Lucy! Você ficou quase 16 anos longe da guilda, só com o... Meu Salamamder! Uma ou duas horas não é nada demais!

Termino de arrumar e vou esperar Nashi na sala.

– Nashi! Estarei na sala, nós vamos para o porto daqui! – E saio feliz

Lucy OFF

Nashi ON

Pensando melhor acho que já fui para essa famosa guilda, acho que era recém-nascida, lembro-me de um homem sem camisa, uma mulher de cabelos azuis com falatório estranho, uma ruiva e alguns gatos. Parecia a minha família, tinham crianças também, 5 ao todo, três deles pareciam mais velhos e os outros pareciam ter a minha idade na época... Como podia não me lembrar do rosto do meu pai e me lembrar daquilo? (Autora-chan: Também quero saber!)

– Nashi! Estarei na sala, nós vamos para o porto daqui! – Lucy fala para mim

Terminei de arrumar as minhas malas e fui para a sala.

– Okaa-san.. Eu já fui para essa tal de Fairy Tale? – Perguntei receosa

– Sim, já foi, você praticamente nasceu lá. Mas o certo é Fairy Tail, não é um Conto de Fadas, é Rabo de Fada – Disse-me sorrindo – Vamos? – Assenti e saimos de casa, sendo seguidas por olhares curiosos, até que...

– L-Lucy?! É você mesmo? – Alguém que parecia conhecer a minha mãe de algum lugar nos parou

– Sou sim! De onde me conhece? Não me lembro de ti, desculpe... – ela diz com o semblante um pouco triste

– Tudo bem, sou somente uma fã da Fairy Tail! Lembro-me da sua primeira participação nos Grandes Jogos Mágicos! – Ela disse sorrindo

– S-sério?! Obrigada! – Retribui o sorriso

– Okaa-san, podemos ir logo? Acho que o Otou-san não gosta de esperar... – Disse relaxada

– Oh me desculpe, não queria atrapalhá-las! – Disse e curvou-se

– Tudo bem, a culpa não é su... – Começou a falar, mas foi interrompida

– Hime! Natsu-kun disse-me para levar-lhes para Magnolia! – Virgo chegou e falou de uma só vez, três segundos depois estávamos eu e mamãe no porto de Magnólia.

– Obrigada Virgo! – Disse curvando-me

– Acho que você deveria agradecer a outra pessoa! – Uma voz masculina disse atrás de mim

 

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...