História As Novas Fadas [Hiatus] - Capítulo 10


Escrita por: ~, ~itssuyanne e ~otaku12jg

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Happy, Jellal Fernandes, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Levy McGarden, Lucy Heartfilia, Mavis Vermilion, Mirajane Strauss, Nashi Dragneel, Natsu Dragneel, Personagens Originais, Wendy Marvell, Zeref
Tags Gale, Gruvia, Jerza, Miraxus, Nalu, Prisna-sama, Zevis
Visualizações 197
Palavras 1.053
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá minna-san! Um novo capítulo para vocês! Lembrando que eu ainda estou recebendo as perguntas do Especial de 40 Favoritos, então, se você tem alguma dúvida sobre As Novas Fadas é só comentar em quaisquer capítulo! Obrigada, e boa leitura!

Capítulo 10 - Chapter 10 - Sentimentos


X811

Puxei-a pelos cabelos até minha boca, ambos beijavam com desejo e prazer, pedi passagem para minha língua e ela cedeu, cedeu tão bem que eu a puxei como um boneco de pano para o meu membro, ela intensificou mais ainda o beijo, quando a merda da porta foi batida, estavam batendo na porta, ela imediatamente se levantou me deixando lá, arfando, quando abriram a porta me levantei. 

– Quem é? - Perguntei para a Nashi, odiando qualquer ser que fosse 

– É-é o S-Sh-Shiina! - Ela disse gaguejando, talvez se recuperando do meu ato, que fofa, sorri sem perceber 

– Quem é? - Repeti 

– O Shiina, poxa! Sou o melhor amigo dela! Foi você que deixou ela envergonhada? - Nashi ficou pasma - Sério? Parabéns! Essa puta nunca fica envergonhada! Agora me expliquem, por que os senhores estão sujos de comida? - Cruzou os braços 

– E-eu s-su-sujei e-ele... - A interrompi

– Deixa que eu explico - Disse empurrando a cabeça dela pra trás - Ela me sujou sem querer, e eu comecei uma guerra de comida. Ela escorregou de costas no chão e me puxou junto. Depois me levantei e você bateu na porta... 

– E por que ela está envergonhada? 

– Ela me ama! - Disse abraçando-a

– Se eu te amasse, nem estaria aqui, baka! - Nashi disse se soltando 

– O que aconteceu? - O moreno perguntou 

– Brigamos demais e agora preciso estar com o cabeça de gelo todo o tempo 

– Por que não ficam em cómodos diferentes? 

Nashi puxou o bilhete e antes de mostrar para o Shiina, leu o verso 

– Bosta... 

– Que foi? - Eu disse, me aproximando dela 

– Quem se distanciar vai receber uma carga maior de choque... 

– Vocês estão fudidos... Ou então, simplesmente apaixonados... - Ele disse em um riso 

– Tá... E o que você veio fazer aqui? - A rosada disse 

– Vim pra morar com você, mas descobri que sua casa está cheia e que você está aqui, pensei que podia morar contigo... 

– Não! - Exclamei, logo percebi meu tom de voz - Se você estiver aqui, não poderei tornar a esquentada uma 'amiga', e tampouco, sairei daqui... 

– Você só pensa em si mesmo, não é? - Nashi perguntou

– Às vezes em você... 

– Tarado... Você ainda está sem a camisa!! - Ela disse me batendo 

– Ok, ok! Vou deixar os dois pombinhos à sós! Jya na, Rosa! - Shiina disse fechando a porta 

Nashi fechou a cara e foi caminhando para o banheiro para se limpar, parou, e se virou para mim 

– Você vai ficar do lado de fora... - Ela falou levantando o dedo indicador - E você foi grosso demais com o Shiina!

– Não posso deixar que aquele cara estrague o nosso quase namoro...

– Eu te odeio!

– Tá... Então que tal terminarmos o que começamos? - Falei me aproximando dela, percebendo que o rosto dela queimava em raiva e vergonha

– Não... Você p-pode entrar, mas vai ficar de c-costas! 

– Só se você ficar quando eu for também... 

– Baka, eu já estou perdendo a paciência contigo! Aliás, por que eu vou deixar você 'assistir' o meu banho? 

– Por que nós já estamos dentro do banheiro... 

– Baka... - Falou num sussurro, depois fez um movimento com o dedo indicador, como se pedisse para eu me virar, e assim fiz. Ela tirou a roupa, e entrou na banheira já cheia (Autora-chan: Saporra é automática?; Nashi: 42). 

– Posso me virar? - Perguntei, cansado, com as mãos nos bolsos 

– Claro que não! Se quiser sair eu deixo... 

– Nunca! - Falei com um sorriso 

– Então espere... 

– Não fui feito pra isso... 

Algum tempo depois Nashi saiu da banheira, colocou uma toalha e ficou 'presa' no banheiro, já que não queria levar um choque, ainda mais molhada. 

Logo foi a minha vez, terminei com quase o mesmo tempo que a Nashi, sai da banheira e coloquei a toalha na cintura. 

Fomos para o quarto, onde encontramos nossas roupas. 

– Eles pensaram em tudo - Nashi falou, enquanto pegava uma roupa 

– Sim... - Escolhi uma roupa comum, e logo estava vestido, sem camisa, fui me servir para o almoço 

– Sorte nossa que a comida ficou pronta antes da... Guerra... - Ela falou mexendo no garfo 

– Nashi... - Chamei pelo nome dela, que me olhou um tanto triste - Você... Podia ter me empurrado antes ou durante... Por que não fez nada? 

– Eu... Eu... Eu não sei! - Ela quase chorava - É estranho, sinto que deveria te odiar, como se os sobrenomes Dragneel e Fullbuster não devessem conviver em harmonia... 

– Deixa de coisa... Isso é só uma coisa dos nossos pais, pelo o que sei Natsu e Gray não se devam bem, viviam brigando, mas eram amigos... Mesma coisa entre o Natsu, Gray, Gajeel, Erza e Laxus... Agora pense um pouco, no pouco tempo que você os viu juntos, pareciam somente bons amigos! Eles venceram, perderam, amaram, odiram, riram e choraram juntos, existe amizade mais poderosa que a deles? - Ela negou com a cabeça

– Então... Por que me beijou?

– Quando eu era pequeno ouvia as histórias que meus pais contavam sobre a equipe mais forte da Fairy Tail. - Disse largando o garfo e a faca - Depois de um tempo ouvi que Natsu e Lucy tiveram uma filha, era você... Quando te vi, quis ser seu amigo, eu me aproximei e quando eu estava começando a gostar de ti... - Fiz uma pausa - Você se mudou. Kento ficou só e triste, mas Kento guardava esses sentimentos para ele... E agora você voltou, e Kento percebeu que gosta de ti, não como amigo ou melhor amigo, mais que isso, como companheiro, namorado! - Nesse momento eu não conseguiria parar de falar, tinha que colocar tudo pra fora

– Kento! Kento! Para! - Nashi falou colocando sua mão sobre a minha - Você está falando na terceira pessoa! - Nesse momento ela já estava de pé, indo em minha direção - Para com isso, que homem mais velho filho do Gray Fullbuster sendo sensível pode causar algum evento desastroso!

Ri com o comentário dela e falei:

– Podemos deixar pra conversar sobre isso depois, agora preciso comer!! - Eu e ela rimos, esquecendo completamente a razão de estarmos ali

Depois de comer, sentamos no sofá. Onde a Nashi adormeceu, apoiei a cabeça dela nas minhas pernas, fazendo-a deitar, acariciava os cabelos da rosada e logo depois estava dormindo. 

 

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...